Saiba mais...                          Periódicos indexados

Base de dados : INDEXPSI
Pesquisa : JUNGUIANA (todos os anos)
Referências encontradas : 344 [refinar]
Mostrando: 1 .. 40   no formato [Detalhado]

página 1 de 9 ir para página                      

  1 / 344 INDEXPSI  
              next record last record
seleciona
para imprimir
Texto completo
Id:53894
Autor:Vargas, Nairo de Souza.
Título:Aspectos históricos da alquimia / Historic aspects of alchemy / Aspectos históricos de la alquimia.
Fonte:Junguiana;35(2)dez. 2017.
Resumo em português: O autor realiza um passeio pelas origens da alquimia e por sua existência em diferentes culturas e em diferentes épocas. Reconhece a alquimia como originando-se de técnicas mágico-míticas, que surgiram com o despertar da consciência. As diferentes alquimias incorporam diferentes sabedorias, que buscam compreender as relações cósmicas do homem com a matéria. A alquimia precedeu no nível objetivo a química e no subjetivo a psicologia. Toda matéria tem sua alma, que é perene. Os corpos, porém, são formas transmutáveis. Acentua que a física moderna, também como a alquimia, admite a transmutação da matéria. A leitura que Jung fez da simbólica alquímica, como projeção de vivências inconscientes pessoais e arquetípicas, trouxe uma compreensão psicológica para o complexo simbolismo alquímico. O autor acentua que o psicólogo moderno deve saber que, em termos científicos, só pode descrever o processo psicológico, uma vez que a natureza real da psique transcende a consciência como um mistério da vida ou da própria matéria (AU)
Resumo em inglês: The author describes the origins of alchemy and shows that it was present in several cultures and in different times in history. It is acknowledged that alchemy originated from magical-mythical techniques, which arose from the emerging consciousness. Alchemy seeks to understand various aspects of the cosmic relationship of man to matter, and each different school of alchemical thought has its own wisdom and brings light to valuable elements of this relationship. Objectively, alchemy preceded chemistry, and subjectively, it preceded psychology. Matter also has a soul, which is perennial. But, in its physical aspect, matter is transmutable. In this paper, it is emphasized that modern physics, like alchemy, admits the transmutation of matter. Jung's comprehension of the symbology of alchemy, as a projection of personal and archetypal unconscious experiences, brought a psychological understanding to the complex alchemical symbolism. The author emphasizes that, in the field of science, the modern psychologist can only describe the psychological process, since the real nature of the psyche transcends consciousness because it is one of life's mysteries as well as one of the mysteries of matter itself (AU)
Resumo em espanhol: El autor realiza un paseo por los orígines de la alquimia y su existencia, en diferentes culturas y en diferentes épocas. Reconoce la alquimia como originaria de técnicas mágico-míticas que surgieron con el despertar de la conciencia. Las diferentes alquimias incorporan diferentes sabidurías que buscan comprender las relaciones cósmicas del hombre con la materia. Respecto a lo objetivo, la alquimia precedió a la química, y a lo subjetivo, a la psicología. Toda materia tiene un alma que es perenne. Los cuerpos, sin embargo, son formas transmutables. La física moderna, tal como la alquimia, admite la transmutación de la materia. La lectura que Jung hizo de la simbólica alquímica, como proyección de vivencias inconscientes personales y arquetípicas, posibilitó una comprensión psicológica del complejo simbolismo alquímico. El autor señala que una vez que la naturaleza real de la psique trasciende la conciencia, el psicólogo moderno debe saber que solo se puede describir el proceso psicológico como un misterio de la vida o de la propia materia (AU)
Descritores DECS:Alquimia
Conscientização
Magia
Simbolismo
Vida
Humanos
Descritores Psi Português:ALMA
MATERIALISMO
INTERNALIZAÇÃO
CONSCIÊNCIA
MISTICISMO
Descritores Psi Inglês:SOUL
MATERIALISM
INTERNALIZATION
CONSCIENCE
MYSTICISM
Descritores Psi Espanhol:ALMA
MATERIALISMO
INTROJECCIÓN
CONCIENCIA
MISTICISMO
Responsável:BR902.1 - Soc. Brasileira de Psicologia Analítica - SBPA/BT.
Meio Eletrônico:http://pepsic.bvsalud.org/scielo.php?script=sci_serial&lng=pt&pid=0103-0825


  2 / 344 INDEXPSI  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Texto completo
Id:53893
Autor:Gorresio, Zilda.
Título:Da natureza e do inconsciente coletivo / Of nature and the collective unconscious / De la naturaleza y del inconsciente colectivo.
Fonte:Junguiana;35(2)dez. 2017.
Resumo em português: Este artigo tem como objetivo traçar um paralelo entre o conceito de inconsciente coletivo da psicologia analítica e a concepção de natureza dentro da tradição filosófica. Tenta demonstrar a proximidade do pensamento analítico, no que se refere à concepção de natureza e inconsciente, com a concepção de natureza no Romantismo alemão e na filosofia grega (AU)
Resumo em inglês: This article aims to draw a parallel between the concept of the collective unconscious of analytical psychology and the conception of nature within the philosophical tradition. It tries to demonstrate the proximity of analytical thinking, regarding the conception of nature and unconscious, with the conception of nature in german Romanticism and greek philosophy (AU)
Resumo em espanhol: Este artículo tiene como objetivo trazar un paralelo entre el concepto de inconsciente colectivo de la psicología analítica y la concepción de la anturaleza dentro de la tradición filosófica. Intenta demonstrar la proximidad del pensamiento analítico, en lo que se refiere a la concepción de naturaleza e inconsciente, con la concepción de naturaleza en el Romanticismo alemán y en la filosofia griega (AU)
Descritores DECS:Natureza
Inconsciente (Psicologia)
Filosofia
Características Humanas
Descritores Psi Português:PSICOLOGIA JUNGUIANA
INCONSCIENTE COLETIVO
HISTÓRIA
PENSAMENTO
CONCEITOS
Descritores Psi Inglês:JUNGUIAN PSYCHOLOGY
COLLECTIVE UNCONSCIOUS
HISTORY
THINKING
CONCEPTS
Descritores Psi Espanhol:PSICOLOGÍA JUNGUIANA
INCONSCIENTE COLECTIVO
HISTORIA
PENSAMIENTO
CONCEPTOS
Responsável:BR902.1 - Soc. Brasileira de Psicologia Analítica - SBPA/BT.
Meio Eletrônico:http://pepsic.bvsalud.org/scielo.php?script=sci_serial&lng=pt&pid=0103-0825


  3 / 344 INDEXPSI  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Texto completo
Id:53892
Autor:Gadotti, Claudia Morelli; Borges, Maria Beatriz Ferrari; Sampaio, Sonia Maria Duarte.
Título:Processar, elaborar, digerir: transtorno alimentar na contemporaneidade, leitura arquetípica / Process, elaborate, digest: eating disorder in the contemporary world, archetypal view / Procesar, elaborar, digerir: trastorno alimentario en la conteporaneidad, leitura arquetípica.
Fonte:Junguiana;35(2)dez. 2017.
Resumo em português: O presente artigo propõe uma reflexão sobre a questão do feminino nos transtornos alimentares, correlacionando-os com a problemática da contemporaneidade. Inicialmente buscamos delimitar as características deste momento para depois ampliar nossa compreensão sobre como este contexto dialoga com a sintomatologia alimentar e o feminino arquetípico (AU)
Resumo em inglês: This article proposes a reflection on the question of the feminine in eating disorders, correlating with the complexity of contemporaneity. The authors initially set out the characteristics of this moment and then they expand the understanding of how this social context dialogues with eating symptomatology and with the feminine archetype (AU)
Resumo em espanhol: El presente artículo propone una reflexión sobre la cuestión del femenino en los trastornos alimentarios, correlacionando con la problemática de la contemporaneidad. Inicialmente buscamos delimitar las características de este momento para luego ampliar nuestra comprensión sobre cómo este contexto dialoga con la sintomatología alimentaria y el femenino arquetípico (AU)
Descritores DECS:Saúde da Mulher
Transtornos da Alimentação
Pós-Modernismo
Simbolismo
Descritores Psi Português:MULHERES
GÊNERO
MODERNIDADE
ARQUÉTIPOS
ANOREXIA NERVOSA
BULIMIA
Descritores Psi Inglês:WOMEN
GENDER
MODERNITY
ARCHETYPES
ANOREXIA NERVOSA
BULIMIA
Descritores Psi Espanhol:MUJERES
GÉNERO
MODERNIDAD
ARQUÉTIPOS
ANOREXIA NERVIOSA
BULIMIA
Responsável:BR902.1 - Soc. Brasileira de Psicologia Analítica - SBPA/BT.
Meio Eletrônico:http://pepsic.bvsalud.org/scielo.php?script=sci_serial&lng=pt&pid=0103-0825


  4 / 344 INDEXPSI  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Texto completo
Id:53891
Autor:Lima, Paulo Henrique Nogueira; Rades, Thais Cristina.
Título:O quarto de Jack: tecendo símbolos da relação primal à luz da teoria de Erich Neumann / 'Room': forging symbols from the primal relationship according to the Erich Neumann's theory / 'La Habitación': tejiendo símbolos de la relación primal a la luz de la teoría de Erich Neumann.
Fonte:Junguiana;35(2)dez. 2017.
Resumo em português: Este ensaio propõe a análise simbólica da obra cinematográfica 'O quarto de Jack', entendendo-a como uma alegoria para explicitar a relação primal entre mãe e bebê, descrita por Neumann. Elementos dessa história, tais como a inconsciência do mundo externo pela criança e o período de isolamento em que se mantém circunscrito a seu mundo privado, semelhante a um útero psíquico, característico desta fase, levaram-nos a concluir que ela pode ser considerada um excelente representante simbólico desta teoria, tanto pelos aspectos visuais e linguísticos quanto pelo desenvolvimento cronológico (AU)
Resumo em inglês: This essay suggests the symbolic analysis of the cinematographic work 'Room', as an allegory to explain the primal relationship between mother and baby, described by Neumann. Features to this novel - as the child's unconsciousness of the external world and the confinement in which his world is circumscribed, similar to a psychic uterus of this phase - led us to the conclusion that 'Room' can be considered an excelent symbolic nominee of this theory, as much by its visual and linguistic aspects as by the chronological development (AU)
Resumo em espanhol: Este ensayo propone un análisis simbólico de la obra cinematográfica 'La habitación', entendiéndola como una alegoría para explicitar la relación primal entre madre y bebé, descrita por Neumann. Características - tales como la inconsciencia del niño en relación al mundo externo y el período de aislamiento en que se mantiene circunscrito en su mundo privado, semejante al útero psíquico característico de esa fase - , nos han llevado a concluir que esta obra puede ser considerada una excelente representante simbólica de esa importante teoría, tanto por los aspectos visuales y lingüísticos, como por el desarrollo cronológico (AU)
Descritores DECS:Relações Mãe-Filho
Desenvolvimento Infantil
Simbolismo
Teoria Junguiana
Descritores Psi Português:CINEMA
COMUNICAÇÃO MÃE-CRIANÇA
SÍMBOLOS
SEPARAÇÃO-INDIVIDUAÇÃO
PSICOLOGIA JUNGUIANA
Descritores Psi Inglês:MOTION PICTURES (ENTERTAINMENT)
MOTHER CHILD COMMUNICATION
SYMBOL
SEPARATION INDIVIDUATION
JUNGUIAN PSYCHOLOGY
Descritores Psi Espanhol:CINEMA
COMUNICACIÓN MADRE-NIÑO
SÍMBOLO
SEPARACIÓN-INDIVIDUALIZACIÓN
PSICOLOGÍA JUNGUIANA
Responsável:BR902.1 - Soc. Brasileira de Psicologia Analítica - SBPA/BT.
Meio Eletrônico:http://pepsic.bvsalud.org/scielo.php?script=sci_serial&lng=pt&pid=0103-0825


  5 / 344 INDEXPSI  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Texto completo
Id:53890
Autor:Silva, Maria Aparecida Lopes Amorim; Neves, Simone Rodrigues.
Título:Escolha profissional na meia-idade: psicologia e individuação / Professional choice at middle-age: psychology and individuation / Elección en la mediana edad: psicología e individuación.
Fonte:Junguiana;35(2)dez. 2017.
Resumo em português: Esta pesquisa propõe-se a investigar o sentido da escolha pelo curso de Psicologia em alunos na segunda metade da vida, tendo como referencial teórico a psicologia analítica, proposta por Carl G. Jung. Observando o número significativo de alunos universitários no curso de Psicologia entre 40 e 55 anos e compreendendo que nesta etapa do desenvolvimento humano ocorrem transformações e questionamentos existenciais profundos, buscamos entender a vivência desses estudantes, os determinantes da escolha, as expectativas e o projeto de vida. Assim, nos apoiamos numa pesquisa qualitativa fenomenológica realizada com seis alunos de Psicologia matriculados em uma instituição particular na cidade de Uberlândia. Optamos pela entrevista aberta e, posteriormente, procuramos identificar as unidades de significado apresentadas. Verificamos que os fatores que influenciaram a escolha pelo curso de Psicologia correlacionam-se com o processo de individuação (AU)
Resumo em inglês: This research seeks is to investigate the meaning of the election of the Psychology graduation course by middle-aged students, having Carl G. Jung's analytical psychology as theoretical frame of reference. Having observed the significant number of undergraduate Psychology students aged 40 to 50, and understanding that this stage of human development is marked by transformations and deep existential questions, we sought to understand these student's experience, the determining choice factors, their expectations and life projects. We supported our analysis on a phenomenological qualitative research conducted with six Psychology students enrolled in a private university in Uberlândia. We used an open interview and, later, identified the meaning units presented. We verified that the influential choice factors for the course were related to the individuation process (AU)
Resumo em espanhol: Esta investigación propone buscar el sentido de la elección del curso de Psicología por parte de alumnos en la mediana edad, teniendo como referencial teórico la psicología analítica de Carl G. Jung. Observado el significativo número de alumnos universitarios cursando Psicología entre los 40 y 55 años, y comprendiendo que en esta etapa del desarrollo humano ocurren transformaciones y cuestionamientos existenciales profundos, se ha buscado comprender la vivencia de estos estudiantes, los determinantes de la elección, expectativas y proyectos de vida. Nos apoyamos en una investigación cualitativa fenomenológica realizada con seis alumnos de Psicología matriculados en una institución privada en Uberlândia. Optamos por la entrevista abierta. Luego, buscamos identificar unidades de significado presentadas. Se verificó que los factores que influenciaron la elección del curso de Psicología se relacionan con el proceso de individuación (AU)
Descritores DECS:Pesquisa Qualitativa
Universidades
Educação
Meia-Idade
Individuação
Descritores Psi Português:ESTUDANTES UNIVERSITÁRIOS - PSICOLOGIA
EDUCAÇÃO PERMANENTE
DESENVOLVIMENTO DO ADULTO
ASPIRAÇÕES PROFISSIONAIS
ENVELHECIMENTO
Descritores Psi Inglês:COLLEGE STUDENTS - PSYCHOLOGY
CONTINUING EDUCATION
ADULT DEVELOPMENT
OCCUPATIONAL ASPIRATIONS
AGING
Descritores Psi Espanhol:ESTUDIANTES UNIVERSITARIOS (PSICOLOGIA)
EDUCACIÓN CONTINUA
DESARROLLO DEL ADULTO
ASPIRACIONES PROFESIONALES
ENVEJECIMIENTO
Responsável:BR902.1 - Soc. Brasileira de Psicologia Analítica - SBPA/BT.
Meio Eletrônico:http://pepsic.bvsalud.org/scielo.php?script=sci_serial&lng=pt&pid=0103-0825


  6 / 344 INDEXPSI  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Texto completo
Id:53889
Autor:Gadotti, Claudia Morelli.
Título:Inclusão e diversidade na imagem feminina de Sofia / Inclusion and diversity in the feminine image of Sophia / Inclusión y diversidad en la imagen femenina de Sofia.
Fonte:Junguiana;35(2)dez. 2017.
Resumo em português: O presente artigo faz uma interpretação da imagem arquetípica de Sofia como um símbolo de inclusão e tolerância. Para o desenvolvimento dessa ideia, baseia-se na reflexão de C. G. Jung em relação ao escrito bíblico Livro de Jó. Sofia é apresentada como uma força arquetípica que se contrapõe à dinâmica de Narciso, tão presente nos dias atuais. O autor reflete sobre as definições do bem e do mal, ideias que inevitavelmente emergem quando o tema é inclusão (AU)
Resumo em inglês: This paper proposes an interpretation of the archetypal image of Sophia as a symbol of inclusion and tolerance. It is based on the understanding of C. G. Jung regarding the Book of Job. Sophia is developed as an archetypal power that is just the opposite of the Narcissus dynamic, so usual in our present days. The author reflects about the definition of good and evil, ideas that inevitably emerge when the topic is related to the inclusion (AU)
Resumo em espanhol: El presente artículo interpreta la imagen arquetípica de Sofia como un símbolo de inclusión y tolerancia. El desarrollo de la idea se basa en la reflexión de C. G. Jung en relación al escrito bíblico El libro de Job. Sofia es presentada como una fuerza arquetípica que se contrapone a la dinámica de Narciso, tan presente en los días actuales. El autor reflexiona sobre las definiciones del bien y del mal, ideas que inevitablemente emergen cuando el tema es la inclusión (AU)
Descritores DECS:Imaginação
Simbolismo
Narcisismo
Mulheres
Homens
Empatia
Descritores Psi Português:IMAGEM
ARQUÉTIPOS
DUALISMO
MITOLOGIA
TOLERÂNCIA
Descritores Psi Inglês:IMAGERY
ARCHETYPES
DUALISM
MYTHOLOGY
TOLERANCE
Descritores Psi Espanhol:IMAGENES
ARQUÉTIPOS
DUALISMO
MITOLOGÍA
TOLERANCIA
Responsável:BR902.1 - Soc. Brasileira de Psicologia Analítica - SBPA/BT.
Meio Eletrônico:http://pepsic.bvsalud.org/scielo.php?script=sci_serial&lng=pt&pid=0103-0825


  7 / 344 INDEXPSI  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Texto completo
Id:53888
Autor:Wahba, Liliana Liviano.
Título:A estranheza do outro e os limites da tolerância / The strange other and the limits of tolerance / La estrañeza del outro y los limites de la tolerancia.
Fonte:Junguiana;35(2)dez. 2017.
Resumo em português: A noção de alteridade possui uma fundamentação arquetípica/ontológica e, no entanto, é difícilmente alcançada no convívio social. A reflexão proposta aborda o tema dos limites da tolerância e da proliferação de intolerância e radicalismo perpassadas pelo fanatismo e suas disrupções sombrias imbricadas pela crueldade. Propõe-se que a vinculação entre alteridade, tolerância e aceitação do outro implica na aceitação da ansiedade existencial e no enfrentamento da incerteza (AU)
Resumo em inglês: The notion of otherness has an archetypal/ontological foundation, yet it is hardly achieved in social life. The reflection proposed here addresses the limits of tolerance, as well as the proliferation of intolerance and radicalism, permeated by a fanaticism whose dark disruptions are intertwined with cruelty. This work suggests that the link between otherness, tolerance and acceptance of the other implies accepting existential anxiety and coping with uncertainty (AU)
Resumo em espanhol: La noción de alteridad tiene una fundamentación arquetípica/ontológica y entretanto es difícilmente lograda en el convivio social. La reflexión propuesta aborda el tema de los límites de la tolerancia y la proliferación de la intolerancia y del radicalismo que acompañan el fanatismo y sus disrupciones sombrías junto a la crueldad. Se propone que la vinculación entre alteridad, tolerancia y aceptación del otro envuelven la aceptación de la ansiedad existencial y del enfrentamiento de la incertidumbre (AU)
Descritores DECS:Relações Interpessoais
Preconceito
Diversidade Cultural
Incerteza
Descritores Psi Português:TOLERÂNCIA
ALTERIDADE
ACEITAÇÃO SOCIAL
ESTADOS EMOCIONAIS
Descritores Psi Inglês:TOLERANCE
ALTERITY
SOCIAL ACCEPTANCE
EMOTIONAL STATES
Descritores Psi Espanhol:TOLERANCIA
ALTERIDAD
ACEPTACIÓN SOCIAL
ESTADOS EMOCIONALES
Responsável:BR902.1 - Soc. Brasileira de Psicologia Analítica - SBPA/BT.
Meio Eletrônico:http://pepsic.bvsalud.org/scielo.php?script=sci_issues&pid=0103-0825&lng=pt&nrm=iso


  8 / 344 INDEXPSI  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Texto completo
Id:53419
Autor:Victor Palomo.
Título:"Casa tomada": leitura de um conto de Julio Cortázar / "Casa tomada": a short story by Julio Cortázar / "Casa tomada": una lectura del cuento de Julio Cortázar.
Fonte:Junguiana;35(1)jun. 2017.
Resumo em português: A partir do conto "Casa tomada", de Julio Cortázar, o presente artigo faz amplificações e correlações com os conceitos de anima e inconsciente coletivo, além de sugerir pontes para a interlocução entre psicologia analítica e literatura (AU)
Resumo em inglês: This article amplifies the short story "Casa tomada", written by Julio Cortázar, correlates it with the concepts of anima and collective unconscious and suggests bridges between the fields of analytical psychology and literature (AU)
Resumo em espanhol: A partir del cuento "Casa tomada", de Julio Cortázar, el presente artículo hace amplificaciones y correlaciones con los conceptos de ánima e inconsciente colectivo, además de sugerir puentes para una interlocución entre psicología analítica y literatura (AU)
Descritores DECS:Literatura Moderna
Semântica
Linguagem
Habitação
Imaginação
Inconsciente (Psicologia)
Descritores Psi Português:ESCRITORES
CONTO
PSICOLOGIA JUNGUIANA
ALMA
INCONSCIENTE COLETIVO
Descritores Psi Inglês:WRITERS
TALE
JUNGUIAN PSYCHOLOGY
SOUL
COLLECTIVE UNCONSCIOUS
Descritores Psi Espanhol:ESCRITORES
CUENTO
PSICOLOGÍA JUNGUIANA
ALMA
INCONSCIENTE COLECTIVO
Responsável:BR902.1 - Soc. Brasileira de Psicologia Analítica - SBPA/BT.
Meio Eletrônico:http://pepsic.bvsalud.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-08252017000100008&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt


  9 / 344 INDEXPSI  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Texto completo
Id:53418
Autor:Rodrigues, Isabela Paixão; Moreira, Fernanda Gonçalves.
Título:Elaboração das vivências psíquicas: o papel da literatura / Psychic experiences' elaboration: the role of literature / Elaboración de experiencias psíquicas: el papel de la literatura.
Fonte:Junguiana;35(1)jun. 2017.
Resumo em português: Este artigo tem como objetivo explorar como a literatura pode auxiliar na elaboração de vivências psíquicas, não apenas para quem escreve como também para quem lê. Com base nos textos de C. G. Jung sobre psicologia analítica e literatura, e mantendo o enfoque principal no processo criativo e não na interpretação da obra, o presente artigo avalia como diferentes tipos de textos (poemas, letras de músicas e livros) de épocas distintas podem representar conflitos surgidos do inconsciente do autor ou atuar na individuação do leitor (AU)
Resumo em inglês: This article aims to explore how literature can help to elaborate psychic experiences, not only for the one who writes it but also for the one who reads it. Based on jungian texts on analytical psychology and literature and focusing the creative process not the interpretation of the work, the present article evaluates how different types of texts (poetry, lyrics and books) from different periods can represent a conflict brought from the author's unconscious or act on the reader's individuation (AU)
Resumo em espanhol: Este artículo pretende explorar cómo la literatura puede ayudar a elaborar experiencias psíquicas, no sólo a quien la escribe sino también a quien la lee. En base a los textos junguianos sobre psicología analítica y literatura y con el enfoque principal en el proceso creativo en lugar de en la interpretación de la obra, se evalúa cómo diferentes tipos de textos (poesía, letras de canciones y libros) de distintos periodos pueden representar un conflicto surgido del inconsciente del autor o actuar sobre la individuación del lector (AU)
Descritores DECS:Literatura Moderna
Criatividade
Arte
Inconsciente (Psicologia)
Saúde Mental
Descritores Psi Português:PSICOLOGIA E LITERATURA
PSICOLOGIA JUNGUIANA
ARTES
POETAS
ARTISTAS
INDIVIDUAÇÃO (PSICOLOGIA)
Descritores Psi Inglês:PSYCHOLOGY AND LITERATURE
JUNGUIAN PSYCHOLOGY
ARTS
ARTISTS
INDIVIDUATION (PSYCHOLOGY)
Descritores Psi Espanhol:PSICOLOGÍA Y LITERATURA
PSICOLOGÍA JUNGUIANA
ARTES
ARTISTAS
INDIVIDUACIÓN (PSICOLOGÍA)
Responsável:BR902.1 - Soc. Brasileira de Psicologia Analítica - SBPA/BT.
Meio Eletrônico:http://pepsic.bvsalud.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-08252017000100007&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt


  10 / 344 INDEXPSI  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Texto completo
Id:53417
Autor:Barreto, Marco Heleno.
Título:Vilão ou herói? Uma meditação sobre a representação do negro em dois contos folclóricos brasileiros / Villain or hero? A meditation of the representation of the negro in two brazilian folk tales / Villano o héroe? Una meditación sobre la representación del negro en dos cuentos populares brasileños.
Fonte:Junguiana;35(1)jun. 2017.
Resumo em português: O autor examina dois contos folclóricos brasileiros do século XIX e mostra como a representação do negro em cada um deles aponta para duas possibilidades distintas no que diz respeito à configuração psicológica brasileira, em sua relação com a verdade profunda de nossa constituição psicocultural histórica (AU)
Resumo em inglês: The author examines two brazilian folk tales from the nineteenth century and shows how the representation of the negro in each of them points to two distinct possibilities with regards to the brazilian psychological configuration, in its relation to the deep truth of our historical psychocultural formation (AU)
Resumo em espanhol: El autor examina dos cuentos populares brasileños del siglo XIX y muestra cómo la representación del negro en cada uno de ellos apunta a dos possibilidades distintas con respecto a la configuración psicológica brasileña, en su relación con la verdad profunda de nuestra constitución psicocultural histórica (AU)
Descritores DECS:Literatura Moderna
Folclore
Características Culturais
Grupo com Ancestrais do Continente Africano
Descritores Psi Português:CONTO
NEGROS (BRASIL)
PSICOLOGIA INTERCULTURAL
DIVERSIDADE CULTURAL
Descritores Psi Inglês:TALE
CROSS CULTURAL PSYCHOLOGY
CULTURAL DIVERSITY
Descritores Psi Espanhol:CUENTO
NEGROS (BRASIL)
PSICOLOGÍA INTERCULTURAL
DIVERSIDAD CULTURAL
Responsável:BR902.1 - Soc. Brasileira de Psicologia Analítica - SBPA/BT.
Meio Eletrônico:http://pepsic.bvsalud.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-08252017000100006&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt


  11 / 344 INDEXPSI  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Texto completo
Id:53416
Autor:Barrieu, Maria Carolina; Parisi, Silvana.
Título:O fim da análise / The end of the analysis / El fin del análisis.
Fonte:Junguiana;35(1)jun. 2017.
Resumo em português: O artigo trata do fim da análise, o que não implica cura, alta ou individuação, pois esta última pode ter continuidade mesmo após o encerramento das sessões. São discutidos os términos abruptos e que podem mobilizar sentimentos de impotência, fracasso e aspectos da sombra do terapeuta - algumas situações são ilustradas com casos clínicos. O arquétipo da criança e as análises intermináveis também são abordadas, assim como a operação alquímica separatio em relação ao fim da análise. As imagens do médico e do enfermeiro são utilizadas como analogia para o papel do terapeuta: além de curador, cuidador. Por fim, são apresentadas reflexões sobre o mistério que envolve os processos de vida e morte, e dor e sofrimento que afetam os analistas e constituem desafios em seu processo de individuação, na aprendizagem da humildade de conviver com o não saber (AU)
Resumo em inglês: This article analyses the end of the analytical process, which does not mean healing neither release nor individuation. The latter may go on even after sessions stop. Sudden analytical process endings which may result in a sense of helplessness and failure are also examined here, as well as the interference of the therapist's shadow components. Some clinical cases illustrate such situations. The child archetype and the endless analysis are also dealt with in this article as well as the alchemical separatio operation. The images of the doctor and of the nurse are used as an analogy of the role of the therapist, both as a healer and as a caretaker. Last, the article considers the mystery that involves the process of life and death and pain and sorrow that affects analysts - whose own the individuation process is challenged and who needs to learn about humbleness in order to cope with the unknown (AU)
Resumo em espanhol: El artículo trata del final del analísis, lo que no implica la cura, el alta o la individuación, porque ésta última puede continuar incluso después del cierre de las sesiones. Se discuten los finales repentinos que pueden movilizar sentimientos de impotencia, fracaso y aspectos de la sombra del terapeuta y se ilustran algunas situaciones en casos clínicos. Se abordan también el arquetipo del niño, los análisis interminables y la operación alquimica separatio relacionada con el fin del análisis. Además, se utilizan imagenes del médico y de la enfermera como analogías del papel del terapeuta: además de curador, cuidador. Finalmente, se presentan reflexiones acerca del misterio que comprende los procesos de vida y muerte, dolor y sufrimiento que afectan a los analistas y constituyen desafios en su proceso de individuación, en el aprendizaje de la humildad de convivir con el no saber (AU)
Descritores DECS:Psicanálise
Esgotamento Profissional
Individuação
Descritores Psi Português:PSICOTERAPIA
TERAPEUTAS
TÉRMINO DA ANÁLISE
PROCESSOS TERAPÊUTICOS
Descritores Psi Inglês:PSYCHOTHERAPY
THERAPISTS
TERMINATION ANALYSIS
THERAPEUTIC PROCESSES
Descritores Psi Espanhol:PSICOTERAPIA
TERAPÉUTAS
TERMINO DE ANÁLISIS
PROCESOS TERAPÉUTICOS
Responsável:BR902.1 - Soc. Brasileira de Psicologia Analítica - SBPA/BT.
Meio Eletrônico:http://pepsic.bvsalud.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-08252017000100005&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt


  12 / 344 INDEXPSI  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Texto completo
Id:53415
Autor:Petribú, Bárbara Gabriel Capecce; Mateos, Martin Antonio Borges Alvarez.
Título:Imagem corporal e gravidez / Body image and pregnancy / Imagen corporal y embarazo.
Fonte:Junguiana;35(1)jun. 2017.
Resumo em português: Este artigo visa refletir sobre as mudanças da imagem corporal na mulher durante a gravidez, colocando em foco alguns dos paradoxos desse aspecto da gestação. A gravidez é um dos grandes momentos de transformação na vida de uma mulher. Essa realidade profundamente mobilizadora traz em si uma contradição tamanha: o corpo da gestante, ao passo que se torna o receptáculo de uma nova vida, sofre transformações marcantes. As mudanças na imagem corporal envolvidas nesse processo são intensas para qualquer mulher, mas podem ser extremamente perturbadoras para aquelas que possuem feridas narcísicas refletidas na formação de sua imagem corporal; principalmente pelo papel que o corpo ocupa na atualidade. Com isso, a gestação deixa de se sustentar como um processo integrativo e se torna um campo de oposições simbólicas de natureza conflituosa (AU)
Resumo em inglês: This article reflects on the body image changes of women during pregnancy focusing on some paradoxes of this aspect of gestation. Pregnancy is one of the most important transformational moments in a woman's life. This profoundly mobilizing period brings in itself the contradiction of turning the body into a vessel for a new life and lead it to experience astonishing transformations. Changes in the body image associated to pregnancy are intense for all women, but they can be extremely disturbing for those who have narcissistic wounds reflected in the formation of their body image, mainly by the role of the body in the present society. In these cases, gestation ceases to be an integrative process and becomes a field of symbolic oppositions of a conflicting nature (AU)
Resumo em espanhol: Este artículo tiene como objetivo reflexionar sobre los cambios en la imagen corporal en las mujeres durante el embarazo, y poner de relieve algunas de las paradojas de este aspecto de la gestación. El embarazo es uno de los grandes puntos de transformación en la vida de una mujer. Esta realidad profundamente movilizadora trae consigo una contradicción: el cuerpo de la madre, mientras se convierte en el receptáculo de una nueva vida, sufre una transformación notable. Los cambios en la imagen corporal involucrados en este proceso son intensos para cualquier mujer, pero puede ser muy perturbador para aquellas con heridas narcisistas reflejadas en la formación de su imagen corporal; especialmente por el papel que el cuerpo ocupa en la actualidad. Con ello, el embarazo deja de sostenerse a sí mismo como un proceso integrador y se convierte en un carácter simbólico, campo de la oposición de confrontación (AU)
Descritores DECS:Complicações na Gravidez
Imagem Corporal
Mulheres
Descritores Psi Português:GRAVIDEZ
CONSCIÊNCIA CORPORAL
RELAÇÕES MENTE-CORPO
RELAÇÕES MÃE-CRIANÇA
Descritores Psi Inglês:PREGNANCY
BODY AWARENESS
MIND BODY RELATIONS
MOTHER CHILD RELATIONS
Descritores Psi Espanhol:EMBARAZO
CONCIENCIA CORPORAL
RELACIONES MENTE CUERPO
RELACIONES MADRE-NIÑO
Responsável:BR902.1 - Soc. Brasileira de Psicologia Analítica - SBPA/BT.
Meio Eletrônico:http://pepsic.bvsalud.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-08252017000100004&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt


  13 / 344 INDEXPSI  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Texto completo
Id:53414
Autor:Oliveira, Maria Paula Tavares de Magalhães.
Título:Prevenção começa em casa: contribuições da neurociência / Preventions starts at home: contributions from neuroscience / La prevención comienza en casa: aportaciones de la neurociencia.
Fonte:Junguiana;35(1)jun. 2017.
Resumo em português: O aumento do uso de drogas e de outros comportamentos que também provocam dependência é evidente no mundo contemporâneo, assim como a dificuldade no tratamento das dependências. Os achados da neurociência podem contribuir, dando subsídios para a prevenção dessa patologia. O presente trabalho aborda a importância do processo de tomada de decisão nas dependências, enfocando o cérebro do adolescente, e enfatiza o papel da intersubjetividade no desenvolvimento. Estudos recentes que descrevem alterações epigenéticas relacionadas a adversidades sofridas na vida precoce são apresentados, assim como dados que mostram que algumas alterações podem ser revertidas por meio da qualidade do vínculo com o cuidador. A prevenção é discutida como ação que começa com a humanização dos arquétipos da grande mãe e do pai, e continua vida afora, uma vez que as adversidades podem contribuir para gerar sintomas ou resiliência, dependendo da intensidade do agente estressor, da maturidade do sistema nervoso e da relação entre criança e cuidador, quer sejam eles pais, parentes, professores, amigos, analistas, enfim, pessoas com as quais seja possível estabelecer uma relação significativa (AU)
Resumo em inglês: The increase of drug abuse and of other behaviors that can lead to addiction are evident in contemporary world, as well as the difficulties related to addiction treatment. Neuroscience data can contribute to the prevention of this pathology. The present paper shows the importance of the decision-making process in addiction, focusing in the adolescent brain and emphasizing the role of intersubjectivity in the development. Recent studies describing epigenetic alterations related to early life adversities are presented, including data revealing that some alterations can be reverted by the quality of the bond with the caregiver. Prevention is discussed as an action that begins at home with the humanization of the great mother and the father archetypes and continues throughout life, once adversities can contribute to generate symptoms or resilience, depending on the stress intensity, the maturity level of the nervous system and the relationship between the child and the caregiver, being them parents, educators, friends, analysts or whoever the child can establish a significant relationship with (AU)
Resumo em espanhol: El aumento del uso de drogas y otras conductas que causan dependencia es evidente en el mundo contemporáneo, así como las dificultades relacionadas con el tratamiento de las adicciones. Los datos de la neurociencia pueden contribuir a dar subsidios para prevenir esta patologia. El presente trabajo muestra la importancia del proceso de intersubjetividad en el desarrollo. Se presentan estudios recientes que describen alteraciones epigenéticas relacionadas con las adversidades sufridas en la vida temprana y se incluyen datos que revelan que algunas alteraciones pueden ser revertidas por la calidad de vínculo con el cuidador. La prevención se discute como una acción que comienza en casa con la humanización de los arquetipos de la grande madre y del padre y continúa a lo largo de la vida, ya que las adversidades pueden contribuir a generar síntomas o resiliencia, dependiendo de la intensidad del estresor, la madurez del sistema nervioso y la relación entre el niño y su cuidador, sean padres, educadores, amigos, analistas o cualquier otra persona con la que el niño pueda establecer una relación significativa (AU)
Descritores DECS:Transtornos Relacionados ao Uso de Opioides
Comportamento do Adolescente
Neurociências
Descritores Psi Português:ACOMPANHAMENTO TERAPÊUTICO
DROGAS
PREVENÇÃO DO ABUSO DE DROGAS
DESENVOLVIMENTO
PSICOLOGIA JUNGUIANA
RESILIÊNCIA (PSICOLOGIA)
Descritores Psi Inglês:THERAPEUTIC ACCOMPANIMENT
DRUGS
DRUG ABUSE PREVENTION
DEVELOPMENT
JUNGUIAN PSYCHOLOGY
RESILIENCE (PSYCHOLOGY)
Descritores Psi Espanhol:ACOMPAÑAMIENTO TERAPÉUTICO
DROGAS
PREVENCIÓN EN EL ABUSO DE DROGAS
DESARROLLO
PSICOLOGÍA JUNGUIANA
RESILIENCIA (PSICOLOGIA)
Responsável:BR902.1 - Soc. Brasileira de Psicologia Analítica - SBPA/BT.
Meio Eletrônico:http://pepsic.bvsalud.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-08252017000100003&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt


  14 / 344 INDEXPSI  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Texto completo
Id:53413
Autor:Duarte, Alisson José Oliveira.
Título:Ecologia da alma: a natureza na obra científica de Carl Gustav Jung / Ecology of the soul: the nature in the scientific work of Carl Gustav Jung / Ecología del alma: la naturaleza en el trabajo científico de Carl Gustav Jung.
Fonte:Junguiana;35(1)jun. 2017.
Resumo em português: Ao estudar a obra de Carl Gustav Jung, bem como seu percurso biográfico, é notável a qualquer pesquisador que a natureza representou inspiração no processo de constituição de sua cosmovisão científica e pessoal. Nesse sentido, buscou-se, com esta pesquisa, apontar a relevância da natureza para a formulação da psicologia analítica, resgatando, nas obras completas do autor (34 volumes) citações em que o termo "natureza" foi utilizado para sustentar conceitos de sua teoria. Os achados (137 parágrafos) apontam que o autor concebia o funcionamento psíquico de maneira análoga ao funcionamento dos sistemas naturais (AU)
Resumo em inglês: To study the work and biography of Carl Gustav Jung is to realize how inspiring nature was to the development of his scientific and personal worldview. Therefore this paper examines the relevance of nature to the formulation of analytical psychology theories. It searches through 34 volumes of Jung's complete work the quotations in which the term "nature" is used to support concepts of his theory. The 137 paragraphs that were found demonstrate the author conceived psychic functioning was analogous to the functioning of all natural systems (AU)
Resumo em espanhol: Al estudiar el trabajo científico de Carl Gustav Jung, así como su ruta biográfica, es perceptible para cualquier investigador que la naturaleza representó la inspiración en el proceso de construcción de su cosmovisión científica y personal. Por lo tanto, se buscó, por medio de esta investigación, la relevancia de la naturaleza para la formulación de la psicología analítica. Se rescató en las obras completas del autor, que se compone de 34 volúmenes, las citas donde utilizó el término "naturaleza" para sostener conceptos en su teoría. Los hallazgos, compuestos por 137 párrafos, muestran que el autor concebía el funcionamiento psíquico equivalente al funcionamiento de los sistemas naturales (AU)
Descritores DECS:Ecologia Humana
Natureza
Formação de Conceito
Descritores Psi Português:JUNG, CARL GUSTAV, 1875-1961
PESQUISA CIENTÍFICA - PSICOLOGIA
PSICOLOGIA JUNGUIANA
TERMINOLOGIA
Descritores Psi Inglês:JUNG, CARL GUSTAV, 1875-1961
SCIENTIFIC RESEARCH - PSYCHOLOGY
JUNGUIAN PSYCHOLOGY
TERMINOLOGY
Descritores Psi Espanhol:JUNG, CARL GUSTAV, 1875-1961
INVESTIGACIÓN CIENTÍFICA - PSICOLOGÍA
PSICOLOGÍA JUNGUIANA
TERMINOLOGÍA
Responsável:BR902.1 - Soc. Brasileira de Psicologia Analítica - SBPA/BT.
Meio Eletrônico:http://pepsic.bvsalud.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-08252017000100002&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt


  15 / 344 INDEXPSI  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Texto completo
Id:52301
Autor:Byington, Carlos Amadeu Botelho.
Título:Uma explicação arquetípica da crucificação de Jesus pela teoria arquetípica da história / The archetypal theory of history and the crucifixion of Jesus.
Fonte:Junguiana;34(2)dez. 2016.
Resumo em português: Minha teoria arquetípica da história (BYINGTON, 1983) segue os passos de Bachofen e de Neumann com a modificação do conceito do arquétipo matriarcal para o arquétipo da sensualidade, e do arquétipo patriarcal para o arquétipo da organização, ambos presentes na psique da mulher, do homem e do Self cultural (BYINGTON, 2013). Essa teoria descreve a dominância matriarcal durante a vida nômade dos primeiros 140 mil anos da história (WATSON, 2003) e a dominância patriarcal iniciada após a revolução agropastoril, mais de 12 mil anos atrás, quando nos tornamos povos assentados. A seguir, marcada pelos mitos do Buda, há 2.500 anos, e do Cristo, há 2 mil anos, essa teoria descreve o início da implantação mitológica e civilizatória do arquétipo da alteridade, cujos heróis messiânicos pregam a elaboração dos confrontos humanos pela dialética da compaixão. Finalizando, o artigo elabora a dificuldade da transcendência da dominância do arquétipo patriarcal para a implantação do arquétipo da alteridade. Concluindo, o autor tenta explicar a razão para Jesus não haver evitado Sua crucificação na implantação da missão heroica para transformar o deus patriarcal, do Velho Testamento, na Trindade, do Novo Testamento.(AU)
Resumo em inglês: The archetypal theory of history (BYINGTON, 1983) follows the work of Bachofen and of Neumann with the modification of the concept of the matriarchal archetype as the archetype of sensuality and of the patriarchal archetype as the archetype of organization, both present in the psyche of man and woman and in the cultural Self (BYINGTON, 2013). This theory describes matriarchal dominance during the nomad life 140 thousand years of prehistory (WATSON, 2003) followed by patriarchal dominance begun more than 12 thousand years ago, after the agropastoral revolution, when we became settled societies. Next, marked by the myth of Budha, about 2.500 years ago and by the myth of Christ, 2.000 years ago, this theory describes the beginning of the mythological civilizing implementation of the alterity (otherness) archetype, whose messianic hero preache for the elaboration of human conflicts through the dialectic of compassion. Finally, the article elaborates the difficulty of the transcendence of patriarchal dominance in the implementation of the archetype of alterity. In conclusion, the author tries to explain the reason Jesus did not avoid his crucifixion to implant the heroic mission of transforming the patriarchal God of the Old Testament into the Trinity of the New Testament.(AU)
Descritores DECS:Nômade
Mulheres
Homens
Consciência
Mitologia
Descritores Psi Português:PSICOLOGIA E HISTÓRIA
CULTURA
ARQUÉTIPOS
PATRIARCADO
ALTERIDADE
RELIGIOSIDADE
Descritores Psi Inglês:PSYCHOLOGY RELATION TO HISTORY
CULTURE
ARCHETYPES
PATRIARCHY
ALTERITY
RELIGIOSITY
Descritores Psi Espanhol:PSICOLOGÍA E HISTORIA
CULTURA
ARQUÉTIPOS
PATRIARCADO
ALTERIDAD
RELIGIOSIDAD
Responsável:BR902.1 - Soc. Brasileira de Psicologia Analítica - SBPA/BT.
Meio Eletrônico:http://pepsic.bvsalud.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-08252016000200005&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt


  16 / 344 INDEXPSI  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Texto completo
Id:52300
Autor:Gimenez, Patrícia Dias.
Título:Sandplay: conflito e criatividade plasmados na areia / Sandplay:conflict and creativity embodied in the sand.
Fonte:Junguiana;34(2)dez. 2016.
Resumo em português: O artigo tem como objetivo refletir sobre a prática clínica do analista que trabalha com imagens, com foco principalmente no sandplay, o brincar na areia, técnica criada por Dora Kalff na Suíça e trazida ao Brasil por Fátima Salomé Gambini. A partir de um trecho de uma crônica do escritor brasileiro Rubem Alves, a autora defende a possibilidade e a necessidade de ampliarmos nosso olhar de analistas. O texto ressalta a importância de o analista junguiano exercitar seus olhos brincalhões (termo utilizado por Rubem Alves na crônica), isto é: o analista precisa trabalhar para conquistar um olhar amplo e não limitado à necessidade de interpretação imediata do símbolo. Para isso, o analista precisa investir no desenvolvimento de sua capacidade imaginativa e precisa conquistar uma liberdade imaginativa para possibilitar o contato criativo do paciente com suas imagens inconscientes plasmadas na areia. A autora defende que o analista junguiano que trabalha com imagens, seja com sandplay, barro, pinturas ou no trabalho com sonhos, vive um eterno processo de vir a ser um analista. Ele nunca está pronto, está constantemente em formação, está sempre aprendendo com as imagens.(AU)
Resumo em inglês: In this article, the author aims to reflect on the clinical practice of the analyst who works with images, focusing mainly on sandplay, play in the sand, technique created by Dora Kalff in Switzerland and originally brought to Brazil by Fatima Salome Gambini. Having a chronicle by Rubem Alves (a Brazilian writer) as starting point, the author defends the possibility and the need to broaden our horizons as therapists. She emphasizes the importance of doing the exercise of playful eyes by Jungian therapists, a term used by Rubem Alves in his chronicle. She highlights that one needs to make an effort to achieve a broad look, instead of remaining limited to the need of the immediate symbol interpretation. For this, the analysts should invest in developing their imaginative capacity and must earn an imaginative freedom in order to enable the creative contact of the patient with his/her unconscious images embodied in sand. The author argues that the Jungian therapist who works with images, through sandplay, clay, painting or dreams, experience a never-ending process of becoming a therapist. They are never complete, so, they are in a constant training process, always learning from the images.(AU)
Descritores DECS:Imagens (Psicoterapia)
Simbolismo
Sonhos
Criatividade
Descritores Psi Português:JOGO DE AREIA
CARACTERÍSTICAS DO TERAPEUTA
FUNÇÕES MENTAIS
SÍMBOLOS
CRIATIVIDADE
Descritores Psi Inglês:SANDPLAY
THERAPIST CHARACTERISTICS
MENTAL FUNCTIONS
SYMBOL
CREATIVITY
Descritores Psi Espanhol:JUEGO DE ARENA
CARACTERÍSTICAS DEL TERAPEUTA
FUNCIONES MENTALES
SÍMBOLO
CREATIVIDAD
Responsável:BR902.1 - Soc. Brasileira de Psicologia Analítica - SBPA/BT.
Meio Eletrônico:http://pepsic.bvsalud.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-08252016000200004&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt


  17 / 344 INDEXPSI  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Texto completo
Id:52299
Autor:Baptista, Sylvia Mello Silva.
Título:Me dê uma mão?, ou, quando a ajuda é dizer não / Give me a hand?, or, when helping is saying no.
Fonte:Junguiana;34(2)dez. 2016.
Resumo em português: O presente artigo propõe uma reflexão sobre o conceito de ajuda no espaço clínico a partir do mito de Eros e Psiquê, chamando atenção à piedade ilícita e à necessidade de dizer não no processo individual de ampliação do conhecimento de si. (AU)
Resumo em inglês: This article presents some thoughts on the concept of help in a clinical setting by reflecting in the myth of Eros and Psyche. It focuses on the notion of illicit pity and the necessity of saying no during the individual process of a greater self-discovery.(AU)
Descritores DECS:Comportamento de Ajuda
Caráter
Individuação
Simbolismo
Consciência
Discriminação (Psicologia)
Percepção
Descritores Psi Português:AJUDA (COMPORTAMENTO SOCIAL)
PSICÓLOGOS
TRATAMENTO
MITOS
COMPAIXÃO
AUTOPERCEPÇÃO
Descritores Psi Inglês:ASSISTENCE (SOCIAL BEHAVIOR)
PSYCHOLOGISTS
TREATMENT
MYTHS
COMPASSION
SELF PERCEPTION
Descritores Psi Espanhol:AYUDA (COMPORTAMIENTO SOCIAL
PSICÓLOGOS
TERAPIA
MITOS
COMPASIÓN
AUTOPERCEPCIÓN
Responsável:BR902.1 - Soc. Brasileira de Psicologia Analítica - SBPA/BT.
Meio Eletrônico:http://pepsic.bvsalud.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-08252016000200003&lng=pt&nrm=iso


  18 / 344 INDEXPSI  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Texto completo
Id:52298
Autor:Novaes, Camila Souza.
Título:Corrupção no Brasil: uma visão da psicologia analítica / Corruption in Brazil: an Analytical Psychology view.
Fonte:Junguiana;34(2)dez. 2016.
Resumo em português: O objetivo deste artigo é analisar a corrupção em seus três diferentes, mas complementares níveis: individual, cultural e coletivo. Discutimos os complexos culturais brasileiros e traumas culturais que já foram identificados por junguianos brasileiros e que possam estar relacionados com o atual cenário político-social do país, especialmente a versão brasileira do arquétipo do trickster que parece estar oprimindo a psique brasileira, o complexo cultural do malandro, que não foi ainda analisado em detalhe. Argumenta-se também que a corrupção política deve ser vista não apenas como um ato egoísta de um indivíduo, mas de forma mais ampla, como um constructo social e também como algo relacionado à corrupção da própria natureza humana.(AU)
Resumo em inglês: The objective of this research is to analyse corruption in its three different but complementary levels: individual, cultural and archetypal. I discuss the Brazilian cultural complexes and cultural traumas that were already identified by Brazilian jungians and that might be related to the current social-political scenario of the country. I argue that one of those complexes has not been completely identified yet: the Brazilian version of the trickster archetype that seems to be seizing the Brazilian psyche, the cultural complex Malandro. I also argue that political corruption must be seen not only as a selfish act of an individual, but more broadly, as a social construct and also as something related to the corruption of human nature itself. (AU)
Descritores DECS:Princípios Morais
Personalidade
Cultura
Emoções
Autoimagem
Mecanismos de Defesa
 -Emoções
Descritores Psi Português:POLÍTICA
ÉTICA
PERSONALIDADE E CULTURA
AUTOESTIMA
PROBLEMAS SOCIAIS
Descritores Psi Inglês:POLITICS
ETHICS
CULTURE AND PERSONALITY
SELF ESTEEM
SOCIAL ISSUES
Descritores Psi Espanhol:POLÍTICA
ÉTICA
PERSONALIDAD Y CULTURA
AUTOESTIMA
PROBLEMAS SOCIALES
Responsável:BR902.1 - Soc. Brasileira de Psicologia Analítica - SBPA/BT.
Meio Eletrônico:http://pepsic.bvsalud.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-08252016000200002&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt


  19 / 344 INDEXPSI  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Id:46829
Autor:Byington, Carlos Amadeu Botelho.
Título:O arquétipo da anima, a sexualidade, o amor e a ferida de Amfortas: uma interpretação da psicologia simbólica junguiana da lenda do Graal / Anima archetype, sexuality and king Amfortas' wound: an interpretation of the Grail legend by Jungian symbolic psychology.
Fonte:Junguiana;33(1):57-65, jan.-jun. 2015.
Resumo em português: Baseado no referencial teórico da psicologia simbólica junguiana, o autor analisa o símbolo da ferida do rei Amfortas na lenda do Graal. Nesta teoria, os arquétipos matriarcal, patriarcal, da anima, do animus e da alteridade não se restringem ao individual, ao masculino ou ao feminino, pois todos esses arquétipos incluem os dois gêneros e a dimensão cultural. Na transição para a maturidade (40-60 anos), segunda adolescência ou metanoia, ativam-se conteúdos dos arquétipos da anima, do animus e da alteridade na posição ativa (Byington, 2013). Essa transição é a missão redentora do herói inocente e tolo Parsifal, na lenda do Graal, pois foi nela que o rei Amfortas caiu na lascívia e numa depressão defensiva patriarcal, pela sedução de Kundry, dominada pelo feiticeiro Klingsor. Parsifal é o herói inocente-tolo do arquétipo da alteridade, que resiste à tentação de Kundry, resgata a lança, anula a feitiçaria de Klingsor e destrói seu castelo. Ao curar a ferida de Amfortas com a lança que o feriu e a Jesus, Parsifal salva o reino, resgata a fixação matriarcal e patriarcal do Self individual e do Self cultural e se torna rei do Graal. No nível mitológico o herói Parsifal pode ser associado a Cristo e a Buda (AU)
Resumo em inglês: Based on Jungian symbolic psychology, the author analyses the symbol of king Amfortas' incurable wound in the Grail legend. In this theory, the matriarchal, patriarchal, anima, animus and alterity (otherness) archetypes are not restricted exclusively either to the feminine or the masculine, as all these archetypes include both genders. They can be activated to lead individuation in any existential dimension. In the maturity stage (40-60 years), the second adolescence or metanoia, contents of the anima, animus and alterity (otherness) archetypes are activated in the active position (Byington, 2013). This transition is the goal of the Grail legend when king Amfortas tempted by Kundry fell into matriarchal lasciviousness and patriarchal defensive depression, dominated by the magic of the sorcerer Klingsor. Parsifal is the innocent fool hero guided by the alterity (otherness) archetype. He resists Kundry's temptation, rescues the spear, exorcises Klingsor's magic and his castle is destroyed. Curing Amfortas's wound and the matriarchal and patriarchal fixations, Parsifal saves Kundry, king Amfortas and the kingdom and is crowned king of the Grail. In this sense, two great symbols of anima and animus archetypes in the archetypal theory of history are the mythological figures of Buddha and Christ (AU)
Descritores DECS:Desenvolvimento da Personalidade
Ego
Apego ao Objeto
Individuação
Simbolismo
Conhecimento
Amor
Descritores Psi Português:RELAÇÕES PAIS-CRIANÇA
IDENTIFICAÇÃO (PSICOLOGIA)
ESTÁGIOS DE DESENVOLVIMENTO
COMPLEXO DE CASTRAÇÃO
SEXUALIDADE
Descritores Psi Inglês:PARENT CHILD RELATIONS
IDENTIFICATION (PSYCHOLOGY)
DEVELOPMENTAL STATES
ANXIETY, CASTRATION
SEXUALITY
Descritores Psi Espanhol:RELACIONES PADRES-NIÑOS
IDENTIFICACIÓN (PSICOLOGÍA)
ESTADOS DEL DESARROLLO
COMPLEJO DE CASTRACIÓN
SEXUALIDAD
Responsável:BR902.1 - Soc. Brasileira de Psicologia Analítica - SBPA/BT.


  20 / 344 INDEXPSI  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Id:46828
Autor:Fernandes, Roverto Rosas.
Título:O céu e o inferno de ser analista: uma visão da psicodinâmica na atualidade / Heaven and hell in being an analyst: a vision of psychodynamics nowadays.
Fonte:Junguiana;33(1):48-56, jan.-jun. 2015.
Resumo em português: Os primeiros pensadores das escolas de psicologia profunda retrataram dinâmicas vinculares que estruturam o desenvolvimento do eu e são arquetípicas. No entanto, o sujeito da atualidade já não é o mesmo da época em que os pioneiros viveram. Os ideais condutores da energia psíquica são outros. Hoje, o eu onipotente se sobressai e a anima coletiva está mais exuberante que o grande pai. A necessidade de reforçar a autoimagem e o anseio de satisfazer as demandas narcísicas do eu grandioso (que não tem compromisso com a realidade nem com o corpo afetivo) levam o sujeito pós-moderno à submissão, à sombra, como ilustra o caso de uma analisanda tomada pelo animus negativo, aqui descrito. O analista encontrará alívio para a angústia que pode emergir com as demandas desse novo paciente na abertura ao estudo de linguagens diferentes daquela da sua escola de filiação, para chegar a novas sínteses da psicodinâmica. É preciso, também, que ele tenha feito o trabalho interno de conscientização da própria subjetividade, de modo a poder empatizar a subjetividade do outro e obter insights importantes com a contratransferência (AU)
Resumo em inglês: The very founders of schools os profound psychology described the dynamics of the bonds that structure the development of the self and that are archetypal. Nevertheless, the subjects of today are not the same as the ones contemporary to the pioneers. The ideals that guide the psychic energy have changed since then. Nowadays the omnipotent self distinguishes itself and the collective anima is more exuberant than the great father. The need to reinforce one's self-image and the desire to satisfy narcissistic demands of the grandiose self (which has no engagement with reality nor with the affective body) makes postmodern subject submissive to the shadow. This is shown in the clinical case presented here: a woman possessed by negative animus. The analyst will find relief from the anguish that may emerge with the demands of such new patient by opening up to languages that are different from his affiliation school and will help him or her reaches new synthesis in psychodynamics. It is also necessary that the analyst does the inner work of becoming conscious of his or hers own subjectivity so as to empathize the other's subjectivity and get important insight with the countertransference (AU)
Descritores DECS:Psicoterapia Psicodinâmica
Sexualidade
Narcisismo
Poder (Psicologia)
Psicólogos
Descritores Psi Português:PSICANALISTAS
PÓS-MODERNIDADE
AUTOCONCEITO
PRÁTICA CLÍNICA
CASO CLÍNICO
CONTRATRANSFERÊNCIA
Descritores Psi Inglês:PSYCHOANALYSTS
POSTMODERNISM
SELF CONCEPT
CLINICAL CASE
COUNTERTRANSFERENCE
Descritores Psi Espanhol:PSICOANALISTAS
POSTMODERNIDAD
AUTOIMAGEN
CASO CLÍNICO
CONTRATRANSFERENCIA
Responsável:BR902.1 - Soc. Brasileira de Psicologia Analítica - SBPA/BT.


  21 / 344 INDEXPSI  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Id:46827
Autor:Moreira, Fernanda G.
Título:Harry Potter: um herói em busca de sua anima / Harry Potter: a hero searching for his anima.
Fonte:Junguiana;33(1):39-47, jan.-jun. 2015.
Resumo em português: O presente trabalho tem por objetivo a análise simbólica da obra literária e cinematográfica Harry Potter de acordo com o referencial da psicologia analítica. Na amplificação simbólica da saga procurou-se compreender clinicamente o desenvolvimento anímico de Harry Potter, especialmente facultado por seu encontro com Gina Weasley, aquela que viria a se tornar sua esposa e mãe dos seus filhos. O foco do estudo foi delimitado segundo o eixo temático adolescência e processo de individuação. Ao longo do processo relatado, "o menino que sobreviveu" simboliza a criança ferida e o adolescente que encontra com tutores de resiliência que o auxiliam a confrontar suas feridas e consolidar sua identidade. Conclui-se que, ao final da saga, o personagem abre mão do poder ilimitado, supera a ferida e as defesas narcísicas, podendo entregar-se a um relacionamento maduro e fértil (AU)
Resumo em inglês: The present work aims to symbolically analyze both the literary and the cinematographic Harry Potter series in accordance with the framework of analytical psychology. By analyzing the saga, this paper sought to clinically understand the animic development of Harry Potter, especially facilitated by Gina Weasley. The focus of the study was defined according to the themes of adolescence and the process of individuation. Throughout the described process "the boy who survived" symbolizes the injured child and teenager who meets tutors of resilience. These encounters helped him to confront his wounds and consolidate his identity. At the end of the saga, our hero gives up the unlimited power, overcomes the wound and the narcissistic defenses and succeeds in a mature and fertile relationship (AU)
Descritores DECS:Cinema como Assunto
Livros
Simbolismo
Resiliência Psicológica
Poder Familiar
Individuação
Descritores Psi Português:DRAMA
ORFÃOS
CRISE DE IDENTIDADE
SEPARAÇÃO-INDIVIDUAÇÃO
ESTADOS EMOCIONAIS
Descritores Psi Inglês:DRAMA
ORPHANS
IDENTITY CRISIS
SEPARATION INDIVIDUATION
EMOTIONAL STATES
Descritores Psi Espanhol:DRAMA
HUERFANOS
CRISIS DE IDENTIDAD
SEPARACIÓN-INDIVIDUALIZACIÓN
ESTADOS EMOCIONALES
Responsável:BR902.1 - Soc. Brasileira de Psicologia Analítica - SBPA/BT.


  22 / 344 INDEXPSI  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Id:46826
Autor:Jorge, Denise Batista Pereira.
Título:Traição: um desígnio / Betrayal: a destination?.
Fonte:Junguiana;33(1):30-38, jan.-jun. 2015.
Resumo em português: O objetivo deste texto é refletir sobre a traição nos relacionamentos amorosos, analisando seu impacto na psique dos envolvidos e o papel dos arquétipos animus e anima numa vivência de traição. O ser humano tem uma tarefa a realizar: tomar posse do seu desígnio e assumir seu processo de individuação, realizando aquilo que só é dele. Quando o indivíduo não assume essa responsabilidade, ele trai a si mesmo, e se isso não for reconhecido haverá uma tendência de que ele encontre a traição fora dele - traindo ou sendo traído por alguém. Embora uma traição gere sofrimento, sua ocorrência pode ser relevante para o processo de desenvolvimento psíquico dos envolvidos. A traição "revela" que a pessoa está se traindo, que algo está sendo negligenciado e precisa ser cultivado para haver ampliação de consciência. Dentro de uma visão simbólica, a traição é um desígnio. Ela faz parte da vida desde o nosso nascimento e é necessário trair para que haja desenvolvimento psíquico (AU)
Resumo em inglês: This paper aims to discuss betrayal in love relationships analyzing its impact on the psyche of those involved and the role of archetypes animus and anima in an experience of betrayal. Human beings have the task to retain their purpose of life and take over their individuation process, accomplishing what they themselves are. When one doesn't assume this responsibility they betray themselves. In case it is not recognized they tend to find the betrayal out of themselves - to betray or to be betrayed by someone. Although betrayal causes suffering it may be relevant to the psychic development process of those involved. Betrayal "reveals" that one is cheating oneself, that something is being overlooked and needs to be cared about for consciousness expansion. From a symbolic point of view, betrayal is a destination. It is part of life since birth and it is necessary to betray for the psychic development to occur (AU)
Descritores DECS:Revelação da Verdade
Fantasia
Cônjuges
Individuação
Intenção
Descritores Psi Português:NASCIMENTO
RELAÇÕES CONJUGAIS
PROJEÇÃO (MECANISMO DE DEFESA)
DESENVOLVIMENTO DA PERSONALIDADE
CONFIANÇA
Descritores Psi Inglês:BIRTH
MARITAL RELATIONS
PROJECTION (DEFENSE MECHANISM)
PERSONALITY DEVELOPMENT
TRUST
Descritores Psi Espanhol:NACIMIENTO
RELACIONES CONYUGALES
PROYECCIÓN (MECANISMO DE DEFESA
DESARROLLO DE LA PERSONALIDAD
CONFIANZA
Responsável:BR902.1 - Soc. Brasileira de Psicologia Analítica - SBPA/BT.


  23 / 344 INDEXPSI  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Id:46825
Autor:Braga, Patrícia Souza.
Título:Anima, animus e a Lei Maria da Penha: o relato de um encontro / Anima, animus and the Maria da Penha Law: reporting a meeting.
Fonte:Junguiana;33(1):22-29, jan.-jun. 2015.
Resumo em português: O presente artigo tem como objetivo apresentar um relato a partir do olhar analítico sobre o conflito entre homens e mulheres e que, nesses casos específicos, tem como desfecho a violência e a atuação da justiça. Pretendo apresentar os homens para além do ato violento, lidando com forças inconscientes podereosas, buscando outros modos de se relacionarem (AU)
Resumo em inglês: This paper aims to report from the analytical point of view the conflict between men and women which ends up in violence and justice interference. It intends to present men beyond the violent act dealing with powerful unconscious forces seeking other ways to relate (AU)
Descritores DECS:Inconsciente (Psicologia)
Conflito Familiar
Poder Familiar
Violência contra a Mulher
Emoções Manifestas
Descritores Psi Português:INCONSCIENTE COLETIVO
CONFLITO CONJUGAL
VIOLÊNCIA CONTRA MULHER
SUBCONSCIÊNCIA
BRASIL. LEIS, DECRETOS, ETC
PENAS ALTERNATIVAS
ACONSELHAMENTO
Descritores Psi Inglês:COLLECTIVE UNCONSCIOUS
MARITAL CONFLICT
VIOLENCE AGAINST WOMEN
SUBCONSCIOUSNESS
ALTERNATIVES TO IMPRISIONENMENT
COUNSELLING
Descritores Psi Espanhol:INCONSCIENTE COLECTIVO
CONFLICTO MARITAL
VIOLENCIA CONTRA LA MUJER
SUBCONSCIENCIA
PENAS ALTERNATIVAS
ACONSEJAR
Responsável:BR902.1 - Soc. Brasileira de Psicologia Analítica - SBPA/BT.


  24 / 344 INDEXPSI  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Id:46824
Autor:Moreira, Adailson.
Título:Compreensão arquetípica da homossexualidade / Archetypal understanding of homosexuality.
Fonte:Junguiana;33(1):13-21, jan.-jun. 2015.
Resumo em português: Neste artigo, refletimos sobre os elementos ligados à formação da anima/animus e como o conteúdo destes arquétipos refletem o histórico pessoal e coletivo e também como se dá a influência dos mesmos na vida das pessoas, chegando à conclusão de que a alma (ou psique) possui a qualidade de ser andrógina, por comportar as duas polaridades sexuais, que vão originar uma personalidade singular, a qual não se encaixa em nenhuma classificação possível, exatamente por ser única. Com isso, podemos entender o funcionamento homossexual da mesma forma que o funcionamento heterossexual, dentro de todas as suas vertentes e possibilidades (AU)
Resumo em inglês: This article reflects on the formation of anima/animus and how the content of these archetypes reflects personal and collective history and how it influences on everyone's life. It comes to the conclusion that the soul (or mind) has the quality of being androgynous, it includes both sexual polarities which gives one a unique personality that does not fit into any possible classification precisely because it is unique. On these basis it is possible to understand homosexual functioning the same way heterosexual functioning is understood within all its aspects and possibilities (AU)
Descritores DECS:Homossexualidade Feminina
Homossexualidade Masculina
Identidade de Gênero
Sexo
Personalidade
Bissexualidade
Comportamento Sexual
Descritores Psi Português:ORIENTAÇÃO SEXUAL
HOMENS
MULHERES
DESENVOLVIMENTO HUMANO
ALMA
ARQUÉTIPOS
LIBIDO
Descritores Psi Inglês:SEXUAL ORIENTATION
MEN
WOMEN
HUMAN DEVELOPMENT
SOUL
ARCHETYPES
LIBIDO
Descritores Psi Espanhol:ORIENTACIÓN SEXUAL
HOMBRES
MUJERES
DESARROLLO HUMANO
ALMA
ARCHETYPES
LIBIDO
Responsável:BR902.1 - Soc. Brasileira de Psicologia Analítica - SBPA/BT.


  25 / 344 INDEXPSI  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Id:46823
Autor:Alvarenga, Maria Zelia de.
Título:Anima-animus e o desafio do encontro / Anima-animus and the challenge of the encounter.
Fonte:Junguiana;33(1):5-12, jan.-jun. 2015.
Resumo em português: A proposição do texto é pensar as emergências anímicas (anima e animus) como estruturas arquetípicas presentes tanto no homem quanto na mulher. Ambas se manifestam no homem e na mulher como complexos estruturantes. Ao se manifestarem apresentam características próprias definidas como dedicação exclusiva lealdade-fidelidade, transcedência do dever pelo ser e coniunctio com o si mesmo. A coniunctio com o si mesmo representa condição intrínseca do processo de individuação e se expressa pela geração do novo anthropos; a integração das insuportabilidades. O texto também trata da natureza dos talentos e a responsabilidade sobre o que fazemos com eles, da importância da função simbólica e do exercício do herói anônimo (AU)
Resumo em inglês: This paper discusses the anima-animus emergences as archetypical structures present in both men and women. They emerge as structuring complexes. By doing so they have their own characteristics such as exclusive dedication to loyalty-fidelity, transcendence from duty to being and coniunctio with oneself. The coniunctio with oneself represents the intrinsic condition in the process of becoming an individual and expresses itself by creating the new anthropos. The text also discusses the nature of the talents and the responsibility for what we do with them, the importance of symbolic function and the exercise of the anonymous hero (AU)
Descritores DECS:Homens
Mulheres
Casamento
Individuação
Aptidão
Descritores Psi Português:ALMA
ARQUÉTIPOS
PULSÃO DE VIDA
SEPARAÇÃO-INDIVIDUAÇÃO
CONHECIMENTO
COMPETÊNCIA
Descritores Psi Inglês:SOUL
ARCHETYPES
LIFE INSTINCT
SEPARATION INDIVIDUATION
AWARENESS
COMPETENCE
Descritores Psi Espanhol:ALMA
ARQUÉTIPOS
PULSIÓN DE VIDA
SEPARACIÓN-INDIVIDUALIZACIÓN
CONOCIMIENTO
COMPETENCIA
Responsável:BR902.1 - Soc. Brasileira de Psicologia Analítica - SBPA/BT.


  26 / 344 INDEXPSI  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Id:44977
Autor:Fernandes, Roberto Rosas.
Título:O símbolo do Bezerro de Ouro: um breve estudo sobre a onipotência / The Golden Calf symbol: a short study on omnipotence.
Fonte:Junguiana;32(2):66-74, jul.-dez. 2014.
Resumo em português: Casos clínicos são apresentados neste artigo para demonstrar que a idolatria pode evidenciar tanto aspectos criativos como defensivos da estruturação do psiquismo. Em sua face defensiva, possui estreita ligação com a onipotência narcísica, que é a identificação do ego com os poderes dos deuses. É observável tanto no nível individual como no coletivo, sendo patente, por exemplo, no exibicionismo exacerbado, nas explosões de violência e nos escândalos de corrupção. O mito do Bezerro de Ouro, relatado na Bíblia, é abordado neste artigo com o objetivo de destacar que a luta entre as polaridades matriarcal e patriarcal da consciência é arquetípica e, do mesmo modo como esteve presente nos primórdios da nação do povo de Israel, quando a consciência patriarcal foi fortemente estruturante, constelou no caso aqui estudado, em que se buscava o equilíbrio dialético entre as potências matriarcal e patriarcal da psique, para que o sujeito em análise passasse a estar no mundo de maneira mais adaptada. A idealização do analista, bem como sua capacidade de ecoar o analisando, foi fundamental para que a lenta e esperada transformação do self narcísico dele ocorresse e o caminho de evolução da consciência pudesse ser retomado (AU)
Resumo em inglês: Clinical cases are presented in this article aiming to demonstrate that idolatry may signify both creative and defensive aspects of the psyche development. On what comes to its defensive traits, idolatry is closely connected to the narcissistic omnipotence, which is the identification on the ego with god's powers. It may be observed both in the individual and the collective levels, since it is evident, for instance, in the exacerbation of the exhibitionism, the outbursts of violence and in corruption scandals. The Golden Calf myth, presented in the Bible, is approached in this text with the objective of highlighting that the conflict between the matriarchal and patriarchal poles of the conscience is archetypal. It took place in the origins of the Israeli nation as well as in the clinical case studied herein, in which the dialetical balance between the matriarchal and patriarchal forces of the psyche was aspired, in view of a more adapted way of living for the person in analysis. The idealization of the analyst of echoing the patient were extremely important for the slow and desired transformation of the narcissistic self to happen and for the evolution path of the conscience to be resumed (AU)
Descritores DECS:Ego
Mitologia
Identificação (Psicologia)
Conflito (Psicologia)
Relações Pai-Filho
Transferência (Psicologia)
Descritores Psi Português:NARCISISMO
CASO CLÍNICO
MITOS
ARQUÉTIPOS
CONSCIÊNCIA
Descritores Psi Inglês:NARCISSISM
CLINICAL CASE
MYTHS
ARCHETYPES
CONSCIENCE
Descritores Psi Espanhol:NARCISISMO
CASO CLÍNICO
MITO
ARQUÉTIPOS
CONCIENCIA
Responsável:BR902.1 - Soc. Brasileira de Psicologia Analítica - SBPA/BT.


  27 / 344 INDEXPSI  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Id:44976
Autor:Moreira, Fernanda G.
Título:Recado de um garganta: essa cara amarrada é só um jeito de viver na pior / Comments on a deceiver: this frowning face is just a way of living the worst.
Fonte:Junguiana;32(2):59-65, jul.-dez. 2014.
Resumo em português: Objetivando discutir a malandragem como defesa de uma ferida narcísica, foi feita a ampliação simbólica das músicas "Recado" (Gonzaguinha), "Garganta" (Ana Carolina), "Cara Valente" (Marcelo Camelo) e outras do movimento musical denominado nova MPB, correlacionando-as com aspectos teóricos da psicologia analítica e a prática clínica. Entendendo a malandragem como um desdobramento possível de uma ferida narcísica coletiva, este artigo reflete sobre o papel terapêutico da música popular brasileira no resgate dos dinamismos matriarcal e patriarcal para alcançar a alteridade em nossa sociedade (AU)
Resumo em inglês: This article aims to discuss the trickery as a defense of a narcissist wound. For such, some songs of the so-called musical movement new MPB were symbolic interpreted, such as "Recado" (by Gonzaguinha), "Garganta" (by Ana Carolina) and "Cara Valente" (by Marcelo Camelo), associating the interpretation to the theory of analytical psychology and to clinical practice. This article is a reflection on the therapeutic function of Brazilian popular music in the redemption of the matriarchal and patriarchal dynamisms to achieve alterity in society (AU)
Descritores DECS:Dança
Movimento
Música
Narcisismo
Psicopatologia
Psicologia do Self
Mulheres
Descritores Psi Português:ARTES
RELAÇÕES MÃE-CRIANÇA
ESTADOS EMOCIONAIS
MECANISMOS DE DEFESA
MULHERES
ARTISTAS
Descritores Psi Inglês:ARTS
MOTHER CHILD RELATIONS
EMOTIONAL STATES
DEFENSE MECHANISMS
WOMEN
ARTISTS
Descritores Psi Espanhol:ARTES
RELACIONES MADRE-NIÑO
ESTADOS EMOCIONALES
MECANISMOS DE DEFESA
MUJERES
ARTISTAS
Responsável:BR902.1 - Soc. Brasileira de Psicologia Analítica - SBPA/BT.


  28 / 344 INDEXPSI  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Id:44975
Autor:Baptista, Sylvia Mello Silva.
Título:A palavra, a canção e a imagem: o malandro e a fidelidade no encontro de Jorge Amado com Jung / The word, the song and the image: the trickster and faithfulness in the encounter of Jorge Amado and Jung.
Fonte:Junguiana;32(2):49-58, jul.-dez. 2014.
Resumo em português: O artigo propõe uma reflexão sobre a figura do malandro em duas obras de Jorge Amado - Capitães de areia e A morte e a morte de Quincas Berro Dágua - sob a perspectiva da psicologia analítica (AU)
Resumo em inglês: This paper proposes a reflection on the figure of the trickster im two works by Jorge Amado - Capitans of the sand and The two deaths of Quincas Wateryell - from the perspective of analytical psychology (AU)
Descritores DECS:Literatura
Música
Livros Ilustrados
Criança Abandonada
Amigos
Individualidade
Descritores Psi Português:ESCRITORES
MÚSICA
IMAGEM
PROBLEMAS SOCIAIS
AFEIÇÃO
FIDELIDADE (ÉTICA)
Descritores Psi Inglês:WRITERS
MUSIC
IMAGERY
SOCIAL ISSUES
AFFECTION
FIDELITY
Descritores Psi Espanhol:ESCRITORES
MUSICA
IMAGENES
PROBLEMAS SOCIALES
AFECCION
FIDELIDAD (ETICA)
Responsável:BR902.1 - Soc. Brasileira de Psicologia Analítica - SBPA/BT.


  29 / 344 INDEXPSI  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Id:44974
Autor:Palomo, Victor.
Título:Psicologia junguiana e arte poética: uma revisão / Junguian psychology and poetry: a review.
Fonte:Junguiana;32(2):40-48, jul.-dez. 2014.
Resumo em português: O presente artigo objetiva revisar os textos de C. G. Jung sobre as articulações entre poesia e psicologia, de forma a enfatizar sua hipótese do entendimento do processo criativo menos como expressão da biografia do artista e mais de demandas coletivas inconscientes. Como amplificação, procede-se uma análise do texto "Ilha do Governador", de autoria do poeta Vinicius de Moraes, destacando as imagens de uma infância arquetípica presentes nesse poema lírico (AU)
Resumo em inglês: This article aims to review some Junguian texts on the connections between psychology and poetry in order to emphasize that the creative process is less an expression of the artist biography than of issues of the collective unconscious. Going forward, the author analyses the poem "I lha do Governador", by the Brazilian poet Vinicius de Moraes, observing the images of an archetypal childhood (AU)
Descritores DECS:Arte
Poesia como Assunto
Criatividade
Literatura de Revisão como Assunto
Biografia como Assunto
Imaginação
Descritores Psi Português:INTERPRETAÇÃO PSICANALÍTICA
INFÃNCIA
MEMÓRIA
COMPLEXO
BIOGRAFIA
INCONSCIENTE COLETIVO
Descritores Psi Inglês:PSYCHOANALYTIC INTERPRETATION
CHILDHOOD
MEMORY
COMPLEX
BIOGRAPHY
COLLECTIVE UNCONSCIOUS
Descritores Psi Espanhol:INTERPRETACION PSICOANALITICA
INFANCIA
MEMORIA
COMPLEJO
BIOGRAFIA
INCONSCIENTE COLECTIVO
Responsável:BR902.1 - Soc. Brasileira de Psicologia Analítica - SBPA/BT.


  30 / 344 INDEXPSI  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Id:44973
Autor:Câmara, Emmanoel.
Título:Visões do barroco / Visions of Baroque.
Fonte:Junguiana;32(2):32-39, jul.-dez. 2014.
Resumo em português: O período do Barroco é examinado do ponto de vista da psicologia analítica. É considerado uma forma de consciência de características próprias - relacionadas a conflito, angústia e transformação - , que podem ser percebidas nas expressões artísticas do período. Discutem-se alguns aspectos da psicologia do homem barroco, considerando os mecanismos de anulação, isolamento e formação reativa. Conclui-se pela grande importância daquele período na estruturação da consciência coletiva do homem ocidental (AU)
Resumo em inglês: Baroque period is examined from the point of view os analytical psychology. It is considered a form of consciousness with particular features related to conflict, anguish and transformation, which can be seen in the artistic expressions of the period. Some aspects of the psychology of baroque man are discussed, considering the defense mechanisms of annulation, isolation and reaction formation. It concludes for the importance of this period in the structuring of the collective consciousness of Western man (AU)
Descritores DECS:Cristianismo
Religião
Arte
Inconsciente (Psicologia)
Sensação
Intuição
Emoções
Características Humanas
Descritores Psi Português:DEUS
RENASCIMENTO
AUTOPERCEPÇÃO
PINTURA (ARTE)
PRÁTICAS RELIGIOSAS
ISOLAMENTO (DEFESA)
PSICOLOGIA JUNGUIANA
Descritores Psi Inglês:GOD
RENAISSANCE
SELF PERCEPTION
PAINTING (ART)
RELIGIOUS PRACTICES
ISOLATION - DEFENSE
JUNGUIAN PSYCHOLOGY
Descritores Psi Espanhol:DIOS
RENACIMIENTO
AUTOPERCEPCION
PINTURA
PRACTICAS RELIGIOSAS
AISLAMIENTO - DEFENSA
PSICOLOGIA JUNGUIANA
Responsável:BR902.1 - Soc. Brasileira de Psicologia Analítica - SBPA/BT.


  31 / 344 INDEXPSI  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Id:44972
Autor:Girardi, Caroline Andréia.
Título:Desenho como desígnio: reflexões / Drawing as design: Jungian reflections.
Fonte:Junguiana;32(2):22-31, jul.-dez. 2014.
Resumo em português: O presente artigo se propõe a uma reflexão, dentro da perspectiva da psicologia junguiana, a respeito do que a experiência do desenho pode acrescentar ao processo de ouvir e "fazer alma" na contemporaneidade. Buscou-se, primeiramente, entender a natureza do desenho e sua importância na história da humanidade, desde o homem primitivo até a época atual. Posteriormente, foram exploradas as analogias encontradas entre a natureza do desenhar e a do viver. O desenho revelou-se uma via de expressão poética, pela qual pretendemos nos aproximar do conceito ambíguo de alma; um meio para dar forma ao material psíquico, permitindo-nos uma melhor reflexão sobre ele; um instrumento de interiorização e de conexão com o self (AU)
Resumo em inglês: This paper proposes a reflection based on the Jungian psychology perspective on what the experience of hand drawing adds to the process of listening to one's soul and how it allows the expression of the soul in the contemporary world. It starts by looking into the nature of hand drawing and its importance in the history of humanity, from primitive man to present day. It then explores analogies between the nature of the act of hand drawing and the act of living. It finally concludes that hand drawing can be seen as a path for poetic expression in which we aim to approach the ambigous concept of the soul; a mean to shape the material from the psychic in order to allow better reflection; an instrument of internalization and connection with the Self (AU)
Descritores DECS:Desenho
Psicologia
Criatividade
Acontecimentos que Mudam a Vida
Arte
Ego
Amor
Descritores Psi Português:ARTE
CONSCIÊNCIA
CRIATIVIDADE
VIVÊNCIAS
FIXAÇÃO DO OLHAR
GESTOS
IMAGEM
Descritores Psi Inglês:ART
CONSCIENCE
CREATIVITY
EYE FIXATION
GESTURES
IMAGERY
Descritores Psi Espanhol:ARTE
CONCIENCIA
CREATIVIDAD
VIVENCIAS
FIJACION OCULAR
GESTOS
IMAGENES
Responsável:BR902.1 - Soc. Brasileira de Psicologia Analítica - SBPA/BT.


  32 / 344 INDEXPSI  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Id:44971
Autor:Gorresio, Zilda.
Título:Nietzsche, Jung e a tragédia grega / Nietzsche, Jung and the Greek tragedy.
Fonte:Junguiana;32(2):13-21, jul.-dez. 2014.
Resumo em português: Neste artigo, a autora discute a questão do processo criativo em O nascimento da tragédia, descrita por F Nietzsche, quem analisou e revelou os elementos arquetípicos constitutivos do fenômeno trágico - o saber, o apolíneo e o dionisíaco - mas, sobretudo, iluminou a dialética fundamental da criatividade humana. No entanto, ao observar a dialética entre os dois arquétipos, sua análise ultrapassa a questão da criação da tragédia e do processo criativo, sendo transportada para o plano metafísico, dá os fundamentos para a compreensão do processo histórico - vale dizer, a individuação da cultura, bem como a individuação do homem. Este artigo tem como objetivo, ao descrever as ideias fundamentais de Nietzsche em O nascimento da tragédia, mostrar como C. G. Jung absorveu-as na compreensão do processo criativo e da arte, mas, fundamentalmente, mostrar como essa se liga ao processo de individuação (AU)
Resumo em inglês: In this article the author discusses the issue of creative process in The birth of tragedy, described by Nietzsche, who analyzed and revealed the constituent elements of the archetypal tragic phenomenon, namely the apollonian and the dionisyan, illuminating the fundamental dialetic of human creativity. However, when observing the dialetic between the two archetypes his analyses goes beyond the question of the creation of tragedy and the creative process that transposed to the metaphysical level and gives the fundamental basis for the comprehension of the historical process, i.e. of the individuation of both man and culture. This article has the aim to describe Nietzsche's ideas in The birth os tragedy, and how C. G. Jung received them on the comprehension of the creative process and art and exposes how they are connected to the individuation process (AU)
Descritores DECS:Arte
Mitologia
Estética
Criatividade
Fantasia
Impulso (Psicologia)
Psicologia do Self
Drama
Individuação
Descritores Psi Português:ARQUÉTIPOS
INCONSCIENTE
TEATRO GREGO
SIMBOLISMO
DIALÉTICA
Descritores Psi Inglês:ARCHETYPES
UNCONSCIOUS
GREEK DRAMA
SYMBOLISM
DIALECTICS
Descritores Psi Espanhol:ARQUETIPOS
INCONCIENTE
TEATRO GRIEGO
SIMBOLISMO
DIALECTICA
Responsável:BR902.1 - Soc. Brasileira de Psicologia Analítica - SBPA/BT.


  33 / 344 INDEXPSI  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Id:44970
Autor:Souza, Idalina A; Cardim, Erika Gonçalves.
Título:O processo criativo: a vida mundana: (in)compatibilidades e interdependências / The creative process: the worldly life: (in)compatibilities and interdependencies.
Fonte:Junguiana;32(2):5-12, jul.-dez. 2014.
Resumo em português: O processo criativo exige um comprometimento do criador com instâncias profundas da psique, na maior parte das vezes, de forma inconsciente. E para que a plenitude do processo ocorra, há que se ter liberdade. Mas as exigências do mundo material impõem demandas que podem obstruir tal processo. Os níveis intrapsíquicos da produção materialista e aqueles da produção artística são opostos e, muitas vezes, incompatíveis. Atender ao chamado da criação é um desafio dramático do livre-arbítrio (AU)
Resumo em inglês: The creative process demands commitment from the creator to deep psychic urgings, most times the unconscious ones. For the process to occur in its plenitude, freedom is necessary. The demands of the material world impose necessities, which may obstruct the process. The intrapsychic levels towards the material world and those towards the artistic creation are opposite and most times incompatible. Attending the creative calling is a challenge to free will (AU)
Descritores DECS:Criatividade
Liberdade
Aptidão
Pensamento
Inteligência
Descritores Psi Português:ARTE
CRIADOR
APTIDÃO ARTÍSTICA
INTERNALIZAÇÃO
CORAGEM
Descritores Psi Inglês:ART
CREATOR
ARTISTIC ABILITY
INTERNALIZATION
COURAGE
Descritores Psi Espanhol:ARTE
CREADOR
APTITUD ARTISTICA
INTERNALIZACION
CORAJE
Responsável:BR902.1 - Soc. Brasileira de Psicologia Analítica - SBPA/BT.


  34 / 344 INDEXPSI  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Id:43779
Autor:Byington, Carlos Amadeu Botelho.
Título:A difícil arte de amar: a limitação do conhecimento entre o homem e a mulher: uma interpretação da psicologia simbólica junguiana / Difficulties in the art of loving: the limitation of knowledge among men and women.
Fonte:Junguiana;32(1):63-71, jan.-jun. 2014.
Resumo em português: Baseada na formação da identidade pela elaboração dos símbolos e funções estruturantes coordenados por arquétipos nas incontáveis vivências existenciais, a psicologia simbólica junguiana argumenta, neste artigo, que o amor exige o conhecimento das personalidades dos amantes e que o desconhecimento entre o homem e a mulher, que ainda é muito grande, dificulta sua vivência. A seguir, o autor defende a tese segundo a qual o conhecimento entre o homem e a mulher vem se desenvolvendo lentamente na história da humanidade, mas ainda está no início. Ele afirma também que até mesmo esse pequeno conhecimento acumulado está deformado por projeções defensivas mútuas, oriundas da constituição física, do problema do desenvolvimento diferente de um e de outro e da confusão da identidade do homem e da mulher com os papéis que desempenharam na história. Assim sendo, o autor descreve resumidamente essas deformações e, concluindo, afirma que, para se conhecerem e poderem se amar, o homem e a mulher necessitam antes de tudo elaborar essas deformações milenares que os afastaram e ainda hoje os iludem (AU)
Resumo em inglês: In this article Jungian symbolic psychology suggests that love requires a good deal of knowledge of the personalities of men and of women and that lack of knowledge, still very pronounced, limits this experience. The theory is based on identity formation by the elaboration of symbols and structuring functions according to archetypes. The author supports that knowledge among men and women is slowly developing in the history of humankind, but is still in the beginning, and even this little knowledge is deformed by mutual projections originated in our physical constitution, in the differences of our process of development and in the confusion between the identity of man and of woman and the roles they have lives through history. Therefore, the author summarily describes these deformations and concludes that, in order to know and to love each other, men and women firstly need to elaborate these millenary deformations which have driven them apart through wounds and illusions (AU)
Descritores DECS:Conhecimento
Cônjuges
Ego
Amor
Sexualidade
Circuncisão Feminina
Relações Pais-Filho
Caracteres Sexuais
Desenvolvimento Humano
Afeto
Descritores Psi Português:RELAÇÕES HOMEM-MULHER
ARQUÉTIPOS
SADOMASOQUISMO
DESENVOLVIMENTO DA PERSONALIDADE
FEMINISMO
Descritores Psi Inglês:MALE FEMALE RELATIONS
ARCHETYPES
SADOMASOCHISM
PERSONALITY DEVELOPMENT
FEMINISM
Descritores Psi Espanhol:RELACIONES HOMBRE-MUJER
ARQUETIPOS
SADOMASOQUISMO
DESARROLLO DE LA PERSONALIDAD
FEMINISMO
Responsável:BR902.1 - Soc. Brasileira de Psicologia Analítica - SBPA/BT.


  35 / 344 INDEXPSI  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Id:43778
Autor:Torres, Renata Ferraz.
Título:Reflexões sobre a traição amorosa na psicologia e na arte / Reflections on betrayal on psychology and art.
Fonte:Junguiana;32(1):54-62, jan.-jun. 2014.
Resumo em português: O presente artigo busca amplificações simbólicas nas expressões artísticas (letras de música, poesias, obras de dramaturgia e do cinema) que aludem ao tema da traição conjugal. Tece reflexões buscando um significado psicológico para esse fenômeno, estabelecendo pontes com o corpo teórico da psicologia como um todo, e da psicologia analítica em particular. Conclui que a relação conjugal é uma via de individuação, e que no casamento o desafio é permanecer fiel ao outro e a si mesmo, concomitantemente (AU)
Resumo em inglês: This article looks for symbolic amplification in artistic expressions (such as song lyrics, poetry, dramaturgy and movies) that allude to the theme of conjugal betrayal. It ponders the psychological meaning of this phenomenon, establishing connections between it, the theoretical body of psychology in general and analytical psychology in particular. The article concludes that conjugal relationship is an individuation path and that the challenge in marriage is to remain faithful both to the partner and to him/herself, at the same time (AU)
Descritores DECS:Amor
Apego ao Objeto
Arte
Literatura
Música
Conflito (Psicologia)
Relações Extramatrimoniais
Individuação
Descritores Psi Português:INFIDELIDADE
ARTISTAS
MONOGAMIA
ESQUECIMENTO
COMPORTAMENTO DE RISCO
Descritores Psi Inglês:INFIDELITY
ARTISTS
MONOGAMY
FORGETTING
RISK BEHAVIOR
Descritores Psi Espanhol:INFIDELIDAD
ARTISTAS
MONOGAMIA
OLVIDO
CONDUCTA DE RIESGO
Responsável:BR902.1 - Soc. Brasileira de Psicologia Analítica - SBPA/BT.


  36 / 344 INDEXPSI  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Id:43777
Autor:Coelho, Marcia Moura.
Título:C. G. Jung, S. Freud e o estranho E. T. A. Hoffmann / C. G. Jung, S. Freud and the uncanny ETA Hoffmann.
Fonte:Junguiana;32(1):44-53, jan.-jun. 2014.
Resumo em português: O artigo tem como objetivo destacar a importância de um escritor, E. T. A. Hoffmann, e de um obra, seu romance Os Elixires do Diabo, na obra de Jung. O texto parte de cartas entre Freud e Jung, tendo como ponto de intersecção Hoffmann, seu romance e o tema do irmão sinistro que gerou repercussões teóricas em ambos, como já foi brilhantemente demonstrado por John Kerr. Em Freud, o resultado foi um artigo, "O Estranho" (Das Unheimliche), de 1919; em Jung, objetivamente o conceito de sombra e o que ele chamou de sua "teologia": a ideia de que os conflitos entre o mundo material e o espiritual estão presentes nos fundamentos da psique. O texto propõe que essa discussão iniciada nas cartas reaparece anos depois e de forma subliminar, não nomeada no artigo de Freud, no qual ele rechaça mais uma vez a ideia de inconsciente coletivo, sem entretanto nomeá-lo. Jung tornou-se, para Freud, o oculto por excelência, ou "aquele que não pode ser nomeado". Conclui, ainda, que o romance Os Elixires do Diabo e a discussão sobre a temática dos irmãos e do duplo propiciada pela impactante leitura estimularam Jung a desenvolver a ideia de memória arcaica e memoria filogenética, precursora do conceito de inconsciente coletivo e que, em contrapartida, esse conceito permite à psicologia analítica e à análise literária comparada uma leitura mais rica e abrangente da obra de E. T. A. Hoffmann (AU)
Resumo em inglês: The paper aims to highlight the importance of a writer, ETA Hoffmann, and a work, his novel The Devil's Elixirs on Jung's work. For such we examine the correspondence between Freud and Jung, having Hoffmann, his novel and the theme of the sinister brother as an intersection that have theoretical repercussions on both as John Kerr brilliantly demonstrated. The result for Freud was the paper "The Uncanny" (Das Unheimliche), 1919. For Jung, it was objectively the concept os shadow and what he called his "theology": the idea that the conflict between material and spiritual worlds is present in the fundaments of the psyche. The paper proposes that this discussion thar started on letters reappears years later and subliminally not named in Freud's paper, where he once again rejects the idea of collective unconscious, but not naming it. Jung has become for Freud the hidden par excellence, or "one who can not be named". It also concludes that the novel Devil's Elixirs and the discussion on the theme of brothers and double encouraged Jung to develop the idea of archaic memory and phylogenetic memory, forerunner of the concept of the collective unconscious, and that, by contrast, this concept allows analytical psychology and literary analysis a richer and more comprehensive reading of ETA Hoffmann's work (AU)
Descritores DECS:Literatura
Psicologia
Irmãos
Transtornos Psicóticos
Repressão Psicológica
Transtorno de Personalidade Múltipla
Descritores Psi Português:ROMANTISMO
PSICOLOGIA JUNGUIANA
INCONSCIENTE COLETIVO
ARQUÉTIPOS
TEORIA PSICANALÍTICA
Descritores Psi Inglês:ROMANTICISM
PSICOLOGIA JUNGUIANA
COLLECTIVE UNCONSCIOUS
ARCHETYPES
PSYCHOANALYTIC THEORY
Descritores Psi Espanhol:ROMANTICISMO
PSICOLOGIA JUNGUIANA
INCONSCIENTE COLECTIVO
ARQUETIPOS
TEORIA PSICOANALITICA
Responsável:BR902.1 - Soc. Brasileira de Psicologia Analítica - SBPA/BT.


  37 / 344 INDEXPSI  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Id:43776
Autor:Alvarenga, Maria Zelia de.
Título:A arte de Sófocles e a tragédia Ájax: a antevisão da alteridade / The art of Sophocles and Ajax's tragedy: a preview of otherness.
Fonte:Junguiana;32(1):39-43, jan.-jun. 2014.
Resumo em português: A autora apresenta uma súmula do mito do herói Ájax Telamônio e sua presença marcante na Guerra de Troia. O herói é apresentado como reclamante da benesse de receber as armas de Aquiles, como de seu direito, por julgar-se o mais importante guerreiro depois da morte do filho de Tétis. O sofrimento e as reflexões do herói, após ter sido vencido na disputa pela sagacidade de Ulisses e descrito na tragédia Ájax, de Sófocles, são apresentados como uma trama que retrata a antevisão da dinâmica de alteridade (AU)
Resumo em inglês: The author presents a summary of the myth of the hero Ajax Telamonio and his substantial presence in Trojan war. For the hero it is his right to receive Achille's weapons as he judges himself the most important warrior after the death of Thetis's son. The suffering and the reflections of the hero after being beaten in the dispute by Ulysses's sagacity - described in Ajax's tragedy by Sophocles - is presented as a plot that depicts the preview of the dynamics of otherness (AU)
Descritores DECS:Comportamento
Transtornos Psicóticos
Vergonha
Punição
Descritores Psi Português:TEATRO GREGO
LOUCURA
DIGNIDADE
VERGONHA
AUTOCONCEITO
Descritores Psi Inglês:GREEK DRAMA
MADNESS
DIGNITY
SHAME
SELF CONCEPT
Descritores Psi Espanhol:TEATRO GRIEGO
LOCURA
VERGUENZA
AUTOIMAGEN
Responsável:BR902.1 - Soc. Brasileira de Psicologia Analítica - SBPA/BT.


  38 / 344 INDEXPSI  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Id:43768
Autor:Wahba, Liliana Liviano; Colonnese, Luisa Rosenberg.
Título:Um olhar da psicologia analítica sobre a arte contemporânea / A perspective of analytical psychology on contemporary art.
Fonte:Junguiana;32(1):31-38, jan.-jun. 2014.
Resumo em português: Desde as primeiras formulações de Jung a respeito de arte e das diversas expressões artísticas, a psicologia analítica tem indagado o papel das artes e sua função compensatória e/ou prospectiva para as sociedades vigentes em determinadas épocas. O presente artigo, imbuído dessa indagação, procura destacar alguns aspectos da arte contemporânea e seus símbolos, tanto em termos de produção consciente como de emergência do inconsciente grupal. Destaca principalmente o aspecto relacional e dialético percebido na arte contemporânea por alguns autores (João Frayze-Pereira, Ana Claudia de Oliveira e Alberto Tassinari) e tece uma correlação simbólica entre o movimento artístico vigente e a contemporaneidade ocidental, apontando para um padrão de alteridade (AU)
Resumo em inglês: Since Jung's first formulations on art and different artistic expressions, Analytical Psychology has questioned the role of art and its compensatory and/or prospective function to current societies at certain times. The present article, based on this inquiry, highlights some aspects of contemporary art and its symbols, both in terms of conscious production and expression of the group unconscious. The text emphasizes relational and dialectical aspects perceived in contemporary art by some authors (João Frayze-Pereira, Ana Claudia de Oliveira and Alberto Tassinari) and describes a symbolic correlation between the current artistic movement and Western contemporaneity, pointing to an otherness pattern (AU)
Descritores DECS:Pós-Modernismo
Arte
Formação de Conceito
Beleza
Relações Interpessoais
Descritores Psi Português:PÓS-MODERNIDADE
CRIADOR
ARTE MODERNA
INTERSUBJETIVIDADE
SOLIDARIEDADE
CONSCIENTIZAÇÃO
Descritores Psi Inglês:POSTMODERNISM
CREATOR
Art, modern
INTERSUBJECTIVITY
SOLIDARITY
Descritores Psi Espanhol:POSTMODERNIDAD
CREADOR
ARTE MODERNO
INTERSUBJETIVIDAD
SOLIDARIDAD
CONCIENTIZACION
Responsável:BR902.1 - Soc. Brasileira de Psicologia Analítica - SBPA/BT.


  39 / 344 INDEXPSI  
              first record previous record next record last record
seleciona
para imprimir
Id:43767
Autor:Freitas, Laura Villares de; Richards, Maria Helena de Oliveira.
Título:Possibilidades de alteridade: o Livro Vermelho e elementos da arte contemporânea / Possibilities of alterity: the Red Book and aspects of contemporary art.
Fonte:Junguiana;32(1):20-30, jan.-jun. 2014.
Resumo em português: Este texto focaliza a atitude de abertura ao inconsciente demonstrada por Jung no Livro Vermelho. Aproximando o livro de nossa época e considerando que ele trata da questão de acolher, transformar e expressar a criatividade que se apresenta autonomamente, é traçado um paralelo entre três personagens: o fotógrafo da natureza em sua atitude frente ao inesperado; a fotógrafa Diane Arbus que, de maneira afetiva, nos apresenta o diferente; e o músico brasileiro Itamar Assumpção, cuja criatividade era simultaneamente rigorosa, irreverente, inovadora e sempre enraizada na realidade brasileira. O fio condutor é a atitude psicológica que fomenta a criatividade (AU)
Resumo em inglês: The focus of this study is the attitude of openness to the unconscious demonstrated by Jung at the Red Book. Reading the book in our own time point of view considering that it brings the issue of sheltering, transforming and expressing the creativity that presents itself, a parallel is drawn between three personages: the nature photographer in his attitude towards the unexpected; photographer Diane Arbus who presents the different in an affectionate way; and Brazilian musician Itamar Assumpção, whose creativity was very strict, irreverent, innovative and personally attached to Brazilian reality. The guiding thread is the psychological attitude that foments creativity (AU)
Descritores DECS:Inconsciente (Psicologia)
Arte
Criatividade
Autonomia Pessoal
Afeto
Descritores Psi Português:TRAÇOS DE PERSONALIDADE
PSICOLOGIA JUNGUIANA
FOTOGRAFIA
VALORES
MÚSICA
Descritores Psi Inglês:PERSONALITY TRAITS
JUNGUIAN PSYCHOLOGY
PHOTOGRAPHY
VALUES
MUSIC
Descritores Psi Espanhol:RASGOS DE PERSONALIDAD
PSICOLOGIA JUNGUIANA
FOTOGRAFIA
VALORES
MUSICA
Responsável:BR902.1 - Soc. Brasileira de Psicologia Analítica - SBPA/BT.


  40 / 344 INDEXPSI  
              first record previous record
seleciona
para imprimir
Id:43766
Autor:Oliveira, Santina Rodrigues.
Título:Arteterapia junguiana: arte... o quê? / Jungian art therapy: is it art... or what?.
Fonte:Junguiana;32(1):11-19, jan.-jun. 2014.
Resumo em português: O artigo reflete criticamente sobre as bases identitárias da arteterapia, um campo de estudos relativamente novo, de modo a promover uma aproximação mais bem qualificada dessa abordagem terapêutica no contexto geral das psicoterapias. Um dos principais aspectos problematizados refere-se justamente ao modo como ela é nomeada, pois a expressão "arteterapia" remete a limites e aproximações entre duas áreas muito amplas do conhecimento humano, a arte e a psicologia. Estabelece uma ligação direta entre as bases teóricas e metodológicas da psicologia analítica e a arteterapia, afirmando que, possivelmente, nenhuma outra clínica psicoterapêutica lance mão (literalmente) de tantos e tão diversificados recursos expressivos quanto a clínica junguiana. Apesar do embasamento teórico e metodológico encontrado na psicologia analítica para a arteterapia, a autora aborda os efeitos dessa práxis que ainda se encontra em desenvolvimento, discriminando a experiência artística da experiência terapêutica, e questiona se o que o arteterapeuta propõe a seus pacientes num ateliê ou consultório pode ser chamado de "arte", quando se trata mais especificamente de um conjunto de técnicas expressivas dedicadas a explorar o mundo anímico, emocional do paciente. Finaliza com a proposta de uma renomeação da arteterapia para "terapia do fazer", uma vez que parte da premissa de que, ainda que algumas produções plásticas dos pacientes guardem algum apelo estético, não se pode dizer que a produção da maior parte dos pacientes em arteterapia seja propriamente artística (AU)
Resumo em inglês: This article proposes a critical reflection on the identity basis of art therapy, a relatively new field of study, aiming to encourage more qualified dialogue in general context of psychotherapies. One of the main discussions is the designation as the expression "art therapy" refers to boundaries between two wide areas of human knowledge: arts and psychology. It establishes a direct connection between theoretical and methodological basis of analytical psychology and art therapy claiming that probably no other psychotherapeutic clinic resorts to so many diversified expressive recourses as the jungian clinic does. In spite of the theoretical and methodological background observed in analytical psychology for art therapy, the author approches the effects of this praxis - still in development - discriminating artistic and therapeutic experiences and questioning if that the art therapist proposes to their patients in their studio or office may be called "arts" - when it refers more specifically to a set of expressive techniques that explores the patient's animic and emotional world. The author concludes with a proposal for renaming art therapy to "the therapy of doing" considering that we cannot say the production of most patients in art therapy is properly artistic even if some plastic productions keep an aesthetic appeal (AU)
Descritores DECS:Terapia pela Arte
Terapias Sensoriais através das Artes
Papel Profissional
Inconsciente (Psicologia)
Criatividade
Descritores Psi Português:ARTE-TERAPIA
ESPONTANEIDADE
COMUNICAÇÃO ORAL
PROCESSOS COGNITIVOS
INCONSCIENTE
CRIATIVIDADE
PRÁTICA CLÍNICA
Descritores Psi Inglês:ART THERAPY
SPONTANEITY
ORAL COMMUNICATION
COGNITIVE PROCESSES
UNCONSCIOUS
CREATIVITY
Descritores Psi Espanhol:ARTE-TERAPIA
ESPONTANEIDAD
COMUNICACION ORAL
PROCESOS COGNITIVOS
INCONCIENTE
CREATIVIDAD
Responsável:BR902.1 - Soc. Brasileira de Psicologia Analítica - SBPA/BT.



página 1 de 9 ir para página                      
   


Refinar a pesquisa
  Base de dados : INDEXPSI Formulário avançado   
Pesquisar por : Formulário livre   

    Pesquisar no campo  
1  
2
3
 
           
Search engine: iAH v2.6.1 powered by WWWISIS
BIREME/PAHO/WHO - Latin American and Caribbean Center on Health Sciences Information