Saiba mais...                          Periódicos indexados

Base de dados : INDEXPSI
Pesquisa : REVISTA BRASILEIRA DE TERAPIAS COGNITIVAS (todos os anos)
Referências encontradas : 171 [refinar]
Mostrando: 1 .. 40   no formato [Detalhado]

página 1 de 5 ir para página              

  1 / 171 INDEXPSI  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Texto completo
Id:53172
Autor:Neufeld, Carmem Beatriz; Pavan-Candido, Caroline da Cruz; Paz, Silviane; Martins, Rose Guedes.
Título:Contribuições da FBTC ao crescimento das terapias cognitivas no Brasil / FBTC contributions to the growth of cognitive therapies in Brazil.
Fonte:Rev. bras. ter. cogn;11(2):119-128, dez. 2015.
Resumo em português: As terapias cognitivas (TCs) são um conjunto de práticas que compartilham aspectos teóricos e metodológicos e vêm ganhando reconhecimento por seus resultados positivos no tratamento dos mais diversos transtornos mentais. Neste artigo, o crescimento das TCs no Brasil será abordado a partir do desenvolvimento da Federação Brasileira de Terapias Cognitivas (FBTC), sociedade científica que vem, desde seu surgimento, fomentando o crescimento da área. O embrião da FBTC começou a se formar no início da década de 1990, mas somente em 2009 recebeu a atual denominação, com o objetivo de abrigar as Associações Estaduais de Terapias Cognitivas (ATCs), criadas a partir de 2005, sendo a ATC-RIO, no estado do Rio de Janeiro, a primeira delas. Outras ações da FBTC foram a criação do Grupo de Doutores, do Grupo de Trabalho para o Simpósio da Associação Nacional de Pesquisa e Pós-graduação em Psicologia, a organização do Encontro Brasileiro de Ensino de Terapias Cognitivo-comportamentais, além de seu evento bienal, o Congresso Brasileiro de Terapias Cognitivas. Os maiores desafios da federação para os próximos anos continuam sendo o fortalecimento das TCs por todo o País, bem como sua inserção nas matrizes curriculares dos cursos de Psicologia e Residências em Psiquiatria(AU)
Resumo em inglês: Cognitive Therapies (CTs) are a set of practices that share theoretical and methodological aspects and have gained recognition for their positive results in treating several mental disorders. In this article, the growth of CTs in Brazil will be addressed from the developments of the Brazilian Federation of Cognitive Therapies (FBCT), a scientific society that has since its inception been fostering growth in the field. FBTC began its formation in the early 1990’s, but only in 2009 it received its current name, in order to house the State Associations of Cognitive Therapies (ATCs) created as from 2005. The first ATC was ATC-RIO, in the state of Rio de Janeiro. Other contributions of FBTC were the creation of the Group of Doctors, the Working Group for the Symposium of the National Association for Research and Post-Graduate Studies in Psychology, the organization of the Brazilian Meeting of Cognitive-Behavioral Therapy Teaching, in addition to its biennial event, and the Brazilian Congress of Cognitive Therapies. The biggest challenges of the federation for the coming years will still be the strengthening CTs throughout the country, as well as their insertion in the curriculum of Psychology undergraduate courses and of medical training in Psychiatry(AU)
Limites:Humanos
Descritores Psi Português:TERAPIA COGNITIVA
BRASIL
Descritores Psi Inglês:COGNITIVE THERAPY
BRAZIL
Descritores Psi Espanhol:TERAPIA COGNITIVA
BRASIL
Meio Eletrônico:http://pepsic.bvsalud.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1808-56872015000200008&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt


  2 / 171 INDEXPSI  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Texto completo
Id:53171
Autor:Oppermann, Clarice Mottola de Oliveira; Lewgoy, Laura Baptista; Araujo, Renata Brasil.
Título:Terapia comportamental dialética para dependentes químicos / Dialectical behavior therapy for drugs addiction tatiens.
Fonte:Rev. bras. ter. cogn;11(2):113-118, dez. 2015.
Resumo em português: O objetivo deste estudo foi realizar uma revisão sistemática da utilização da terapia comportamental dialética (TCD) em dependentes químicos com transtorno da personalidade borderline (TPB). Foi realizada uma revisão sistemática nas bases de dados Medline, PsycINFO, PubMed e Scielo entre os anos de 1996 e 2016, e os descritores utilizados foram: dialectical behavior therapy, drug addiction e borderline personality disorder. Esta pesquisa demonstrou resultados positivos sobre a efetividade da TCD em pacientes dependentes químicos com TPB: a maioria dos estudos encontrou melhores taxas de abstinência, menos uso de substâncias psicoativas e melhora na regulação emocional naqueles indivíduos que fizeram essa modalidade de tratamento. No entanto, ainda são poucos os estudos e pequenas as amostras estudadas. Conclui-se que a TCD pode ser uma boa alternativa no tratamento de pacientes com TPB em comorbidade com a dependência química, a fim de diminuir as altas taxas de recaídas do uso de substâncias psicoativas e de atuar na regulação das emoções(AU)
Resumo em inglês: This study aimed to perform a systematic review regarding the use of Dialectical Behavior Therapy (DBT) in drug addicts with Borderline Personality Disorder (BPD). A systematic review was performed in the following databases: Medline, PsycINFO, PubMed, and Scielo, between 1996 and 2016, and used the following keywords: Dialectical Behavior Therapy, Drug Addiction, and Borderline Personality Disorder. This research has shown positive results on the effectiveness of DBT in drug dependent patients with BPD: Most studies found improved abstinence rates, less psychoactive substance use, and improvement in emotional regulation in those individuals who went through this treatment method. However, there are still few studies, with a small number of samples. It is concluded that DBT can be a good alternative in the treatment of patients with BPD in comorbidity with drug addiction towards the improvement of the high relapse rates of psychoactive substance use and for acting in the regulation of emotions(AU)
Limites:Humanos
Descritores Psi Português:TERAPIA COGNITIVO-COMPORTAMENTAL
DISTÚRBIO DA PERSONALIDADE BORDERLINE
TOXICOMANIA
Descritores Psi Inglês:COGNITIVE BEHAVIORAL THERAPY
BORDERLINE PERSONALITY DISORDER
TOXICOMANIA
Descritores Psi Espanhol:TERAPIA COGNITIVA-CONDUCTISTA
TRASTORNO DE PERSONALIDAD LIMÍTROFE
TOXICOMANIA
Meio Eletrônico:http://pepsic.bvsalud.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1808-56872015000200007&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt


  3 / 171 INDEXPSI  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Texto completo
Id:53170
Autor:Bandeira, Renata Groba; Oliveira, Clarissa Tochetto.
Título:Tratamento da anorexia nervosa nas terapias cognitivo-comportamentais de terceira geração / Third generation cognitive-behavior therapy treatment for anorexia nervosa.
Fonte:Rev. bras. ter. cogn;11(2):105-112, dez. 2015.
Resumo em português: O objetivo deste estudo é revisar publicações que investigaram a aplicabilidade das estratégias das terapias cognitivo-comportamentais (TCCs) de terceira geração no tratamento da anorexia nervosa (AN) e, assim, promover e incentivar o uso de técnicas psicoterapêuticas mais eficazes. Para tanto, foi realizada uma revisão sistemática da literatura, por meio de pesquisa em livro e artigos científicos publicados a partir do ano 2010. Os critérios de inclusão foram a data de publicação - menos de cinco anos - e a adequação ao assunto escolhido para esta revisão. Verificou-se que a literatura reconhece a AN como uma patologia multifatorial e resistente ao tratamento, inclusive em relação às intervenções psicoterapêuticas. Diversos estudos sugerem que os pacientes com AN apresentam, com frequência, dificuldades na regulação dos afetos. Outros estudos encontraram prevalência de alexitimia em indivíduos com AN. Existem evidências na literatura especializada atual que sugerem ganhos de eficácia no tratamento da AN em relação às intervenções sistematizadas no domínio das emoções - como preconizam as TCCs de terceira geração. Não obstante, necessitam-se mais estudos para atestar a eficácia das estratégias de regulação emocional no tratamento dessa patologia(AU)
Resumo em inglês: The objective of this study is to review publications that investigated the applicability of strategies used by third generation Cognitive Behavioral Therapy approaches (CBT) in the treatment of anorexia nervosa (AN), and, therefore, to promote the use of the most effective techniques. To this end, a systematic review of the literature was carried out by research in books and scientific articles published as from 2010. The inclusion criteria were the publication date of the work- less than five years - and the appropriateness to the subject chosen for this review. It was found that the literature recognizes AN as a multifactorial pathology and resistant to treatment in general, including to psychotherapeutic interventions. Several studies suggest that patients with AN often face difficulties in regulating their affections. Other studies have found prevalence of alexithymia in individuals with AN. Evidence was found in the current specialized literature suggesting gains in the efficacy in the treatment of AN regarding the systematic interventions in the control of emotions - such as recommended by the third generation CBT approaches. Notwithstanding, further research is needed to attest the effectiveness of emotional regulation strategies in the treatment of this pathology(AU)
Limites:Humanos
Descritores Psi Português:TERAPIA COGNITIVO-COMPORTAMENTAL
ANOREXIA NERVOSA
REGULAÇÃO EMOCIONAL
Descritores Psi Inglês:COGNITIVE BEHAVIORAL THERAPY
ANOREXIA NERVOSA
EMOTIONAL REGULATION
Descritores Psi Espanhol:TERAPIA COGNITIVA-CONDUCTISTA
ANOREXIA NERVIOSA
REGULACIÓN EMOCIONAL
Meio Eletrônico:http://pepsic.bvsalud.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1808-56872015000200006&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt


  4 / 171 INDEXPSI  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Texto completo
Id:53169
Autor:Mendes, Marco Aurelio.
Título:Terapia focada nas emoções e processos de mudança em psicoterapia / Emotion-focused therapy and the processes of change in psychotherapy.
Fonte:Rev. bras. ter. cogn;11(2):96-104, dez. 2015.
Resumo em português: A terapia focada na emoção é um modelo de psicoterapia neo-humanista e experiencial. Ela se baseia na aplicação da empatia no contexto terapêutico e na utilização de procedimentos vivenciais deflagrados por marcadores específicos observados durante as sessões. O modelo tem como objetivo central a reestruturação dos esquemas emocionais apresentados pelo cliente, possibilitando, assim, a formação de um novo sentido do self e do sistema de significados pessoais. O presente trabalho faz uma breve revisão sobre o campo das emoções e sobre o consenso que vem emergindo a partir dos estudos neurocientíficos das últimas décadas. Os pressupostos teóricos da terapia focada na emoção também serão apresentados devido à importância crescente do enfoque emocional nos consultórios e à escassez de literatura sobre o tema em português. Foi realizada revisão teórica dos principais autores e publicações, bem como a descrição de algumas intervenções ocorridas no atendimento de um caso clínico, a partir das concepções propostas pelo modelo. Mesmo sem aderir totalmente ao modelo da terapia focada na emoção, conhecer as intervenções específicas pode ser extremamente útil aos terapeutas cognitivos, sobretudo quando a intervenção tradicional não consegue beneficiar adequadamente o cliente(AU)
Resumo em inglês: Emotion-Focused Therapy is a model of neohumanistic and experiential psychotherapy, based on the application fo empathy in the therapeutic context and the utilization of life experience triggered by specific markers observed during the sessions. The core goal of this model is the restructuring of emotional schemes presented by the client, making it possible for the building of a new sense of the Self and of the system of personal meanings. This work makes a brief review about emotions and about consensus that are emerging from the neuroscientific studies in the last decades. The theoretical assumptions of Emotion-Focused Therapy will also be presented due to the growing importance of emotional-focus approach in the psychotherapist’s office and the scarcity of literature on this topic in the Portuguese language. A theory review of the main authors and publications was conducted, as well as the description of some interventions that occur during a psychotherapeutic treatment, using the concepts proposed by above mentioned model. Even without totally adhering to the Emotion-Focused Therapy approach, getting to know the specific interventions can be extremely useful to cognitive psychotherapists, especially when the traditional CBT is unable to benefit the client properly(AU)
Limites:Humanos
Descritores Psi Português:PSICOTERAPIA
EMOÇÕES
REVISÃO DE LITERATURA
Descritores Psi Inglês:PSYCHOTHERAPY
EMOTIONS
LITERATURE REVIEW
Descritores Psi Espanhol:PSICOTERAPIA
EMOCIONES
Meio Eletrônico:http://pepsic.bvsalud.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1808-56872015000200005&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt


  5 / 171 INDEXPSI  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Texto completo
Id:53168
Autor:Araújo, Maria Lívia; Lopes, Renata Ferrarez Fernandes.
Título:Desenvolvimento de um inventário cognitivo-comportamental para avaliação da aliança terapêutica / Development of a cognitive behavioural inventory for therapeutic alliance assessment.
Fonte:Rev. bras. ter. cogn;11(2):86-95, dez. 2015.
Resumo em português: A relação terapêutica tem sido considerada um componente primário diretamente relacionado à eficácia da psicoterapia. Considerando a importância da aliança entre terapeuta e paciente para o progresso do tratamento psicoterapêutico, o presente estudo teve por objetivo elaborar um instrumento, o Inventário Cognitivo-comportamental para Avaliação da Aliança Terapêutica. Ele avalia a natureza da relação terapêutica da perspectiva do terapeuta a partir dos pressupostos teóricos desenvolvidos por J. Beck. Uma amostra de 38 psicólogos especialistas em terapia cognitivo-comportamental participou do estudo, sendo que oito realizaram uma prova de juízes, elencando em categorias preestabelecidas os itens criados, e 30 responderam ao inventário, composto por 29 afirmações. Por meio do índice de concordância Kappa, utilizado na prova de juízes, evidenciou-se uma concordância geral adequada (κ = 0,75) entre os juízes. Os resultados mostraram, ainda, que o Inventário apresentou níveis satisfatórios para as estimativas de confiabilidade (alpha de Cronbach = 0,853). De modo geral, este trabalho contribui ao disponibilizar um instrumento que possibilita a avaliação do vínculo terapêutico de acordo com os pressupostos da terapia cognitivo-comportamental. Mais análises estatísticas são necessárias para verificar a validade do instrumento(AU)
Resumo em inglês: Therapeutic relationship has been considered the primary component directly related to psychotherapy effectiveness. Considering the importance of the alliance between therapist and patient towards the progress of the psychotherapeutic treatment, the present study aimed to develop an instrument, the Cognitive-Behavioral Inventory for Therapeutic Alliance Assessment. It evaluates the nature of the therapeutic relationship from the therapist perspective, from theoretical assumptions developed by J. Beck. A sample of 38 psychologists specialized in Cognitive-Behavioral Therapy participated in this study, being that 8 acted as trial judges, listing the created items in pre-established categories, and 30 psychologists answered the inventory comprised of 29 statements. Through the Kappa acceptance index, used by the judges, adequate general acceptance was evidenced (κ = 0.75) among the judges. The results also showed that the Cognitive-Behavioral Inventory for Therapeutic Alliance Assessment presented satisfactory levels of reliability estimates (Cronbach alpha = 0,853). Overall, this work contributes by making an instrument available that allows for the evaluation of therapeutic relationship according to the Cognitive-Behavioral Therapy assumptions. More statistical analyzes are needed in order to verify the validity of the instrument(AU)
Limites:Humanos
Descritores Psi Português:TERAPIA COGNITIVA
ALIANÇA TERAPÊUTICA
TESTES PSICOLÓGICOS
Descritores Psi Inglês:COGNITIVE THERAPY
THERAPEUTIC ALLIANCE
PSYCHOLOGICAL TESTING
Descritores Psi Espanhol:TERAPIA COGNITIVA
ALIANZA TERAPÉUTICA
TESTS PSICOLÓGICOS
Meio Eletrônico:http://pepsic.bvsalud.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1808-56872015000200004&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt


  6 / 171 INDEXPSI  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Texto completo
Id:53167
Autor:Machado, Gláucia Inês Marques dos Santos; Barletta, Janaína Bianca.
Título:Supervisão clínica presencial e online: percepção de estudantes de especialização / Online and in classroom clinical supervision: post-graduation students perceptions.
Fonte:Rev. bras. ter. cogn;11(2):77-85, dez. 2015.
Resumo em português: A supervisão de estágio clínico é fundamental para a formação do aluno em especialização de terapia cognitivo-comportamental (TCC). Em alguns cursos, essa prática é oferecida nas modalidades presencial e ensino a distância (EaD). Este estudo objetivou explorar as percepções dos alunos de um curso de especialização em TCC a respeito da supervisão de estágio clínico vivenciado (presencial ou via Skype). O levantamento utilizou um questionário virtual, com oito questões abertas e fechadas, e uma ficha de dados demográficos. Participaram da pesquisa 19 ex-alunos que vivenciaram a supervisão em TCC. Dentre as principais respostas quanto ao motivo de escolha do tipo de supervisão, encontra-se a escolha pelo supervisor de preferência. A principal vantagem percebida da supervisão presencial foi o contato pessoal, e da modalidade via Skype, a comodidade em escolher o local e o horário. A questão da qualidade da internet foi percebida como a principal desvantagem da supervisão online por alunos de ambos os grupos de supervisão. Considera-se que ambas as modalidades de supervisão podem ter a mesma qualidade, mas sugere-se a divulgação e experimentação prévia do modelo de ensino em ambiente virtual(AU)
Resumo em inglês: Supervised internship is critical during specialized courses in cognitive behavioral therapy (CBT). In some courses, this practice is offered in the classroom environment and distance learning (DL). This study aimed to explore students’ perceptions during a specialization course in CBT (in classroom or via Skype) concerning the supervision of clinical internship. The survey used an online questionnaire with eight essays and multiple choice questions, and a demographic data record. The participants were 19 former students who experienced supervision in CBT. Among the main answers concerning the type of supervision chosen, is that related to the preferred supervisor. The main perceived advantage of classroom supervision was personal contact, whereas for the via Skype mode it was the convenience to choose place and time. Internet quality was perceived as the main drawback of online supervision among both supervision groups. It is considered that both supervision formats can have the same quality, but a proper disclosure and a prior trial in virtual environment teaching model is suggested(AU)
Limites:Humanos
Descritores Psi Português:PSICOLOGIA CLÍNICA
PÓS-GRADUAÇÃO
EDUCAÇÃO À DISTÂNCIA
SUPERVISÃO CLÍNICA
Descritores Psi Inglês:CLINICAL PSYCHOLOGY
POSTGRADUATED TRAINING
DISTANCE EDUCATION
CLINICAL SUPERVISION
Descritores Psi Espanhol:PSICOLOGÍA CLÍNICA
POSGRADO
EDUCACIÓN A DISTANCIA
SUPERVISIÓN CLÍNICA
Meio Eletrônico:http://pepsic.bvsalud.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1808-56872015000200003&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt


  7 / 171 INDEXPSI  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Texto completo
Id:53166
Autor:Nunes, Fábio Luiz; Rezende, Helga Alessandra de; Silva, Renata Saldanha; Alves, Marcela Mansur.
Título:Eventos traumáticos na infância, impulsividade e transtorno da personalidade borderline / Traumatic events in childhood, impulsivity, and borderline personality disorder.
Fonte:Rev. bras. ter. cogn;11(2):68-76, dez. 2015.
Resumo em português: O presente estudo objetivou verificar se o traço de impulsividade e o histórico de eventos traumáticos na infância - abuso físico, emocional e sexual - são preditores dos sintomas típicos do transtorno da personalidade borderline. A pesquisa foi realizada por delineamento retrospectivo, a partir de levantamento online, com uma amostra não clínica de 748 participantes, 74,4% do sexo feminino, com idades entre 18 e 63 anos (média = 25,16; DP = 6,95). Os participantes responderam a um questionário para levantamento do perfil sociodemográfico e econômico; a um questionário para avaliação de sintomas do transtorno da personalidade borderline; ao Questionário sobre Traumas na Infância (QUESI) e à Escala de Impulsividade de Barratt (BIS-11). Análises de regressão linear hierárquica apontaram para forte influência do traço de impulsividade e do histórico de abuso emocional na infância sobre os sintomas do transtorno. Tais resultados estão de acordo com os modelos teóricos mais atuais acerca dos fatores predisponentes ao transtorno da personalidade borderline, que apontam para a influência independente de vulnerabilidades individuais (como impulsividade) e traumas na infância no desenvolvimento do transtorno na idade adulta(AU)
Resumo em inglês: This study aims to investigate if impulsivity trait and traumatic events in childhood - physical, emotional, and sexual abuse - are predictors of the typical symptoms of Borderline Personality Disorder. The research was conducted by retrospective design, from an online survey, with a non-clinical sample of 748 participants, being 74.4% female, aged between 18 and 63 years old (mean=25.16, SD=6.95). The participants answered a sociodemographic and economic questionnaire; a questionnaire for Borderline personality disorder symptoms evaluation; the Childhood Trauma Questionnaire (CTQ), and the Barratt Impulsivity Scale (BIS-11). Hierarchical Linear Regression analysis showed a strong influence from both, the impulsivity trait and emotional abuse during childhood, on the Borderline symptoms. These results are consistent with the newest theoretical models about predisposing factors to the Borderline Personality Disorder, which point out to the independent influence of individual vulnerabilities (such as impulsivity) and childhood trauma history in the development of the disorder in adulthood(AU)
Limites:Humanos
Descritores Psi Português:DISTÚRBIO DA PERSONALIDADE BORDERLINE
TRAUMA PSÍQUICO
IMPULSIVIDADE
Descritores Psi Inglês:BORDERLINE PERSONALITY DISORDER
PSYCHIC TRAUMA
IMPULSIVENESS
Descritores Psi Espanhol:TRASTORNO DE PERSONALIDAD LIMÍTROFE
TRAUMA PSIQUICO
IMPULSIVIDAD
Meio Eletrônico:http://pepsic.bvsalud.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1808-56872015000200002&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt


  8 / 171 INDEXPSI  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Texto completo
Id:53006
Autor:Neufeld, Carmem Beatriz; Paz, Silviane; Guedes, Rose; Pavan-Cândido, Caroline da Cruz.
Título:Congresso Brasileiro de Terapias Cognitivas: uma história em 10 edições / Brazilian Congress of Cognitive Therapies: a history in 10 editions.
Fonte:Rev. bras. ter. cogn;11(1):57-63, jun. 2015.
Resumo em português: No final dos anos 1980, as terapias cognitivo-comportamentais (TCCs) chegaram ao Brasil e foram se difundindo pelo país. A Federação Brasileira de Terapias Cognitivas (FBTC) tem tido papel importante nesse crescimento, sendo uma de suas ações o Congresso Brasileiro de Terapias Cognitivas (CBTC), que completou 10 edições em 2015. Este trabalho teve como objetivo construir a história dos CBTCs e apontar suas contribuições para o crescimento das TCCs no Brasil. Para isso, foram examinados os anais dos CBTCs, relatórios de gestão da FBTC e das empresas responsáveis pela organização do evento; os sites dos congressos que se encontravam no ar; além de materiais diversos, como fotos, anotações pessoais, entre outros, fornecidos por sócios da Federação; e artigos científicos e capítulos de livros que auxiliassem na construção dessa história. Os resultados apontam crescimento do evento, com aumento do número de palestrantes, participantes e trabalhos apresentados. Indicam também participação intensa da FBTC e do CBTC no crescimento e difusão das TCCs no Brasil. Porém, ainda existe necessidade de difusão da área, por exemplo, nas regiões Norte, Centro-Oeste e Nordeste do País. Conclui-se que os CBTCs estão cumprindo seu papel de difusão das TCCs, assim como prevê a FBTC e a própria área(AU)
Resumo em inglês: In late 1980, Cognitive-Behavioral Therapies (CBT) arrived in Brazil and have spread throughout the country. The Brazilian Federation of Cognitive Therapies (FBTC) has played an important role in this growth promoting Brazilian Congress of Cognitive Therapies (CBTC), which completed 10 editions in 2015. This study aimed to outline the history of CBTC and point its contributions to the growth of CBT in Brazil. For this, were examined the annals of CBTC, reports provided by FBTC and by companies responsible for organizing the meetings, meetings websites, as well as several materials such as photographs and personal notes provided by FBTC members, as well as scientific articles and book chapters that could help construct this process. The results show that CBTC grew along these years, with increased number of speakers, participants and presented papers. They also indicate intense participation of FBTC and CBTC in the growth and spread of CBT in Brazil. However, there is still much to be done to spread CBT, especially in the North, Midwest and Northeast of Brazil. We can say that CBTC are fulfilling its role of disseminating CBT, as forecasted by FBTC and by the field(AU)
Limites:Humanos
Descritores Psi Português:BRASIL
TERAPIA COGNITIVO-COMPORTAMENTAL
Descritores Psi Inglês:BRAZIL
COGNITIVE BEHAVIORAL THERAPY
Descritores Psi Espanhol:BRASIL
TERAPIA COGNITIVA-CONDUCTISTA
Meio Eletrônico:http://pepsic.bvsalud.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1808-56872015000100008&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt


  9 / 171 INDEXPSI  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Texto completo
Id:53005
Autor:Fernandes, Jacqueline Bahlis; Kruel, Letícia Rosito Pinto; Finkler, Débora Cassiane.
Título:Repercussão da acomodação familiar no tratamento do transtorno obsessivo-compulsivo / Family accommodation repercussion on the treatment for obsessive-compulsive disorder.
Fonte:Rev. bras. ter. cogn;11(1):50-56, jun. 2015.
Resumo em português: O transtorno obsessivo-compulsivo (TOC) provoca repercussões importantes no funcionamento familiar. Comportamentos de acomodação, como modificações na rotina devido aos sintomas dos portadores do TOC, são comuns. Esse fenômeno vem recebendo atenção crescente na literatura nos últimos anos, pois está associado a uma pior resposta aos tratamentos de primeira escolha para o TOC, como terapia cognitivo-comportamental (TCC) e farmacoterapia. Este artigo revisa o tema da acomodação familiar, abrangendo suas implicações no tratamento com TCC. Estudos têm investigado sua relação com os sintomas obsessivo-compulsivos apresentados pelos pacientes e, não raro, por pessoas da família. Ao compreender como a acomodação familiar ocorre e quais os comportamentos dos familiares que estão contribuindo para a manutenção dos sintomas, os terapeutas podem adequar estratégias de intervenção e psicoeducação. Embora o crescente entendimento sobre essa questão tenha contribuído para melhorar o tratamento do TOC, são necessários mais estudos para estabelecer o papel das diferentes intervenções psicoterápicas sobre esses comportamentos e sua contribuição na resposta à TCC para o TOC(AU)
Resumo em inglês: Obsessive-Compulsive Disorder (OCD) has considerable impact on family functioning. Accommodation behaviors, such as changes in routine due to the symptoms of OCD patients, are highly frequent. This phenomenon has been receiving growing attention in the literature during the recent years, since it is associated with worse response to first-line treatments, as Cognitive-Behavioral Therapy (CBT) and pharmacotherapy. The present article reviews the issue of family accommodation, including its implications on the treatment with CBT. Studies have investigated the relationship between the accommodation behaviors in the family and patients and family members symptoms. Once therapists have the understanding about how family accommodation occurs and what are the behaviors in the family that could be associated with the maintenance of symptoms, they could adequate intervention and psycho-education strategies towards OCD treatment. Although our understanding on family accommodation phenomenon has been contributed to the improvement of OCD treatment, further studies are needed to clarify the role of the different existing psychotherapeutic interventions on this kind of behavior besides its contribution to CBT response in OCD(AU)
Limites:Humanos
Descritores Psi Português:TRANSTORNO OBSESSIVO-COMPULSIVO
TERAPIA COGNITIVO-COMPORTAMENTAL
RELAÇÕES FAMILIARES
Descritores Psi Inglês:OBSESSIVE-COMPULSIVE DISORDER
COGNITIVE BEHAVIORAL THERAPY
FAMILY RELATIONS
Descritores Psi Espanhol:TRASTORNO OBSESIVO COMPULSIVO
TERAPIA COGNITIVA-CONDUCTISTA
RELACIONES FAMILIARES
Meio Eletrônico:http://pepsic.bvsalud.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1808-56872015000100007&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt


  10 / 171 INDEXPSI  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Texto completo
Id:53004
Autor:Peron, Nayara Benevenuto; Sartes, Laisa Marcorela Andreoli.
Título:Terapia cognitivo-comportamental no hospital geral: revisão da literatura brasileira / Cognitive-behavioral therapy in the general hospital: review of Brazilian literature.
Fonte:Rev. bras. ter. cogn;11(1):42-49, jun. 2015.
Resumo em português: A utilização de intervenções da terapia cognitivo-comportamental (TCC) no hospital geral tem sido alvo de interesse de psicólogos brasileiros devido às suas características teórico-práticas. O objetivo deste estudo foi investigar a produção científica nacional por meio de revisão bibliométrica e bibliográfica de estudos brasileiros sobre a TCC no hospital geral. Os artigos foram pesquisados nas bases de dados Biblioteca Virtual em Saúde (BVS-BIREME), Lilacs, PsycInfo, Pubmed e Scielo, publicados entre 2003 e 2013, em inglês, português e espanhol, utilizando descritores específicos. Após a aplicação dos critérios de exclusão, foram incluídos 20 artigos empíricos e oito de revisão. Foram identificados os principais temas discutidos nas revisões de literatura pelos pesquisadores brasileiros. Os resultados bibliométricos dos estudos empíricos indicaram que a maioria dos estudos utiliza desenhos quase-experimentais, intervenções em grupo, focados para pacientes com doenças específicas, sendo a técnica mais utilizada a psicoeducação. Os estudos empíricos mostraram bons resultados para a redução dos sintomas de ansiedade, depressão e estresse, além de estimular maior adesão ao tratamento médico e promover o desenvolvimento de estratégias de enfrentamento à hospitalização. A TCC tem se apresentado como uma abordagem psicológica aplicável e com bons resultados no hospital geral no Brasil, sugerindo mais pesquisas sobre o tema(AU)
Resumo em inglês: The utilization of Cognitive Behavioral Therapy (CBT) interventions in the general hospital has been subject of interest to Brazilian psychologists because of its theoretical and practical features. This study investigated the national scientific production through a bibliometric and bibliographic review of Brazilian studies on CBT in the general hospital. Articles searched in the databases: Virtual Health Library (VHL-BIREME), Lilacs, PsycInfo, PubMed, and Scielo, published from 2003 up to 2013, in English, Portuguese, and Spanish, using specific descriptors. After applying the exclusion criteria, 20 empirical articles and 8 revisions were included. We identified the main themes discussed in the literature reviews by Brazilian researchers. The bibliometric results of empirical studies have indicated that most studies used quasi-experimental designs, group interventions, targeting for patients with specific diseases and the most used technique is psycho-education. Empirical studies presented good results for the reduction of the symptoms of anxiety, depression and stress, and encourage greater adherence to medical treatment and to promote the development of coping strategy to hospitalization. CBT appears to be an applicable psychological approach with good results in the general hospital in Brazil, suggesting further research on the topic(AU)
Limites:Humanos
Descritores Psi Português:TERAPIA COGNITIVA
PSICOLOGIA HOSPITALAR
HOSPITAIS GERAIS
REVISÃO DE LITERATURA
Descritores Psi Inglês:COGNITIVE THERAPY
HOSPITAL PSYCHOLOGY
HOSPITAL, GENERAL
Descritores Psi Espanhol:TERAPIA COGNITIVA
PSICOLOGÍA HOSPITALARIA
HOSPITALES GENERALES
REVISÃO DE LITERATURA
Meio Eletrônico:http://pepsic.bvsalud.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1808-56872015000100006&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt


  11 / 171 INDEXPSI  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Texto completo
Id:53003
Autor:Almeida, Cinthia de; Martins, Eliana Melcher; Alarcon, Renata Trigueirinho.
Título:Aplicação da Terapia Cognitivo-comportamental em Grupo na Ansiedade / Social Application of Cognitive-Behavioral Group Therapy in Social Anxiety.
Fonte:Rev. bras. ter. cogn;11(1):32-41, jun. 2015.
Resumo em português: Este trabalho tem o objetivo de verificar, por meio de revisão bibliográfica, as formas como a terapia cognitivo-comportamental em grupo (TCCG) é aplicada, bem como a adaptação e a eficácia das técnicas e estratégias da TCC para o tratamento em grupo da ansiedade social em adultos. Os estudos selecionados ocorreram entre os anos de 1993 e 2013, tiveram como foco de pesquisa a TCCG no tratamento da ansiedade social e incluíram trabalhos de revisão, ensaio clínico, estudos comparativos e estudos de caso. As pesquisas averiguadas demonstraram variação quanto ao formato e composição da TCCG para transtorno de ansiedade social (TAS) e confirmaram, em sua maior parte, a eficácia do tratamento. No entanto, poucos estudos abordaram fatores terapêuticos grupais. A insuficiência de dados relatados quanto às particularidades da TCCG no que concerne à interação do processo grupal e das técnicas da TCC limita a compreensão da adaptação das estratégias de TCC para grupos e aponta para um reconhecimento reduzido da TCCG como uma especialidade dentro da TCC, bem como de suas potencialidades abrangentes para o tratamento da ansiedade social(AU)
Resumo em inglês: This study aims to verify, through a literature review, the ways as Cognitive-Behavioral Group (CBGT) is applied, as well as adaptation and effectiveness of techniques and strategies to the TCC group treatment of Social Anxiety in adults. The selected studies occurred between 1993 and 2013, have focused on the research CBGT in the treatment of social anxiety and included review articles, clinical trials, comparative studies and case studies. The research investigated showed variation in the size and composition of CBGT for social phobia and confirmed for the most part, the effectiveness of treatment. However, few studies have addressed factors therapeutic group. Insufficient data reported as the particularities of CBGT regarding the interaction of group process and techniques of CBT limited understanding of the adaptation of CBT strategies for groups and points to a reduced recognition of CBGT as a specialty within the CBT and as its potential for comprehensive treatment of Social Anxiety(AU)
Limites:Humanos
Descritores Psi Português:PSICOTERAPIA DE GRUPO
TERAPIA COGNITIVA
FOBIA SOCIAL
ANSIEDADE SOCIAL
Descritores Psi Inglês:GROUP PSYCHOTHERAPY
COGNITIVE THERAPY
SOCIAL PHOBIA
SOCIAL ANXIETY
Descritores Psi Espanhol:PSICOTERAPIA DE GRUPO
TERAPIA COGNITIVA
FOBIA SOCIAL
ANSIEDAD SOCIAL
Meio Eletrônico:http://pepsic.bvsalud.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1808-56872015000100005&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt


  12 / 171 INDEXPSI  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Texto completo
Id:53002
Autor:Monteiro, Erika Pizzioto; Ferreira, Gabriela Correia Lubambo; Silveira, Pollyana Santos da; Ronzani, Telmo Mota.
Título:Terapia de aceitação e compromisso (ACT) e estigma: revisão narrativa / Acceptance and commitment therapy (ACT) and stigma: a narrative review.
Fonte:Rev. bras. ter. cogn;11(1):25-31, jun. 2015.
Resumo em português: A terapia de aceitação e compromisso (ACT) integra o grupo das terapias cognitivo-comportamentais (TCCs) e apresenta como conceito principal a flexibilidade psicológica, descrita como a capacidade de entrar em contato com o momento presente e as experiências internas e, de acordo com o contexto, persistir ou alterar a busca de objetivos e valores pessoais. O objetivo deste estudo é descrever os pressupostos filosóficos e teóricos da ACT, bem como sua aplicabilidade como possível estratégia de enfrentamento ao estigma internalizado. Sabe-se que o processo de estigmatização acarreta diversos prejuízos não só para a saúde, mas também em nível psicológico e social. Espera-se, com este estudo, basear futuras propostas empíricas de redução do estigma internalizado fundamentadas nos princípios da ACT, uma vez que a tentativa de eliminar diretamente estereótipos particulares pode ser menos frutífera do que a alternativa de modificar a ligação funcional entre pensamentos, sentimentos e comportamentos manifestos, sendo, portanto, viável considerar a ACT como abordagem para enfrentamento(AU)
Resumo em inglês: The acceptance and commitment therapy (ACT) is included in the group of the cognitive behavioral therapies (CBT's) and has as its main concept the psychological flexibility, described as the ability to contact the present moment and internal experiences and, according to the context, persist or change the quest for personal goals and values. This paper aims to describe the philosophical and theoretical assumptions of this psychotherapeutic approach, also presenting it according to its main constructs. The process of stigmatization results in several losses, not only health-wise, but also at the psychological and social levels. It is expected with this study to base future empirical proposals to reduce internalized stigma based on the principles of the ACT, since attempting to directly eliminate particular stereotypes may be less fruitful than the alternative of modifying the functional connection between thoughts, feelings, and manifest behaviors, therefore being feasible to consider the ACT as an approach for coping(AU)
Limites:Humanos
Descritores Psi Português:ESTIGMA
TERAPIA COGNITIVO-COMPORTAMENTAL
Descritores Psi Inglês:STIGMA
COGNITIVE BEHAVIORAL THERAPY
Descritores Psi Espanhol:ESTÍGMA
TERAPIA COGNITIVA-CONDUCTISTA
Meio Eletrônico:http://pepsic.bvsalud.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1808-56872015000100004&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt


  13 / 171 INDEXPSI  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Texto completo
Id:53001
Autor:Justo, Ana Paula; Matos, Evandro Gomes de; Lipp, Marilda E. N.
Título:Cognitive-behavioral therapy of a case of obsessive-compulsive disorder / Terapia cognitivo-comportamental de um caso de transtorno obsessivo-compulsivo.
Fonte:Rev. bras. ter. cogn;11(1):10-24, jun. 2015.
Resumo em inglês: Maria, aged 35, began psychological treatment after referral by her psychiatrist, presenting severe obsessive-compulsive symptoms [OCs] which had a significantly adverse impact on her social and occupational function and on her health. Her obsessions were associated with the idea of infection and illness and her compulsions were cleanliness and hygiene. She also presented avoidance behaviors associated with these obsessions and deficit in social skills. Maria's life history and her psychological assessment enabled us to understand the development of her symptoms and to identify the predisposing, precipitating and maintaining aspects of the obsessive-compulsive disorder [OCD]. Based on the records kept during the cognitive-behavioral treatment, a reduction in the frequency of her compulsive behavior was observed. The client's self-assessment and the clinical observations also pointed towards improvement in social function and physical condition. Future efforts should include a follow-up to check for the maintenance of these gains(AU)
Resumo em português: Maria, 35 anos, iniciou tratamento psicológico por indicação de seu médico psiquiatra e apresentava sintomas obsessivo-compulsivos [OCs] severos, com significativo prejuízo no seu funcionamento social, ocupacional e na sua saúde. Suas obsessões eram associadas à ideia de contaminação e doença, e suas compulsões eram de limpeza e higiene. Apresentava também comportamentos de esquiva associados às obsessões e reduzido repertório social. A história de vida e a avaliação psicológica de Maria permitiram compreender a evolução de seu quadro sintomatológico e a identificação dos aspectos predisponentes, precipitadores e mantenedores do transtorno obsessivo-compulsivo [TOC]. Baseado no registro realizado durante os atendimentos psicológicos, com o tratamento cognitivo-comportamental, observou-se uma redução na frequência dos comportamentos compulsivos. A auto avaliação da cliente e a observação clínica também apontaram uma melhora no funcionamento social e em sua condição física. No entanto, não foi possível realizar o follow-up para averiguar permanência dos ganhos obtidos durante o tratamento(AU)
Limites:Humanos
Descritores Psi Português:TRANSTORNO OBSESSIVO-COMPULSIVO
TERAPIA COGNITIVO-COMPORTAMENTAL
INTERVENÇÃO PSICOTERAPÊUTICA
Descritores Psi Inglês:OBSESSIVE-COMPULSIVE DISORDER
COGNITIVE BEHAVIORAL THERAPY
PSYCHOTHERAPEUTIC INTERVENTION
Descritores Psi Espanhol:TRASTORNO OBSESIVO COMPULSIVO
TERAPIA COGNITIVA-CONDUCTISTA
INTERVENCIÓN PSICOTERAPÉUTICA
Meio Eletrônico:http://pepsic.bvsalud.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1808-56872015000100003&lng=pt&nrm=iso&tlng=en


  14 / 171 INDEXPSI  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Texto completo
Id:53000
Autor:Méa, Cristina Pilla Della; Zancanella, Sabrina; Ferreira, Vinícius Renato Thomé; Wagner, Marcia Fortes.
Título:Early maladaptive schemas in hospitalized patients for suicide attempt / Esquemas iniciais desadaptativos em pacientes internados por tentativa de suicídio.
Fonte:Rev. bras. ter. cogn;11(1):3-9, jun. 2015.
Resumo em inglês: Suicidal behavior is an important issue for mental health, and a proper assessment of its occurrence and association with psychological factors are critical for risk monitoring and treatment. Early Maladaptive Schemas (EMS), which are long-lasting emotional and cognitive patterns originated in childhood and are repeated throughout life, may be related to this behavior. This study consisted of a quantitative research, with exploratory and correlational design, which aimed to identify EMS present in 15 patients with suicide attempt admitted to a psychiatric hospital compared to 25 people in a non-clinical sample who answered a socio-demographic questionnaire and the Young Schema Questionnaire - short version (YSQ-S2). The results showed that the clinical sample had more impairments in all EMS compared to the non-clinical sample; furthermore, defectiveness/shame, social isolation and disconnection were the EMS that showed the greatest number of strong correlations with others. Proper evaluation of these EMS may have clinical relevance in evaluating suicidal behavior(AU)
Resumo em português: O comportamento suicida é uma questão importante para a saúde mental, e uma adequada avaliação de sua ocorrência e dos fatores psicológicos associados é fundamental para o monitoramento de riscos e para o tratamento. Esquemas iniciais desadaptativos (EIDs), que são padrões emocionais e cognitivos duradouros originados na infância e que se repetem ao longo da vida, podem estar relacionados a esse comportamento. O presente trabalho consistiu em uma pesquisa quantitativa, com delineamento exploratório e correlacional, que teve como objetivo identificar EIDs presentes em 15 pacientes internados em hospital psiquiátrico devido a tentativa de suicídio, em comparação com 25 pessoas de uma amostra não clínica, que responderam a um questionário sociodemográfico e ao Questionário de Esquemas de Young - versão breve (YSQ-S2). Os resultados demonstraram que a amostra clínica apresentou prejuízo em todos os EIDs em comparação com a amostra não clínica; além disso, os EIDs que mais apresentaram maior número de correlações fortes com outros foram Defectividade/Vergonha, Isolamento Social e Desconexão. A adequada avaliação dos EIDs, especialmente dos três citados, pode ter relevância clínica na avaliação de comportamento suicida(AU)
Limites:Humanos
Descritores Psi Português:SUICÍDIO
TERAPIA COGNITIVA
DISTÚRBIOS DO COMPORTAMENTO
TENTATIVA DE SUICÍDIO
PACIENTES HOSPITALIZADOS
Descritores Psi Inglês:SUICIDE
COGNITIVE THERAPY
BEHAVIOR DISORDERS
ATTEMPTED SUICIDE
HOSPITALIZED PATIENTS
Descritores Psi Espanhol:SUICIDIO
TERAPIA COGNITIVA
TRASTORNOS DE LA CONDUCTA
INTENTO DE SUICIDIO
PACIENTES HOSPITALIZADOS
Meio Eletrônico:http://pepsic.bvsalud.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1808-56872015000100002&lng=pt&nrm=iso&tlng=en


  15 / 171 INDEXPSI  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Texto completo
Id:52839
Autor:Marback, Roberta Ferrari; Pelisoli, Cátula.
Título:Terapia cognitivo-comportamental no manejo da desesperança e pensamentos suicidas / Cognitive-behavioral therapy in the management of hopelessness and suicidal thoughts.
Fonte:Rev. bras. ter. cogn;10(2):122-129, dez. 2014.
Resumo em português: O suicídio é um problema de saúde pública, sendo considerado uma das principais causas de morte no mundo. O comportamento suicida envolve ideação, planejamento, tentativa e suicídio propriamente dito, comportamentos em geral motivados por crenças de desesperança. Este estudo teve como objetivo identificar as contribuições da terapia cognitivo-comportamental (TCC) no manejo da desesperança e de pensamentos suicidas, buscando compreender a relação entre eles; identificar a tríade cognitiva relacionada ao problema e verificar estratégias da TCC no tratamento desses pacientes. Para isso, foi realizada uma revisão narrativa da literatura, integrando dados nacionais e internacionais sobre o tema. Os resultados demonstram que o indivíduo que apresenta intenção suicida em geral manifesta a desesperança como crença, caracterizada por uma visão de futuro vazio, sem perspectivas. As intervenções focalizam a relação terapêutica e utilizam estratégias como psicoeducação, resolução de problemas, estratégias de controle de impulsos e busca de apoio social. Muitas vezes, é fundamental a intervenção de áreas como psiquiatria e serviço social, que, juntamente com o processo terapêutico, vão buscar promover esperança. Considerando a gravidade e a complexidade do comportamento suicida, é fundamental que profissionais da saúde mental conheçam estratégias úteis e eficazes como as propostas pela TCC para um manejo eficiente do problema(AU)
Resumo em inglês: Suicide is a public health problem and is one of the leading causes of death worldwide. Suicidal behavior involves ideation, planning, trial and suicide itself, behaviors generally motivated by hopelessness beliefs. This study aimed to identify the contributions of Cognitive Behavioral Therapy - CBT in the management of hopelessness and suicidal thoughts, trying to understand the relationship between them; identify the cognitive triad-related problem and check strategies of CBT in the treatment of these patients. For this, a narrative review of the literature was performed by integrating national and international data on this topic. The results show that the person who has suicidal intent usually expresses hopelessness as belief, characterized by a vision of empty future without prospects. Interventions focus on the therapeutic relationship and use strategies such as psychoeducation, problem solving, impulse control strategies and the seeking of social support. Often, the intervention of areas such as Psychiatry and Social Services, which, along with the therapeutic process, will seek to promote hope, is very important. Considering the seriousness and complexity of suicidal behavior, it is essential that mental health professionals know useful and effective strategies as proposed by TCC for efficient handling of the problem(AU)
Limites:Humanos
Descritores Psi Português:ESPERANÇA-DESESPERANÇA
SUICÍDIO
TERAPIA COGNITIVO-COMPORTAMENTAL
Descritores Psi Inglês:SUICIDE
COGNITIVE BEHAVIORAL THERAPY
Descritores Psi Espanhol:ESPERANZA-DESESPERANZA
SUICIDIO
TERAPIA COGNITIVA-CONDUCTISTA
Meio Eletrônico:http://pepsic.bvsalud.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1808-56872014000200008&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt


  16 / 171 INDEXPSI  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Texto completo
Id:52838
Autor:Hayasida, Nazaré Maria de Albuquerque; Assayag, Raquel Helena; Figueira, Isa; Matos, Margarida Gaspar.
Título:Morte e luto: competências dos profissionais / Death and mourning: skills of professionals.
Fonte:Rev. bras. ter. cogn;10(2):112-121, dez. 2014.
Resumo em português: A concepção social de morte é resultado de um longo processo histórico, marcado por diferentes sistemas econômicos e sociais, bem como por costumes que envolvem dimensões existenciais, subjetivas e espirituais. Este artigo tem como objetivo revisar a morte, o luto e as competências profissionais nos diversos contextos. A metodologia adotada consiste na revisão bibliográfica de artigos pesquisados nas bases de dados PubMed, Scielo.org, BVS Psi, EBSCO, LILACS, PePSIC, PsycNET, Science Direct e Web of Knowledge (ISI), no período de 2008 a 2014, por meio de termos como morte, luto e profissionais, incluindo o ciclo da vida (crianças, adolescentes, adultos e idosos). Conclui-se que há deficiência na formação educacional dos profissionais que lidam com a morte e o luto, sobretudo aqueles que trabalham em contextos de saúde. Observou-se a necessidade da criação de programas voltados à educação para a morte nos currículos dos profissionais e na sociedade de maneira geral, incluindo medidas interventivas e protocolos em terapia cognitivo-comportamental para adquirir competências no enfrentamento adequado e saudável dessas experiências(AU)
Resumo em inglês: The social concept of death is the result of a long historical process, marked by different economic, social and customs systems that also involve existential, subjective and spiritual dimensions. This article aims to review death and mourning and professional skills in various contexts. The methodology of this work consists of a literature review of articles found in the databases PubMed, Scielo.org, BVS Psi, EBSCO, LILACS, PePSIC, PsycNET, Science Direct and Web of Knowledge (ISI), during the period of 2008 to 2014, using the search terms death, mourning and professionals, including the life cycle (children, adolescents, adults and elderly). It was concluded that there is deficiency in the educational training of professionals who deal with death and grief, especially those working in health contexts. The need to create educational programs discussing death was observed in the curricula of professionals and society in general, including interventional measures and protocols in cognitive-behavioral therapy to acquire skills in proper and healthy coping with these experiences(AU)
Limites:Humanos
Descritores Psi Português:COMPETÊNCIA PROFISSIONAL
LUTO
MORTE
Descritores Psi Inglês:PROFESSIONAL COMPETENCE
GRIEF
DEATH AND DYING
Descritores Psi Espanhol:COMPETENCIA PROFESIONAL
LUTO
MUERTE
Meio Eletrônico:http://pepsic.bvsalud.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1808-56872014000200007&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt


  17 / 171 INDEXPSI  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Texto completo
Id:52837
Autor:Tomas, Ana Carolina Tourinho; Carvalho, Marcele Regine de.
Título:Treino assertivo para a depressão: uma revisão bibliográfica / Assertive training for depression: a literature review.
Fonte:Rev. bras. ter. cogn;10(2):103-111, dez. 2014.
Resumo em português: A depressão apresenta alta prevalência e provoca um impacto negativo significativo na qualidade de vida das pessoas. Dentre os aspectos comprometidos, estão as habilidades sociais e, mais especificamente, a assertividade, que vem sendo apontada como deficitária nesses pacientes, sendo o treinamento assertivo bastante recomendado nesses casos. O entendimento dos padrões inadequados de comportamento social é fundamental para que se possa atuar na prevenção e no tratamento desses sintomas em pacientes deprimidos. Neste artigo, é realizada uma revisão narrativa da literatura sobre assertividade, treinamento assertivo e depressão. São apresentadas as estratégias utilizadas para o treinamento da assertividade e descritos estudos que se propuseram a avaliar a eficácia do treinamento assertivo em pacientes deprimidos. Verificou-se que programas de treinamento em assertividade têm se mostrado eficazes em pacientes deprimidos e podem facilitar e potencializar as interações sociais, o que representa um importante ganho para esses pacientes. Estudos orientados para essa temática são importantes tanto para o contexto das relações interpessoais como dos transtornos psicológicos e seu tratamento(AU)
Resumo em inglês: Depression is highly prevalent and causes a significant negative impact on quality of life. Among the committed aspects are social skills and more specifically assertiveness, which has been identified as deficient in these patients. Therefore, assertive training is highly recommended in these cases. Understanding the inadequate standards of social behavior is essential so that we can act in the prevention and treatment of these symptoms in depressed patients. This paper presents a narrative review of the literature on assertiveness, assertive training and depression. The strategies used for the training of assertiveness are presented and studies that assessed the effectiveness of assertiveness training in depressed patients are described. It was found that assertiveness training programs have proven effective in depressed patients and can facilitate and enhance social interactions, which is an important gain for these patients. Studies in this theme are important for not only for the context of interpersonal relationships, but also for psychological disorders and their treatment(AU)
Limites:Humanos
Descritores Psi Português:DEPRESSÃO
HABILIDADES SOCIAIS
ASSERTIVIDADE
Descritores Psi Inglês:DEPRESSION
SOCIAL SKILLS
ASSERTIVENESS
Descritores Psi Espanhol:DEPRESIÓN
HABILIDADES SOCIALES
ASERTIVIDAD
Meio Eletrônico:http://pepsic.bvsalud.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1808-56872014000200006&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt


  18 / 171 INDEXPSI  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Texto completo
Id:52836
Autor:Lopes, Renata Ferrarez Fernandes; Bizinoto, Jessica Ferrucci Suzuki; Rodrigues, Lais Bueno; Neufeld, Carmem Beatriz.
Título:Contribuições da escola alemã para a terapia do esquema para crianças / Contributions of the german school for the schema therapy for children.
Fonte:Rev. bras. ter. cogn;10(2):93-102, dez. 2014.
Resumo em português: Este artigo teórico está inserido no campo da terapia do esquema, desenvolvida por Jeffrey Young. Trata-se de um trabalho que visa apresentar aos terapeutas cognitivos brasileiros o protocolo dirigido a pacientes infantojuvenis desenvolvido pela escola alemã de terapia do esquema. O protocolo alemão é o mais completo modelo de intervenção para modos de esquemas que temos atualmente no campo da terapia do esquema para crianças e adolescentes. O objetivo deste trabalho é apresentar em linhas gerais a adaptação teórica do modelo de Young para crianças, feita pela escola alemã, e o trabalho terapêutico que consiste em orientação dos pais e intervenção a partir de um modelo de seis estágios interventivos. Foi possível concluir que se trata de um modelo teórico e de intervenção abrangente que pode ser utilizado, com pequenas adaptações, em crianças brasileiras(AU)
Resumo em inglês: This theoretical paper is about the Jeffrey Young Schema Therapy. It aims on introducing to Brazilian cognitive therapists the child treatment protocol developed by German School of Schema Therapy. The German protocol is the most complete model of intervention of schema modes that we currently have in the field of Schema Therapy for children and adolescents. The aim of this paper is to outline the theoretical adaptation of Young's model for children made by the German School and the therapeutic work that consists of advising parents and on intervention starting from a model of six interventional stages. It was possible to conclude that it is a theoretical and a comprehensive interventional model that can be used in Brazilian children with minor adaptations(AU)
Limites:Humanos
Descritores Psi Português:CRIANÇAS
TERAPIA COGNITIVA
INTERVENÇÃO PSICOLÓGICA
Descritores Psi Inglês:CHILDREN
COGNITIVE THERAPY
PSYCHOLOGICAL INTERVENTION
Descritores Psi Espanhol:NIÑOS
TERAPIA COGNITIVA
INTERVENCIÓN PSICOLÓGICA
Meio Eletrônico:http://pepsic.bvsalud.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1808-56872014000200005&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt


  19 / 171 INDEXPSI  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Texto completo
Id:52835
Autor:Melo, Wilson Vieira; Bergmann, Claudilene; Neufeld, Carmem Beatriz; Machado, Paulo P. P.; Conceição, Eva.
Título:A terapia cognitivo-comportamental e a cirurgia bariátrica como tratamentos para a obesidade / Cognitive behavioral therapy and bariatric surgery as treatments for obesity.
Fonte:Rev. bras. ter. cogn;10(2):84-92, dez. 2014.
Resumo em português: Apesar de ser um método invasivo, a cirurgia bariátrica tem sido utilizada como uma das principais estratégias de auxílio às pessoas que precisam emagrecer grandes volumes de peso. A terapia cognitivo-comportamental é um importante recurso que pode ser útil no acompanhamento pré e pós-cirúrgico. Este estudo teve o objetivo de revisar a literatura acerca da cirurgia bariátrica e da terapia cognitivo-comportamental (TCC) para a obesidade. Assim, efetuou-se análise teórica, por intermédio de revisão assistemática junto às bases de dados Scielo, Pepsic e PubMed. No Brasil, atualmente, a maior parte da população está com sobrepeso, sendo esse um indicador para o desenvolvimento da obesidade em caso de manutenção dos hábitos alimentares. Junto à obesidade, transtornos emocionais e comportamentais vêm surgindo, como depressão, ansiedade e inabilidade social. O papel da TCC é atuar como tratamento adjuvante à cirurgia bariátrica para a obesidade. Ela proporciona um atendimento humanizado, aumentando a autoconfiança e a qualidade de vida(AU)
Resumo em inglês: Despite being an invasive method, bariatric surgery has been used as a major strategy of aid to people who need large volumes of lose weight. Cognitive behavioral therapy is an important feature that can be useful in pre and post-surgical. This study aimed to review the literature on this the bariatric surgery and cognitive behavioral therapy of obesity. Thus, we performed theoretical analysis through an unsystematic review along the Scielo, Pepsic and PubMed. In Brazil, currently, most of the population is overweight, which is an indicator for the development of obesity in case of feeding habits. Along with obesity, emotional and behavioral disorders are emerging such as depression, anxiety and social disability. The role of cognitive-behavioral therapy is to act as an adjuvant to bariatric surgery for obesity treatment. It provides a humanized care, increases self-confidence and quality of life(AU)
Limites:Humanos
Descritores Psi Português:CIRURGIA BARIÁTRICA
OBESIDADE
TERAPIA COGNITIVO-COMPORTAMENTAL
Descritores Psi Inglês:BARIATRIC SURGERY
OBESITY
COGNITIVE BEHAVIORAL THERAPY
Descritores Psi Espanhol:CIRUGÍA BARIÁTRICA
OBESIDAD
TERAPIA COGNITIVA-CONDUCTISTA
Meio Eletrônico:http://pepsic.bvsalud.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1808-56872014000200004&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt


  20 / 171 INDEXPSI  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Texto completo
Id:52834
Autor:Cahú, Renata Ayanna Gomes; Santos, Ana Célia Oliveira; Pereira, Reginete Cavalcanti; Vieira, Carlos José Leoncio; Gomes, Sarah Abrahão.
Título:Estresse e qualidade de vida em residência multiprofissional em saúde / Stress and quality of life in multi-professional residency.
Fonte:Rev. bras. ter. cogn;10(2):76-83, dez. 2014.
Resumo em português: Neste estudo, objetivou-se avaliar o estresse e a qualidade de vida em residentes multiprofissionais em saúde. Trata-se de uma pesquisa de caráter quantitativo-descritivo, com delineamento transversal. A população foi composta por 45 residentes de programas multiprofissionais da Universidade de Pernambuco, nas áreas de saúde mental e saúde da família, nas profissões de psicologia, educação física, terapia ocupacional, enfermagem, serviço social, fisioterapia, nutrição, farmácia e odontologia. Aplicou-se questionário sociodemográfico e comportamental, o Inventário de Sintomas de Stress para Adultos de Lipp (ISSL), para avaliar o estresse, e o WHOQOL-Bref, para a qualidade de vida. Verificou-se que 77,8% dos pesquisados apresentam estresse, em 37,8% predominam sintomas psicológicos e 17,8% estão com estresse em agravamento. Na percepção sobre qualidade de vida, 33,3% a avaliam como ruim; sobre a satisfação com a saúde, 42,2% estão insatisfeitos. Conclui-se que os profissionais de saúde residentes estão em situação elevada de estresse e a qualidade de vida foi avaliada negativamente. Observa-se a importância de aprofundar a investigação sobre o objeto de estudo e a reflexão sobre medidas de intervenção para melhorar a qualidade de vida dos residentes(AU)
Resumo em inglês: This study aimed to evaluate stress and quality of life in multiprofessional health residents. It is a quantitative-descriptive research, with cross-sectional design. The population consisted of 45 residents of Multiprofessional Programs from the University of Pernambuco, from the areas of Mental Health and Family Health, in the health segments of Psychology, Physical Education, Occupational Therapy, Nursing, Social Services, Physiotherapy, Nutrition, Pharmacy, and Dentistry. A socio-demographic and behavioral questionnaire was administered, the Lipp's Stress Symptom Inventory for Adults, to evaluate stress and the WHOQOL-Brief to evaluate quality of life. It was observed that 77.8% of investigated present stress, 37.8% predominate psychological symptoms, and 17.8% are worsening in stress. As to the perception of quality of life, 33.3% assessed it as bad; on satisfaction with health, 42.2% are dissatisfied. It concludes that resident health professionals are in a high stress situation while the quality of life was evaluated as negative. This study shows the relevance of the need for further research on the study object and the reflection on intervention measures in order to improve the quality of life for residents(AU)
Limites:Humanos
Descritores Psi Português:STRESS PSICOLÓGICO
QUALIDADE DE VIDA
PESSOAL DA SAÚDE
Descritores Psi Inglês:PSYCHOLOGICAL STRESS
QUALITY OF LIFE
HEALTH PERSONNEL
Descritores Psi Espanhol:ESTRES PSICOLÓGICO
CALIDAD DE VIDA
PERSONAL DE SALUD
Meio Eletrônico:http://pepsic.bvsalud.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1808-56872014000200003&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt


  21 / 171 INDEXPSI  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Texto completo
Id:52833
Autor:Moreno, André Luiz; Carvalho, Rubem Gomes Neves de.
Título:Terapia cognitivo-comportamental breve para sintomas de ansiedade e depressão / Brief cognitive-behavioral therapy for anxiety and depressive symptoms.
Fonte:Rev. bras. ter. cogn;10(2):70-75, dez. 2014.
Resumo em português: Abordagens breves de psicoterapia têm ganhado cada vez mais espaço em função das constantes necessidades de diminuição de custos e otimização da participação de terapeutas no processo de psicoterapia. A terapia cognitivo-comportamental (TCC) é uma modalidade breve de atendimento por natureza, mas que ainda se mantém interessada na busca de intervenções cada vez mais breves e eficazes. Este estudo teve como objetivo avaliar o efeito de atendimentos breves em TCC em sintomas de depressão e ansiedade. Foram selecionados prontuários de 21 pacientes que participaram de sete atendimentos em TCC breve, durante um estágio de formação de terapeutas cognitivo-comportamentais. Nos atendimentos, os pacientes foram avaliados antes e após as intervenções por meio de instrumentos que medem sintomas de ansiedade (BAI e IPAn) e depressão (BDI), além de qualidade de vida (WHOQOL-Bref). Foram observadas diferenças significativas nos sintomas de depressão, ansiedade e qualidade de vida dos participantes. Implicações desse resultado, limites do estudo e consequência dos atendimentos breves em TCC são discutidos(AU)
Resumo em inglês: Brief approaches to psychotherapy have been gaining more space and attention in efforts for cost savings and optimization of the participation of therapists in the psychotherapy process. Cognitive behavioral therapy (CBT) is considered a short form of psychotherapy, but which still keeps interest in finding more brief and effective approaches. This study aimed to evaluate the effect of short interventions in CBT on symptoms of depression and anxiety. Records of 21 patients that have participated in seven appointments of brief CBT, during a CBT internship course to form cognitive-behavioral therapists, were selected for this study. In the protocol, patients were evaluated before and after the interventions through instruments that measure symptoms of anxiety (BAI and IPAN) and of depression (BDI), and quality of life (WHOQOL-Brief). Significant differences were observed in symptoms of depression, anxiety and in quality of life of the participants. Implications of these results, the limitations of the study and the consequences of brief interventions in CBT are discussed(AU)
Limites:Humanos
Descritores Psi Português:PSICOTERAPIA BREVE
SERVIÇOS DE SAÚDE MENTAL
TERAPIA COGNITIVO-COMPORTAMENTAL
DEPRESSÃO
ANSIEDADE
Descritores Psi Inglês:BRIEF PSYCHOTHERAPY
MENTAL HEALTH SERVICES
COGNITIVE BEHAVIORAL THERAPY
DEPRESSION
ANXIETY
Descritores Psi Espanhol:PSICOTERAPIA BREVE
SERVICIOS DE SALUD MENTAL
TERAPIA COGNITIVA-CONDUCTISTA
DEPRESIÓN
ANSIEDAD
Meio Eletrônico:http://pepsic.bvsalud.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1808-56872014000200002&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt


  22 / 171 INDEXPSI  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Texto completo
Id:49995
Autor:Souza, Isabel Cristina Weiss de; Cândido, Carolina Ferreira Guarnieri.
Título:Diagnóstico psicológico e terapia cognitiva: considerações atuais / Current status of psychological diagnostics in cognitive therapy.
Fonte:Rev. bras. ter. cogn;5(2):82-93, nov. 2009.
Resumo em português: A avaliação psicológica é de suma importância para a atividade profissional do psicólogo. Com as mudanças na legislação, a necessidade de discussões sobre classificações psiquiátricas é emergente. Classificações como a CID-10 e o DSM-IV, quando utilizadas em diagnósticos psicológicos, por serem embasadas cientificamente, facilitam a discussão entre profissionais de campos diferentes. O processo de avaliação cognitivo-comportamental é o início do desenvolvimento do tratamento terapêutico nesta abordagem. Os terapeutas cognitivo-comportamentais vêm desenvolvendo técnicas que objetivam influenciar os pensamentos, os comportamentos e o humor. A compreensão dos fatos relacionados aos distúrbios psicológicos permite o planejamento de intervenções clínicas efetivas e personalizadas. Então, para profissionais de abordagens diferentes, que fazem uso do diagnóstico psicológico, ferramentas como as classificações psiquiátricas são um importante instrumento para um diagnóstico preciso, para aprimorar a comunicação clínica com outros profissionais e aumentar a generalização e comparabilidade de conclusões diagnósticas. O objetivo deste artigo é enfatizar a importância da avaliação psicológica na condução do processo terapêutico em terapia cognitivo-comportamental(AU)
Resumo em inglês: Psychological evaluation is an important professional activity for psychologists. Due to changes in legislation, the need for discussion about psychiatric classification became evident. Classifications such as CID-10 and DSM-IV, used for psychological diagnosis can be considered scientifically based and make the discussion between professionals from different fields easier. The process of cognitive-behavioral evaluation is the gate to psychotherapeutic treatment development. Cognitive-behavioral therapists develop therapy sessions by using a set of techniques with the objective to influence thoughts, behaviors and mood. The understanding of facts related to psychological disturbances allow the planning of effective and individualized clinical interventions. So, for professionals of different approaches who make use of psychological diagnosis, the tools such as psychiatric classifications are the main instrument to increase accurate diagnosis, to improve clinical communication with other professionals and to increase generality and comparability of diagnostic conclusions(AU)
Descritores Psi Português:AVALIAÇÃO PSICOLÓGICA
PSICODIAGNÓSTICO
TERAPIA COGNITIVO-COMPORTAMENTAL
Descritores Psi Inglês:PSYCHOLOGICAL ASSESSMENT
PSYCHODIAGNOSIS
COGNITIVE BEHAVIORAL THERAPY
Descritores Psi Espanhol:EVALUACIÓN PSICOLÓGICA
PSICODIAGNÓSTICO
TERAPIA COGNITIVA-CONDUCTISTA
Meio Eletrônico:http://pepsic.bvsalud.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1808-56872009000200009&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt


  23 / 171 INDEXPSI  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Texto completo
Id:49994
Autor:Sbicigo, Juliana Burges; Lisbôa, Carolina Saraiva de Macedo.
Título:Habilidades sociais e satisfação conjugal: um estudo correlacional / Social skills and marital satisfaction: correlational study.
Fonte:Rev. bras. ter. cogn;5(2):73-81, nov. 2009.
Resumo em português: Esta pesquisa teve como objetivo investigar relações entre habilidades sociais e satisfação conjugal em 25 casais (n=50), com idades entre 23 e 69 anos, e tipo de união entre sete e 40 anos. Os participantes responderam à Escala de Satisfação Conjugal e à Escala Multidimensional de Expressão Social - Parte Cognitiva. As análises inferenciais não indicaram correlação entre as variáveis investigadas. Entretanto, os níveis de habilidades sociais dos cônjuges mostram-se correlacionados, sendo que o mesmo ocorreu com o nível de satisfação conjugal. Adicionalmente, os homens mostraram-se mais satisfeitos com a união à medida que possuíam mais filhos. Os dados são relevantes para o entendimento dos relacionamentos afetivos entre casais, variáveis associadas, bi como são fundamentais para o exercício e a reflexão na atividade clínica(AU)
Resumo em inglês: The present research aimed to investigate the association between social skills and marital satisfaction. 25 couples (n=50), ages between 23 e 69 years-old were interviewed. The total time of union varied from seven to 40 years. The participants answered Marital Satisfaction Scale and Multidimensional Social Expression Scale – Cognitive part. Inferential analysis do not show correlation between marital satisfaction and social skills, therefore, social skills levels of each partner were correlated as well as their level of marital satisfaction. Also, men seied more satisfied than women with marital relation as long as they have more children. Data is important and relevant to the comprehension of marital relations as well as to support clinical activity and reflection in cognitive-behavior area(AU)
Descritores Psi Português:HABILIDADES SOCIAIS
RELAÇÕES CONJUGAIS
DINÃMICA DE CASAL
Descritores Psi Inglês:SOCIAL SKILLS
MARITAL RELATIONS
COUPLE DYNAMICS
Descritores Psi Espanhol:HABILIDADES SOCIALES
RELACIONES CONYUGALES
DINÁMICA DE PAREJA
Meio Eletrônico:http://pepsic.bvsalud.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1808-56872009000200008&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt


  24 / 171 INDEXPSI  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Texto completo
Id:49993
Autor:Matos, Margarida Gaspar de; Ferreira, Aristides; Tomé, Gina; Borges, Inês; Manso, Dina; Ferreira, Paula.
Título:Anxiety, depression and coping strategies in adolescence: psychometric issues and proposal of a reduced version.
Fonte:Rev. bras. ter. cogn;5(2):59-72, nov. 2009.
Resumo em inglês: This study used depression (CDI – Kovacs, 1981), anxiety (MASC – March, 1997) and coping strategy (CRI-Y – Moos, 1993) scales and studied the fitness of reduced versions. The sample consisted of 916 Portuguese pupils, 54.3% fiinine, aged 10 to 21 years old. The participants were randomly selected from public schools nation-wide. Two classes were chosen from the 5th to the 12th grade.A set of principal component analyses was carried out in a randomly chosen sample (n = 394) and three reduced measures were found to be strongly correlated with the previous. Confirmatory factor analyses (CFA) using the other part of the sample (n = 522) revealed adjustment indexes suggesting a good fit for both the whole model and gender and age groups separately. All scales revealed a good internal consistency. According to our results, girls were more anxious and developed more coping strategies than boys. Older students tended to be less depressed, while younger adolescents present higher scores in CDI-R (depression) and CRI-R (coping) scales(AU)
Descritores Psi Português:DEPRESSÃO
ANSIEDADE
COPING
ESTUDANTES
Descritores Psi Inglês:DEPRESSION
ANXIETY
COPING
STUDENTS
Descritores Psi Espanhol:DEPRESIÓN
ANSIEDAD
COPING
ESTUDIANTES
Meio Eletrônico:http://pepsic.bvsalud.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1808-56872009000200007&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt


  25 / 171 INDEXPSI  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Texto completo
Id:49992
Autor:Lourenção, Vanessa Cristina; Santos Junior, Randolfo dos; Luiz, Andreia Mara Gonçalves.
Título:Aplicações da terapia cognitivo-comportamental em tratamentos de câncer / Applications of cognitive-behavioral therapy in cancer treatment.
Fonte:Rev. bras. ter. cogn;5(2):59-72, nov. 2009.
Resumo em português: Os estressores associados ao diagnóstico e tratamento de câncer acarretam perdas importantes na qualidade de vida implicando em uma necessidade de ajustamento psicossocial para pacientes e familiares. O presente estudo teve por objetivo realizar um levantamento de atualização do uso da Terapia Cognitivo Comportamental (TCC) em tratamentos oncológicos. Foi realizado um processo de revisão da literatura recente utilizando os bancos de dados Med line, Psycinfo e Scielo com as palavras-chave: oncology e cognitive behavioral therapy; câncer e cognitive behavioral therapy; psycho-onology e cognitive behavioral therapy. Foram encontrados 45 artigos escritos entre 2004 e 2009 dos quais foram excluídos artigos de revisão, meta-análise, estudos que envolviam outras doenças crônicas resultando um total de 25 artigos. Para a apresentação dos resultados os estudos foram categorizados de acordo com os objetivos da intervenção. Neste levantamento as principais aplicações da TCC em Oncologia foram: Manejo do estresse, manejo da dor, manejo dos efeitos adversos do tratamento, manejo de ansiedade e depressão, melhora da qualidade de vida, intervenção a transtorno do sono, prevenção e tratamento da obesidade, tratamento do tabagismo e queixas de ordem sexual entre outros. Há indicadores de que a TCC pode ser um método de intervenção eficaz em tratamentos oncológicos(AU)
Resumo em inglês: Stressors associated with a diagnosis and treatment of cancer cause important decline in quality of life and require adjustment from patient and family. The objective of this study was to review the literature about Cognitive-Behavioral Therapy (CBT) and cancer treatment. A literature review was conducted in the following data bases: Med line, Psycinfo and Scielo, using as key-words: oncology and cognitive behavioral therapy; cancer and cognitive behavioral therapy; psycho-oncology and cognitive behavioral therapy. Forty five articles written between 2004 and 2009 were found. Reviews, metanalisis, and studies including other diseases were excluded. In the end, 25 articles were reviewed. Studies were classified according to intervention objective. Results: the main applications of CBT in Oncology were: stress management, pain management, medication side effects management, depression and anxiety management, improvement of quality of life, interventions to improve sleep, obesity prevention and treatment, programs to quit smoking, and sexual complaints and others. CBT seem to be an efficient intervention for oncological treatments(AU)
Descritores Psi Português:NEOPLASIAS
PSICOLOGIA DA SAÚDE
TERAPIA COGNITIVO-COMPORTAMENTAL
Descritores Psi Inglês:NEOPLASMS
HEALTH PSYCHOLOGY
COGNITIVE BEHAVIORAL THERAPY
Descritores Psi Espanhol:NEOPLASMAS
PSICOLOGÍA DE LA SALUD
TERAPIA COGNITIVA-CONDUCTISTA
Meio Eletrônico:http://pepsic.bvsalud.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1808-56872009000200006&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt


  26 / 171 INDEXPSI  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Texto completo
Id:49991
Autor:Borges, Karina Kelly; Borges, Moacir Alves; Santos, Flávia Heloísa dos; Santos, Adriana Barbosa; Souza, Elisabete Abib Pedroso de.
Título:Fatores que influenciam a qualidade de vida de pessoas com epilepsia / Issues that affect people with epilepsy quality of life.
Fonte:Rev. bras. ter. cogn;5(2):45-58, nov. 2009.
Resumo em português: A epilepsia é uma desordem crônica que prejudica a qualidade de vida (QV) e interfere em aspectos emocionais, pessoais, sociais e de relacionamento familiar. Este estudo avaliou a QV de 165 pessoas com diagnóstico de epilepsia, com idade entre 18 e 75 anos (M=41,28; DP= 13,26), por meio do QQV-65. Os escores do questionário foram comparados com características clínicas da doença e entre aqueles pacientes que possuíam refratariedade das crises e com pacientes com crises controladas parcialmente. Não houve diferença em relação às duas populações no fator QV. O fator Emocional foi o mais afetado em ambos os grupos, uma vez que o z-escore médio estimado foi de 51,0±14,4 para o Grupo I e 49,9±14,7 para o Grupo II. Quanto ao tipo de crise, a análise de variância (ANOVA) revelou que Saúde foi o único fator do QQV-65 que apresentou diferença estatisticamente significante entre os z-escores (P=0,024). Entretanto, para a freqüência das crises epiléticas, exceto Saúde (P=0,185), os demais fatores do QQV-65 mostraram-se relacionados de forma estatisticamente significante (P0,05). O estudo demonstrou que a percepção de controle de crises é muito importante na avaliação da QV em todos os seus aspectos (saúde, físico, social, emocional, lócus de controle, auto-conceito e cognitivo)(AU)
Resumo em inglês: Epilepsy is a chronic disorder that impairs life quality (LQ) and interferes in emotional, personal, social and family relationship aspects. This study evaluated 165 people with epilepsy diagnosis, ranging from 18 to 75 years old (M=41,28; SD= 13,26), by means of the QQV-65 (Life Quality Questionnaire with 65 questions) and investigated the association between the questionnaire scores and the disease features, comparing patients who showed refrectory seizures with patients with partially controled seizures. There was no difference in relation to the two groups regarding the LQ factor. The QQV-65 emotional factor was the most affected in both groups, since the estimated mean z-escore was 51,0±14,4 for Group I and 49,9±14,7 for Group II. Regarding the type of crisis, the analysis of variance (ANOVA) revealed that Health was the only factor in QQV-65 that showed a statistically significant difference between the z-scores (P = 0.024). However, for the frequency of epileptic seizures, except Health (P = 0.185), other factors QQV-65 proved to be related in a statistically significant way (P 0.05). The research demonstrated that seizure control perception is quite important in the evaluation of life quality in all its aspects (health, body, society, emotion, locus of control, self-concept and cognition)(AU)
Descritores Psi Português:EPILEPSIA
QUALIDADE DE VIDA
Descritores Psi Inglês:EPILEPSY
QUALITY OF LIFE
Descritores Psi Espanhol:EPILEPSIA
CALIDAD DE VIDA
Meio Eletrônico:http://pepsic.bvsalud.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1808-56872009000200005&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt


  27 / 171 INDEXPSI  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Texto completo
Id:49990
Autor:Soares, Adriana Benevides; Mello, Thatemana Valory dos Santos.
Título:Habilidades sociais entre professores e não professores / Social skills among teachers and other professionals.
Fonte:Rev. bras. ter. cogn;5(2):15-27, nov. 2009.
Resumo em português: Esta pesquisa teve como objetivo comparar as habilidades sociais de professores de diferentes segmentos do ensino a de profissionais não professores. A pesquisa foi realizada com 527 participantes: 264 professores do nível infantil ao nível superior de ensino e 263 não professores. Com relação aos não professores, 64 eram profissionais autônomos, 140 profissionais com vínculo empregatício, 56 exercendo a profissão de forma autônoma e também com vínculo empregatício e 3 não responderam. O instrumento utilizado foi o Inventário de habilidades Sociais Del-Prette (IHS-Del Prette). Os resultados sugeri que em geral os professores são bastante mais habemlidosos do que os não professores, evidenciando um repertório rico de habilidades sociais. É possível que os professores adquiram mais experiência e potencialidades relacionais participando do aprendizado dos alunos, desenvolvendo principalmente habilidades afetivas, relacionais e de conversação ao se exporem cotidianamente face aos seus alunos e colegas(AU)
Resumo em inglês: The objective of the study was to compare teacher’s social skills with other professionals (not teachers) social skills. The research included 527 participants: 264 teachers from kindergarten to university and 263 non teachers (other professionals). With regard to the other professionals, 64 were independent autonomous workers, 140 had an iployment bond, 56 worked both as independent and as an iployee and 3 did not answer. All participants filled the HIS-Del Prette (Del-Prette Social Skills Inventory). The results showed that in general teachers had more social skills than other professionals, showing a rich repertoire of social skills. It may be that teachers acquire more experience and skills for relationship as they participate on their students learning process, developing mainly affective, relations and conversational skills when daily facing their students and colleagues(AU)
Descritores Psi Português:HABILIDADES SOCIAIS
PROFESSORES
PROFISSIONAIS
Descritores Psi Inglês:SOCIAL SKILLS
TEACHERS
PROFESSIONAL PERSONNEL
Descritores Psi Espanhol:HABILIDADES SOCIALES
PROFESORES
PROFESIONALES
Meio Eletrônico:http://pepsic.bvsalud.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1808-56872009000200004&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt


  28 / 171 INDEXPSI  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Texto completo
Id:49989
Autor:Dias, M.ª Isabel Pinto Simões.
Título:Intervenção no Ensino Superior: promoção de competências com jovens adultos / Higher Education intervention: promoting competences with young adults.
Fonte:Rev. bras. ter. cogn;5(2):4-14, nov. 2009.
Resumo em português: O presente artigo tem como objectivo apresentar o Programa de Promoção de Competências pessoais e profissionais em Educação de infância – PPCppEi e os resultados da sua avaliação. Enquadrando-se numa perspectiva sócio-construtivista da aprendizagem, o PPCppEi assume-se como uma ferramenta educativa na promoção de competências no Ensino Superior. Visa o desenvolvimento do auto-conhecimento/auto-conceito/auto-estima; da comunicação interpessoal; da gestão da agenda pessoal; do trabalho em equipa; da resolução de problemas; da observação/avaliação; da planificação e da reflexão. O PPCppEi foi implementado junto de 39 estudantes do sexo feminino do curso de formação inicial em Educação de Infância do Instituto Politécnico de Leiria no ano lectivo 2004/2005. Os dados da sua avaliação revelaram que os participantes desenvolveram competências pessoais e profissionais, o que confirma a utilidade deste instrumento na promoção das competências que se propõe trabalhar(AU)
Resumo em inglês: This article aims to present the Programme towards the Promotion of personal and professional Competences in Childhood Education – PPppCCE (Dias & Pereira, 2005), and the results of its evaluation. Entering into a social-constructivist view of learning, the PPCppCCE is defined as an educational tool in the promotion of competences in higher education. It aims the development of self-knowledge/self-concept/self-esteem, interpersonal communication, management of personal agenda, team work, problem solving, observation/evaluation, planning and reflection. The PPppCCE was implemented with 39 female students from initial training course in Childhood Education of the Polytechnic Institute of Leiria in the academic year 2004/2005. Evaluation data revealed competence development and points towards the usefulness of this tool in the promotion of the competences that they work(AU)
Descritores Psi Português:JOVENS
EDUCAÇÃO
COMPETÊNCIA
Descritores Psi Inglês:YOUNG ADULTS
EDUCATION
COMPETENCE
Descritores Psi Espanhol:JOVENES
EDUCACIÓN
COMPETENCIA
Meio Eletrônico:http://pepsic.bvsalud.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1808-56872009000200003&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt


  29 / 171 INDEXPSI  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Texto completo
Id:49534
Autor:Freitas, Sabrina Bastos de; Habib, Leonardo Rosa; Sardinha, Aline; King, Anna Lucia Spear; Barbosa, George; Coutinho, Fernanda Corrêa; Martiny-Costa, Camila; Carvalho, Marcele Regine de; Palmer, Stephen; Nardi, Antonio Egidio; Dias, Gisele Pereira.
Título:Terapia cognitivo-comportamental e coaching cognitivo-comportamental: como as duas práticas se integram e se diferenciam / Cognitive-behavioural therapy and cognitive-behavioural coaching: differences and similarities between the two approaches.
Fonte:Rev. bras. ter. cogn;10(1):54-63, jun. 2014.
Resumo em português: O coaching cognitivo-comportamental (CCC) é um processo estruturado de estabelecimento e alcance de metas que se fundamenta sobre o princípio cognitivo-comportamental, que pressupõe que não são os eventos em si que deflagram respostas emocionais e comportamentais, mas a interpretação que os indivíduos apresentam sobre eles. Nesse sentido, o CCC é um processo de identificação e desbloqueio de padrões cognitivos que dificultam a realização e o alcance de objetivos vinculado a planos de ação para a mudança comportamental, tendo sido descrito como método eficaz para o alcance de resultados na vida profissional e pessoal. No entanto, a interface dessa prática com a terapia cognitivo-comportamental (TCC) tem sido pouco investigada no Brasil. Assim, este artigo tem como objetivo discutir algumas das principais semelhanças e diferenças entre essas duas práticas. Pretende-se, com essa discussão, contribuir para o fortalecimento da prática profissional fundamentada sobre a abordagem cognitivo-comportamental para além do contexto clínico no nosso país, tendo em vista que o CCC visa atuar com clientes que não preencham critérios diagnósticos para transtornos mentais ou que simplesmente almejam alcançar uma experiência de viver mais plena e dotada de significado(AU)
Resumo em inglês: Cognitive-behavioral coaching (CBC) is a structured process of goal establishment and attainment that is grounded on the cognitive-behavioral principle that emotional and behavioral responses are not triggered by events per se but by the individual's interpretation of them. In this respect, the CBC is a process of identifying and unblocking cognitive patterns that difficult goal achievement, tagged to action plans targeting behavioral change. CBC has been described as an effective method for achieving results in both professional and personal dimensions of life. However, the interface of this practice with CBT has been little investigated in Brazil. Thus, the present article aims at attempting to bridge this gap by presenting and discussing some of the main similarities and differences between these two practices. It is intended that this discussion will contribute towards the strengthening of cognitive-behavioral-grounded practices beyond the clinical context in our country, with patients who do not fulfill diagnostic criteria for mental disorders or with those who simply aim at developing a more purposeful experience of living(AU)
Descritores Psi Português:TREINAMENTO DE RELAÇÕES HUMANAS
DESENVOLVIMENTO HUMANO
TERAPIA COGNITIVA
Descritores Psi Inglês:HUMAN RELATIONS TRAINING
HUMAN DEVELOPMENT
COGNITIVE THERAPY
Descritores Psi Espanhol:GRUPOS DE ENTRENAMIENTO SENSITIVO
DESARROLLO HUMANO
TERAPIA COGNITIVA
Meio Eletrônico:http://pepsic.bvsalud.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1808-56872014000100008&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt


  30 / 171 INDEXPSI  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Texto completo
Id:49533
Autor:Santana, Suely de Melo; Silva, Neuciane Gomes da; Gonçalves, Diego Macedo; Melo, Maria Clara Miguel Descendente.
Título:Intervenções em grupo na perspectiva cognitivo-comportamental: experiências no contexto da clínica-escola / Group interventions in cognitive-behavioral perspective: experiences from the clinical school.
Fonte:Rev. bras. ter. cogn;10(1):47-53, jun. 2014.
Resumo em português: Esta breve comunicação apresenta duas intervenções cognitivo-comportamentais realizadas em clínicas-escola universitárias. A primeira experiência consistiu em uma atividade grupal psicoeducativa com estudantes universitários em Recife (PE), cujo objetivo foi promover a saúde e a integração dos alunos de psicologia dos primeiros semestres com os alunos concluintes por meio do treino de relaxamento e de discussões sobre os desafios da formação e alternativas em psicologia. As atividades foram realizadas em cinco encontros semanais de uma hora por sete facilitadores (estagiários e voluntários na clínica). Foram oferecidos três grupos em dias e horários distintos, nos quais se inscreveram 24 alunos de ambos os sexos. A estrutura da intervenção era a mesma para todos os grupos, variando apenas no conteúdo abordado no terceiro e quarto encontros em função das temáticas sugeridas pelos participantes. Os alunos e facilitadores salientaram aspectos positivos e negativos e sugestões para intervenções posteriores. O segundo relato descreve a experiência de dois grupos terapêuticos com pacientes com ansiedade social desenvolvida em Natal (RN). Como resultado, foi encontrado que, ao final do processo psicoterápico, os 58 participantes encontravam-se menos ansiosos e mais extrovertidos. Discute-se que ambas as experiências contribuíram para maior articulação e assistência aos universitários, além de contribuir para uma melhor qualificação profissional dos estudantes de psicologia(AU)
Resumo em inglês: This brief communication presents two cognitive-behavioral interventions in university clinical schools. The first experience consisted of a psychoeducational group activity with university students in Recife (PE), whose goal was to promote health and integration between psychology students from the initial semesters and the graduating students, through relaxation training and discussions on the challenges of professional formation and the alternatives in Psychology. The activities were carried out by seven facilitators (interns and volunteers at the clinic) in five weekly meetings of an hour each. Three groups of different days and times were offered, into which 24 students of both sexes enrolled. For all groups the structure of the intervention was identical, varying only in the content covered in the third and fourth meetings, depending on the theme suggested by the participants. Students and facilitators stressed positive and negative aspects, as well as suggestions for further interventions. The second report describes the experience developed in Natal (RN) of two treatment groups with social anxiety. As a result, they found that at the end of the psychotherapeutic process, the 58 participants were less anxious and more extroverted. It is discussed that both experiences contributed to greater coordination and assistance to university students, and contributed to a better professional qualification of the students of psychology(AU)
Descritores Psi Português:TERAPIA COGNITIVO-COMPORTAMENTAL
PSICOTERAPIA DE GRUPO
CLÍNICAS-ESCOLA
Descritores Psi Inglês:COGNITIVE BEHAVIORAL THERAPY
GROUP PSYCHOTHERAPY
SCHOOL-CLINICS
Descritores Psi Espanhol:TERAPIA COGNITIVA-CONDUCTISTA
PSICOTERAPIA DE GRUPO
ESCUELA CLÍNICA
Meio Eletrônico:http://pepsic.bvsalud.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1808-56872014000100007&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt


  31 / 171 INDEXPSI  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Texto completo
Id:49532
Autor:Giovelli, Grazielly Rita Marques; Calvetti, Prisla Ucker; Gauer, Gabriel José Chittó; Oliveira, Margareth da Silva.
Título:Avaliação do Programa Psicoeducativo para pessoas que vivem com HIV/AIDS / Psychological and Educational Program evaluation for people living with HIV/AIDS.
Fonte:Rev. bras. ter. cogn;10(1):38-46, jun. 2014.
Resumo em português: O objetivo geral deste estudo foi avaliar a contribuição de um Programa Psicoeducativo sob abordagem da terapia cognitivo-comportamental para a adesão ao tratamento e qualidade de vida em pessoas que convivem com HIV/AIDS. Objetivos específicos: conhecer e analisar os pensamentos, as emoções e os comportamentos em relação ao tratamento de saúde dos participantes; identificar e analisar suas fontes de suporte social; investigar os aspectos psicológicos, a adesão ao tratamento e a qualidade de vida da população em estudo; e identificar no discurso dessas pessoas as dificuldades em seguir o tratamento antirretroviral e seus sentimentos em relação à intervenção da terapia cognitivo-comportamental. Participaram 11 pessoas soropositivas para o HIV em tratamento antirretroviral, atendidas pelo serviço de saúde do Sul do Brasil. Foi um estudo de caráter qualitativo e descritivo exploratório com gravação e transcrição de oito sessões e entrevista semiestruturada para avaliação do programa. Os resultados mostraram que a terapia cognitivo-comportamental teve importante contribuição tanto para a identificação como para as mudanças dos pensamentos, sentimentos e comportamentos em relação à adesão ao tratamento, bem como para o suporte social e a qualidade de vida das pessoas atendidas(AU)
Resumo em inglês: The general objective of this study was to evaluate the contribution of a Psychological Intervention Program under the approach of Cognitive-Behavior Therapy so people living with HIV/AIDS could follow a treatment and have quality of life. Specific aims: to know and analyze the thoughts, emotions, and behavior, related to the health treatment of the participants; to identify and analyze their social support sources; to investigate the psychological aspects, treatment compliance and life quality of the population under study; to identify through what people say are their difficulties in following the antiretroviral treatment and their feelings related to the intervention of the cognitive-behavior therapy. Participated in the program 11 HIV-positives that followed antiretroviral treatment and were treated by the public health service in the Southern Region of Brazil. This is a qualitative, descriptive-exploratory study with recording and transcription of eight sessions and semistructured interview for the evaluation of the program. The results show that cognitive-behavior therapy had an important contribution to the identification as much as to the changes in thoughts, feelings, and behavior, related to the compliance to the treatment, as well as the social support and life quality of the people in the program(AU)
Descritores Psi Português:AIDS
INTERVENÇÃO PSICOLÓGICA
QUALIDADE DE VIDA
Descritores Psi Inglês:ACQUIRED IMMUNE DEFICIENCY SYNDROME
PSYCHOLOGICAL INTERVENTION
QUALITY OF LIFE
Descritores Psi Espanhol:SINDROME DE INMUNODEFICIÊNCIA ADQUIRIDA
INTERVENCIÓN PSICOLÓGICA
CALIDAD DE VIDA
Meio Eletrônico:http://pepsic.bvsalud.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1808-56872014000100006&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt


  32 / 171 INDEXPSI  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Texto completo
Id:49531
Autor:Penido, Maria Amelia; Giglio, Carla; Lessa, Larissa; Carvalho, Marcele Regine; Souza, Wanderson; Rangé, Bernard.
Título:O uso do teatro do oprimido no tratamento em grupo para transtorno de ansiedade social / Using theater of the oppressed in group treatment for social anxiety disorder.
Fonte:Rev. bras. ter. cogn;10(1):29-37, jun. 2014.
Resumo em português: O Teatro do Oprimido (TO), criado por Augusto Boal na década de 1960, é um conjunto de técnicas, exercícios e jogos teatrais que tem como objetivo principal colocar o teatro a serviço da transformação social. O transtorno de ansiedade social (TAS) é considerado um transtorno grave, de curso crônico, que pode chegar a ser incapacitante, e, atualmente, o tratamento considerado mais efetivo para esses casos é a terapia cognitivo-comportamental (TCC). Objetivou-se desenvolver um programa de tratamento psicológico estruturado para TAS, aliando a TCC em grupo às técnicas do TO, e avaliar sua eficácia em comparação a um grupo-controle em lista de espera. Foram avaliados 35 sujeitos que participaram do tratamento, e 21 em lista de espera. As avaliações ocorreram antes do início, ao final e um mês após a terapia. Foram realizadas 18 sessões, duas vezes por semana, com duração de duas horas cada. Os instrumentos utilizados foram os Inventários Beck de Depressão e Ansiedade, o Inventário de Ansiedade e Fobia Social (SPAI), a Escala de Medo da Avaliação Negativa (FNE) e a Escala de Autoestima. O grupo experimental apresentou resultados significativos em comparação ao grupo-controle em todos os instrumentos aplicados. O grupo experimental melhorou, mas o grupo-controle, não. Os resultados encontrados indicam que o modelo proposto foi uma intervenção com resultado superior à passagem do tempo(AU)
Resumo em inglês: The Theatre of the Oppressed (TO) was created by Augusto Boal in the 1960's. It is a set of techniques, theater games, and exercises, that aims to put theater at the service of social transformation. Social Anxiety Disorder (SAD) is considered to be a serious disorder, of chronic course, that can lead to incapacity. Cognitive-Behavioral Therapy (CBT) is considered to be the most effective treatment for SAD. The objective of this research was to develop a structured psychological treatment for SAD, combining group CBT with techniques of TO and having those results compared with a stand-by list control group. Thirty-five patients that participated in the treatment, and twenty-one individuals from the stand-by list, were evaluated. The evaluations occurred one month prior to the beginning of the therapy, at the end of the therapy, one month after the therapy. The protocol had eighteen sessions of two hours each. The sessions happened twice a week and the instruments used in the research were the Beck Depression Inventory, the Beck Anxiety Inventory, the Social Phobia Anxiety Inventory (SPAI), the Fear of Negative Evaluation (FNE), and Self-Esteem Scale. The results found showed a significant statistical difference between the control group and the experimental group, all instruments considered. The experimental group improved in a significant way while the control group did not. The results indicate that the proposed protocol was more effective than the passage of time(AU)
Descritores Psi Português:ANSIEDADE SOCIAL
TERAPIA COGNITIVO-COMPORTAMENTAL
PSICOTERAPIA DE GRUPO
Descritores Psi Inglês:SOCIAL ANXIETY
COGNITIVE BEHAVIORAL THERAPY
GROUP PSYCHOTHERAPY
Descritores Psi Espanhol:ANSIEDAD SOCIAL
TERAPIA COGNITIVA-CONDUCTISTA
PSICOTERAPIA DE GRUPO
Meio Eletrônico:http://pepsic.bvsalud.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1808-56872014000100005&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt


  33 / 171 INDEXPSI  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Texto completo
Id:49530
Autor:Lisboa, Carolina; Wendt, Guilherme Welter; Neufeld, Carmem Beatriz; Matos, Margarida Gaspar de .
Título:Satisfação com a vida e com a família e violência interpessoal na adolescência / Life and family satisfaction and interpersonal violence in adolescence.
Fonte:Rev. bras. ter. cogn;10(1):19-28, jun. 2014.
Resumo em português: O presente estudo analisou a violência interpessoal entre adolescentes (bullying) e sua associação com a satisfação com a vida e com a vida em família. O trabalho foi baseado na quarta série do inquérito Health Behaviour in School-aged Children, que inclui 4.954 adolescentes portugueses, sendo 47,6% rapazes, do 6º, 8º e 10º anos de escolaridade (M = 13,95 anos, DP = 1,76). Os adolescentes responderam a quatro escalas sobre satisfação com a vida, com a família, sofrer e praticar bullying. Foi realizada estatística descritiva, correlacional, comparativa e inferencial, e os resultados mostraram uma correlação significativa e positiva entre sofrer bullying e protagonizar essa agressividade, e como esses comportamentos violentos se correlacionaram negativamente com a satisfação com a vida e com a família. Equações de regressão múltipla indicaram que a satisfação com a vida e com a família pode proteger os adolescentes de se envolverem nesse tipo de violência interpessoal (bullying). Diferenças de gênero sobre os construtos estudados confirmaram estudos anteriores, e os resultados permitem reflexão acerca da dinâmica de risco e proteção que permeia as relações interpessoais dos adolescentes, assim como sua interação com as características da fase da adolescência(AU)
Resumo em inglês: This study examined interpersonal violence among adolescents (bullying) and its association with life and family life satisfaction. The work was based on the fourth series of the survey entitled 'Health Behavior in School-aged Children', which includes 4954 Portuguese adolescents, being 47.6% boys, from the 6th, 8th, and 10th grades (mean age = 13.95 years old, SD = 1.76). The adolescents answered to four scales about life satisfaction, family satisfaction, bullying as aggressors, and bullying as victims. A descriptive, correlational, comparative, and inferential statistical analysis was performed, and the results show a significant and positive correlation between being bullied and being the aggressor of bullying, as well as how these violent behaviors were negatively correlated with life and family satisfaction. Multiple regression equations indicated that satisfaction with life and with family can protect adolescents from engaging in this type of interpersonal violence. Gender differences on the studied constructs confirm previous research, and the results allow for reflection on the dynamics of risk and protection that permeates the adolescents' interpersonal relations, as well as the interaction of these aspects with the characteristics of adolescence(AU)
Descritores Psi Português:ADOLESCENTES
RELAÇÕES INTERPESSOAIS
RELAÇÕES FAMILIARES
BULLYING
SAÚDE
Descritores Psi Inglês:ADOLESCENTS
INTERPERSONAL RELATIONSHIPS
FAMILY RELATIONS
BULLYING
HEALTH
Descritores Psi Espanhol:ADOLESCENTES
RELACIONES INTERPERSONALES
RELACIONES FAMILIARES
BULLYING
SALUD
Meio Eletrônico:http://pepsic.bvsalud.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1808-56872014000100004&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt


  34 / 171 INDEXPSI  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Texto completo
Id:49529
Autor:Szupszynski, Karen Priscila Del Rio; Sartes, Laisa Marcorela Andreoli; Andretta, Ilana; Oliveira, Margareth da Silva.
Título:Processos de mudança cognitivos e comportamentais em usuários de crack em tratamento / Cognitive and behavioral change processes in crack cocaine users in treatment.
Fonte:Rev. bras. ter. cogn;10(1):11-18, jun. 2014.
Resumo em português: A compreensão da motivação e do processo de mudança entre dependentes de álcool e outras drogas tem sido foco de grande interesse nas últimas décadas. A gravidade das consequências relacionadas ao consumo de crack aumenta a preocupação com os elementos relacionados ao processo de tratamento. O objetivo deste estudo foi avaliar o construto dos Processos de Mudança (cognitivos e comportamentais) em uma amostra de 395 usuários de crack em tratamento por meio da exploração de variáveis sociodemográficas, estágio de motivação, tempo de tratamento e abstinência e de rastreio cognitivo. Os modelos obtidos pela regressão linear mostraram que variáveis como idade, estágio motivacional, tempo de abstinência e triagem cognitiva estão associados a cada etapa dos processos cognitivos e comportamentais. Semelhanças e diferenças com a literatura internacional e com o Modelo Transteórico de Mudança (MTT) são discutidos(AU)
Resumo em inglês: Comprehension of motivation and change process among alcohol and other drugs users has been the focus of great interest in recent decades. The severity consequence of crack cocaine-related use increase concerns with treatment process elements. The aim of this study was to evaluate the building blocks of change processes (cognitive and behavioral) in a sample of 395 crack cocaine users in treatment through the exploitation of socio-demographic variables, stage of motivation, duration of treatment and of withdrawal, and cognitive screening. The models obtained by linear regression showed that variables such as age, motivational stage, duration of withdrawal, and cognitive screening, are associated with each stage of cognitive and behavioral processes. Similarities and differences with the international literature and the Transtheoretical Model of Change (TTM) are taken into account(AU)
Descritores Psi Português:CRACK (DROGA)
MOTIVAÇÃO
TERAPIA COGNITIVA
Descritores Psi Inglês:CRACK (DRUG)
MOTIVATION
COGNITIVE THERAPY
Descritores Psi Espanhol:CRACK (DROGA)
MOTIVACIÓN
TERAPIA COGNITIVA
Meio Eletrônico:http://pepsic.bvsalud.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1808-56872014000100003&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt


  35 / 171 INDEXPSI  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Texto completo
Id:49528
Autor:Padovani, Ricardo da Costa; Neufeld, Carmem Beatriz; Maltoni, Juliana; Barbosa, Leopoldo Nelson Fernandes; Souza, Wanderson Fernandes de; Cavalcanti, Helton Alexsandro Firmino; Lameu, Joelma do Nascimento.
Título:Vulnerabilidade e bem-estar psicológicos do estudante universitário / Vulnerability and psychological well-being of college student.
Fonte:Rev. bras. ter. cogn;10(1):2-10, jun. 2014.
Resumo em português: O presente estudo buscou identificar indicadores de vulnerabilidade e bem-estar psicológicos em estudantes universitários. A amostra foi constituída a partir do banco de dados proveniente da avaliação de indicadores de saúde mental de estudantes universitários de cursos de graduação e de seis instituições de ensino superior (IES) distintas. Foram utilizados os instrumentos: Inventário de Sintomas de Stress para Adultos de Lipp, Maslach Burnout Inventory - Student Survey, Inventário de Ansiedade Traço-Estado, Inventário de Ansiedade de Beck, Inventário de Depressão de Beck, SelfReporting Questionnaire e General Health Questionnaire - 12 itens. Foram abordados 3.587 estudantes, de ambos os gêneros, regularmente matriculados. Em relação à sintomatologia de estresse, foram investigados 783 indivíduos, e a prevalência geral foi de 52,88%. Os sintomas ansiosos foram avaliados em 709 estudantes, e a prevalência encontrada foi de 13,54%. O sofrimento psicológico foi avaliado em 1.403 graduandos, sendo que 39,97% da amostra apresentou sofrimento psicológico significativo. O burnout, avaliado em 468 participantes do curso de medicina, foi encontrado em 5% da amostra. Os achados evidenciam a vulnerabilidade dos estudantes universitários e apontam para a necessidade de ampliar a discussão em torno da saúde mental dos universitários e de desenvolver programas de prevenção e intervenção(AU)
Resumo em inglês: The aim of the present study was to identify indicators of psychological vulnerability and well-being in university students. A sample was extracted from the database of evaluating indicators of the mental health of university students of six universities. Instruments: Lipp's Inventory of Stress Symptoms, Maslach Burnout Inventory - Student Survey, State-Trait Anxiety Inventory, Beck Anxiety Inventory, Beck Depression Inventory, Self-Reporting Questionnaire, and General Health Questionnaire, in a total of 12 items. Results: 3587 students of both genders participated in the study. Regarding the symptoms of stress, 783 individuals were investigated and the overall prevalence was of 52.88%. Anxiety symptoms were assessed in 709 students and the prevalence was of 13.54%. Psychological distress was assessed in 1403, being that 39.97% of that sample showed signs of important psychological distress. Burnout was evaluated in 468 participants of medical school, and it was found in 5% of that sample. These findings highlight the vulnerability of university students and show the necessity of increase in the discussions about the mental health of university students and the development of prevention and interventional programs(AU)
Descritores Psi Português:ESTUDANTES UNIVERSITÁRIOS
STRESS PSICOLÓGICO
SAÚDE MENTAL
Descritores Psi Inglês:COLLEGE STUDENTS
PSYCHOLOGICAL STRESS
MENTAL HEALTH
Descritores Psi Espanhol:ESTUDIANTES UNIVERSITARIOS
ESTRES PSICOLÓGICO
SALUD MENTAL
Meio Eletrônico:http://pepsic.bvsalud.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1808-56872014000100002&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt


  36 / 171 INDEXPSI  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Texto completo
Id:48878
Autor:Neufeld, Carmem Beatriz; Affonso, Gabriela.
Título:FTBC: uma jornada de 15 anos em prol das terapias cognitivas no Brasil / FBTC: a 15 year jorney in favor of cognitive therapies in Brazil.
Fonte:Rev. bras. ter. cogn;9(2):136-139, dez. 2013.
Resumo em português: O presente relato tem por objetivo apresentar de forma resumida o crescimento da Federação Brasileira de Terapias Cognitivas no ano em que esta comemora seus 15 anos de fundação. Para tanto, são apresentados alguns dados da literatura que referem o crescimento das terapias cognitivas tanto nas publicações quanto na prática clínica, bem como dados nacionais sobre o ensino das terapias cognitivas nos cursos de graduação em psicologia. Em seguida, são apresentados e discutidos os dados sobre os associados da Federação, que indicam um maior crescimento das terapias cognitivas nas regiões Sul, Sudeste e Nordeste, sendo que as regiões Norte e Centro-Oeste têm obtido modesto crescimento(AU)
Resumo em inglês: This brief report aims to present the growth of the Brazilian Federation of Cognitive Therapies in the year of its fifteenth anniversary. Some literature data refers to the increase of literature and clinical practice of cognitive therapies, as well as national data on the teaching of cognitive therapies in undergraduate courses in psychology. The data about membership growth of the Federation is presented and discussed. The data indicates further growth of cognitive therapies in the South, Southeast and Northeast. On the other hand, in the North and Midwest regions of Brazil, Cognitive Therapies have achieved modest growth(AU)
Descritores Psi Português:BRASIL
TERAPIA COGNITIVA
Descritores Psi Inglês:BRAZIL
COGNITIVE THERAPY
Descritores Psi Espanhol:BRASIL
TERAPIA COGNITIVA
Meio Eletrônico:http://pepsic.bvsalud.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1808-56872013000200009&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt


  37 / 171 INDEXPSI  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Texto completo
Id:48877
Autor:Vandenberghe, Luc; Valadão, Valquíria César.
Título:Aceitação, validação e mindfulness na psicoterapia cognitivo-comportamental contemporânea / Acceptance, validation and mindfulness in contemporary cognitive behavior therapy.
Fonte:Rev. bras. ter. cogn;9(2):126-135, dez. 2013.
Resumo em português: Este artigo traz uma reflexão sobre os termos aceitação, validação e mindfulness e sobre como seu uso na literatura da terapia cognitivo-comportamental contemporânea esclarece alguns processos importantes na terapia. Esclarecendo diferenças entre ideias estabelecidas e novas, esses termos ampliam a liberdade de escolhas terapêuticas. Colocá-los em oposição aos mais tradicionais na literatura traz um sentimento de descontinuidade na teoria cognitivo-comportamental, mas ajuda a enxergar de forma mais clara o leque de possibilidades para o desenvolvimento da teoria e da prática. Ao elaborar o significado e o uso dos novos termos, o artigo revela a tensão entre a ênfase terapêutica clássica, centrada na mudança cognitiva e comportamental, e uma visão que explora o entrelaçamento de diferentes processos subjetivos. Discute-se o que é o objeto da aceitação e como diferentes modelos terapêuticos a promovem e, depois, considera-se diversos usos e implicações da validação. Finalmente, o conceito de mindfulness é exposto, para mostrar como pode subsidiar a validação e promover a aceitação. Juntos, os três conceitos definem as características distintas de uma corrente emergente no seio das terapias cognitivo-comportamentais(AU)
Resumo em inglês: The present article reflects on how the terms acceptance, validation and mindfulness are deployed in the contemporary cognitive behavior therapy literature and how they clarify important processes in treatment. By creating an explicit rupture between established and new ideas, these concepts broaden the range of possible therapeutic choices. Contrasting these terms with the more traditional ones in the literature evokes a feeling of discontinuity in cognitive behavioral theory, but also helps unveil an emerging range of possibilities for theory and practice. By elaborating on the meaning and use of the new terminology, the article stresses the tension between the classic therapeutic emphasis on cognitive and behavioral change and a newer vision that explores the interweaving of subjective processes. The article discusses the object of acceptance and the ways in which different treatment models promote it. It considers the various usages and implications of validation. Finally, the article explains the concept of mindfulness and its contribution to validation and to the promotion of acceptance. Together, the three concepts define the distinctive features of an emerging current within the cognitive behavior therapies(AU)
Descritores Psi Português:PROCESSOS PSICOTERAPÊUTICOS
TERAPIA COGNITIVO-COMPORTAMENTAL
Descritores Psi Inglês:PSYCHOTHERAPEUTIC PROCESSES
COGNITIVE BEHAVIORAL THERAPY
Descritores Psi Espanhol:PROCESOS PSICOTERAPÉUTICOS
TERAPIA COGNITIVA-CONDUCTISTA
Meio Eletrônico:http://pepsic.bvsalud.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1808-56872013000200008&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt


  38 / 171 INDEXPSI  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Texto completo
Id:48876
Autor:Gusmão, Estefanea Élida da Silva; Moura, Hysla Magalhães de; Costa, Káren Maria Rodrigues da; Ferreira Filho, Laurentino Gonçalo; Nascimento, Bruna da Silva; Sá, Elba Celestina do Nascimento de.
Título:Contribuições da terapia cognitivo-comportamental para o tratamento da fobia social / Contributions of cognitive-behavioral therapy for the treatment of social phobia.
Fonte:Rev. bras. ter. cogn;9(2):118-125, dez. 2013.
Resumo em português: Este artigo objetivou realizar uma revisão da literatura acerca das perspectivas e intervenções da terapia cognitivo-comportamental sobre a fobia social. Inicialmente, apresenta-se uma explanação desse transtorno, para, posteriormente, apontar possíveis intervenções para essa psicopatologia. No decorrer deste estudo, pode-se verificar que essa enfermidade causa bastante comprometimento nas mais diversas esferas da vida social e pessoal, em decorrência de suas comorbidades e cronicidade, assim como, por ser debilitante, sendo um dos transtornos mais prevalentes na população em geral. Frente a isso, é de grande relevância que o diagnóstico e a intervenção sejam iniciados o mais breve possível. Destaca-se a psicoterapia e a farmacologia como as principais formas de intervenção. Igualmente, ressalta-se a psicoterapia de base cognitivo-comportamental como uma das abordagens que tem demonstrando grande eficácia no tratamento. Isso posto, serão apresentadas as técnicas de intervenção: reestruturação cognitiva, treino de relaxamento, treino de habilidades sociais, experimentos comportamentais e indicações farmacoterápicas. Por meio da revisão apresentada, conclui-se que é fundamental as pesquisas apresentarem maior quantidade de estudos empíricos que verifiquem a eficácia das diferentes perspectivas ou modelos teóricos e de técnicas de intervenção cognitivo-comportamentais(AU)
Resumo em inglês: This article aimed to perform a review of the literature on the perspectives and interventions of cognitive-behavioral therapy on social phobia. Initially, an explanation of this disorder is presented so that subsequent highlights about possible interventions for this psychopathology are pointed out. Throughout this manuscript, one can verify that this disorder causes many consequences in several spheres of the social and personal life due to its chronicity and comorbidity, as well as being debilitating, as it is one of the most prevalent disorders in the general population. As a result, it is of great relevance that the diagnosis and intervention is initiated as soon as possible. Psychotherapy and pharmacology are pointed out as the main forms of intervention. Moreover, the cognitivebehavioral psychotherapy is highlighted as one of the approaches that has been demonstrating great effectiveness in the treatment. Having said that, the following techniques of intervention are presented: cognitive restructuring, relaxation training, social skills training, and behavioral experiments, as well as pharmacotherapeutic indications. Through the presented review, it is concluded that it is crucial that researches present a greater amount of empirical studies which verify the effectiveness of different perspectives or theoretical models and cognitive-behavioral techniques for this psychopathology(AU)
Descritores Psi Português:FOBIA SOCIAL
TRATAMENTO
REVISÃO DE LITERATURA
Descritores Psi Inglês:SOCIAL PHOBIA
TREATMENT
LITERATURE REVIEW
Descritores Psi Espanhol:FOBIA SOCIAL
TERAPIA
Meio Eletrônico:http://pepsic.bvsalud.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1808-56872013000200007&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt


  39 / 171 INDEXPSI  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Texto completo
Id:48875
Autor:Rocha, Sabrina M. Oliveira da; Alliardi, Sheila; Rocha, Bruna Fernandes da; Araújo, Renata Brasil.
Título:Eventos estressores e recaídas de usuários de substâncias psicoativas: revisão sistemática / Stressors and relapse drug users: a systematic review.
Fonte:Rev. bras. ter. cogn;9(2):108-117, dez. 2013.
Resumo em português: OBJETIVO: Realizar uma revisão sistemática a respeito da associação entre eventos estressores e recaídas em usuários de substâncias psicoativas.MÉTODO: Revisão sistemática da literatura, realizada nas bases de dados eletrônicas EBSCO, ProQuest, PubMed/Medline e Web of Science. Os descritores utilizados foram: substance abuse, substance dependence, drug abuse, drug addiction, stressful events, stressful life events, stress. Como precipitador foi definido um evento estressor e, como desfecho, a recaída.RESULTADOS: O nível de estresse aumentou 1,66 o risco de recaída, e os eventos estressores agudos aumentaram quase três vezes esse risco. Os eventos estressores mais prevalentes foram dificuldades financeiras crônicas e morte de um pai ou responsável. O domínio do estresse e os maiores recursos de enfrentamento de eventos estressantes da vida resultam em habilidades de manutenção da abstinência.CONCLUSÕES: Indivíduos com histórico de eventos estressantes na infância são mais suscetíveis ao uso de substâncias psicoativas. Os eventos estressores crônicos e agudos aumentam consideravelmente o risco de recaída, sendo que os eventos agudos quase triplicaram o risco e diminuíram o tempo até a recaída, demonstrando a necessidade de intervenção terapêutica no tratamento do dependente químico que está mais vulnerável(AU)
Resumo em inglês: OBJECTIVE: A systematic review on the association between stressful events and relapse in psychoactive substance users.METHOD: A systematic literature review, based on electronic data platforms EBSCO, ProQuest, PubMed/Medline and Web of Science. The descriptor terms used were: substance abuse, substance dependence, drug abuse, drug addiction, stressful events, stressful life events, stress. The precipitate was defined as being the stressor event, and, as the outcome, the relapse.RESULTS: The level of stress increased the risk of relapse in 1,66 and acute stressful events increased almost three times the risk. The most prevalent stressors events were the death of a parent or guardian and chronic financial difficulties.CONCLUSIONS: Individuals with a history of stressful events in childhood are more susceptible to substance abuse. Chronic stressors and acute stressors increase the risk of relapse, and the acute events nearly tripled the risk and reduced the duration of abstinence. This demonstrates the need for therapeutic intervention in the treatment of the chemically dependent who is most vulnerable(AU)
Descritores Psi Português:TOXICÔMANOS
STRESS
REVISÃO DE LITERATURA
Descritores Psi Inglês:DRUG ADDICT
STRESS
LITERATURE REVIEW
Descritores Psi Espanhol:TOXICÓMANOS
ESTRÉS
Meio Eletrônico:http://pepsic.bvsalud.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1808-56872013000200006&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt


  40 / 171 INDEXPSI  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Texto completo
Id:48874
Autor:Maciel, Luisa Zamagna; Tractenberg, Saulo Gantes; Habigzang, Luisa Ferananda; Wainer, Ricardo.
Título:Esquemas iniciais desadaptativos no transtorno por uso de álcool / Early maladaptive schemas in alcohol use disorder.
Fonte:Rev. bras. ter. cogn;9(2):101-107, dez. 2013.
Resumo em português: O transtorno por uso de álcool é de difícil tratamento e, ainda que a terapia cognitivo-comportamental apresente resultados positivos em relação ao tratamento dos usuários de álcool, elevados índices de recaída ainda são encontrados entre esses indivíduos. A terapia do esquema (TE) de Young sugere uma nova abordagem de intervenção baseada na regulação emocional e no rompimento de ciclos de ativação dos esquemas iniciais desadaptativos (EIDs). Esses processos são considerados importantes para a quebra do ciclo de recaídas do paciente com transtorno por uso de álcool. O objetivo desta revisão narrativa da literatura é verificar as relações entre esquemas iniciais desadaptativos (EIDs) e transtorno por uso de álcool. Os resultados encontrados indicam divergências em relação a um perfil específico de EIDs para esses pacientes, ainda que apresentem maior pontuação nos EIDs que grupos não clínicos. O desenvolvimento de estudos voltados para a TE aplicados à dependência química é importante, visto que a TE é uma terapia potencial para o transtorno por uso de álcool(AU)
Resumo em inglês: Alcohol-Related Disorder has been considered difficult to treat since the majority of the individuals have to face several withdrawal symptoms during the detoxification process. The capacity to manage such symptoms is essential to avoid relapses and to sustain longer periods of abstinence. Although different approaches in Cognitive Behavior Therapy have been supporting the treatment of alcoholism, revealing positive outcomes, there are still challenges in this field, mainly regarding emotional regulation and craving management among alcohol users. The Schema Therapy suggests a new approach focused on emotional regulation and on early maladaptive schemas that might be involved on some dysfunctional behaviors underlying mental disorders. This narrative review aims to discuss the findings of Schema Therapy in the treatment of Alcohol-Related Disorders, extending the understanding of the relationship between early maladaptive schemas and drug-seeking behaviors. The results found revealed discrepancies in characterization of the EIDs profile of alcohol users, but in general it was found that patients with Alcohol-Related Disorders report higher scores of EIDs. The development of researches focused on the application of Schema Therapy in addictive disorders is important since some evidences have been suggesting the potential benefits of this approach in the treatment of Alcohol-Related Disorders(AU)
Descritores Psi Português:ALCOOLISMO
TERAPIA COGNITIVO-COMPORTAMENTAL
Descritores Psi Inglês:ALCOHOLISM
COGNITIVE BEHAVIORAL THERAPY
Descritores Psi Espanhol:ALCOHOLISMO
TERAPIA COGNITIVA-CONDUCTISTA
Meio Eletrônico:http://pepsic.bvsalud.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1808-56872013000200005&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt



página 1 de 5 ir para página              
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : INDEXPSI Formulário avançado   
Pesquisar por : Formulário livre   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           
Search engine: iAH v2.6.1 powered by WWWISIS
BIREME/PAHO/WHO - Latin American and Caribbean Center on Health Sciences Information